Logo desconto Relógio
     horas                  minutos               segundos

Concurso ADASA 2020: Cronograma está mantido!

icone calendario 02 abr 2020

O concurso ADASA (Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal) anunciou que o prazo das inscrições bem como a aplicação das provas estão MANTIDOS.

Devido as medidas preventivas ao novo coronavírus muitos concursos foram suspensos temporariamente, contudo a agência levando em consideração a data das provas, resolveu manter o cronograma e caso haja alteração, a mesma será divulgada até a data de abertura do processo de inscrição, dia 9 de abril de 2020.

Inscrições do concurso ADASA 2020

As inscrições estarão abertas a partir do dia 09 de abril de 2020 e serão encerradas no dia 19 de maio de 2020. Para fazer a sua acesse o site da banca organizadora, IADES.

A taxa de participação está fixada no valor de R$ 65,00. O pagamento do boleto deve ser realizado até o dia 22 de maio de 2020.

Quais as vagas do concurso ADASA?

As 75 oportunidades deste certame, entre imediatas e para formação de cadastro de reserva, são para os cargos de:

  • Nível Médio: Técnico de Regulação de Serviços Públicos (7+ 14CR)
  • Nível Superior: Regulador de Serviços Públicos/Gestão e Regulação (5+ 10CR), Regulador de Serviços Públicos/Engenharia Civil (4+ 8CR), Regulador de Serviços Públicos/Engenharia Ambiental e Sanitária (4+ 8CR), Regulador de Serviços Públicos/Geologia (2+ 4CR), Regulador de Serviços Públicos/Economia (2+ 4CR), Regulador de Serviços Públicos/Contabilidade (1+ 2CR)

A remuneração inicial varia entre os valores de R$ 4.300,00 e R$ 10.000,00. A jornada de trabalho compreenderá 40 horas semanais.

Provas do concurso ADASA

As provas, objetiva e discursiva, estão previstas para serem aplicadas em duas datas, sendo no dia 06 de junho de 2020 para o cargo de Regulador de Serviços Públicos e no dia 14 de junho de 2020 para Técnico de Regulação de Serviços Públicos.

As provas serão compostas por 60 questões de múltipla escolha e versarão sobre as seguintes disciplinas:

Regulador de Serviços Públicos: Língua Portuguesa: 07 questões; Administração Pública: 04 questões; Direito Constitucional: 04 questões; Direito Administrativo: 04 questões; Língua Inglesa: 04 questões; Conhecimentos sobre o Distrito Federal e sobre a RIDE: 02 questões; Legislação aplicada aos Servidores da ADASA: 05 questões; Conhecimentos Específicos: 30 questões.

Técnico de Regulação de Serviços Públicos: Língua Portuguesa: 08 questões; Noções de Direito Constitucional: 04 questões; Noções de Direito Administrativo: 04 questões; Noções de Informática: 04 questões; Conhecimentos sobre o Distrito Federal e sobre a RIDE: 04 questões; Legislação aplicada aos Servidores da ADASA: 06 questões; Conhecimentos Específicos: 30 questões.

O que faz o Técnico de Regulação de Serviços Públicos?

Este profissional tem o importante papel de:

executar atividades de suporte técnico na área de regulação de recursos hídricos e de serviços públicos regulados pela ADASA; participar de ações fiscalizadoras; executar atividades de suporte administrativo tais como: pesquisa e planejamento, recursos humanos, orçamento, finanças, patrimônio, material, logística e infraestrutura, microfilmagem, arquivo, documentação, comunicação e modernização; participar de programas de treinamento; executar outras atividades de interesse da área.

O que faz o Regulador de Serviços Públicos?

O Regulador de Serviços Públicos deverá:

planejar, coordenar, controlar, avaliar e executar atividades de regulação, fiscalização e controle dos recursos hídricos e dos serviços públicos de saneamento básico, incluindo abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, drenagem e manejo de águas pluviais, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos; gás canalizado; energia elétrica; petróleo e seus derivados, biocombustiveis, álcool combustível, gás veicular e distribuição de lubrificantes e atividades relacionadas com os sistemas de planejamento, orçamento e finanças, contabilidade, recursos materiais, gestão de pessoas, comunicação, modernização e tecnologia da informação; participar de programas de treinamento; assessorar atividades específicas de Regulação, Fiscalização e Administração; executar outras atividades de interesse da área.

Requisitos básicos para investidura nos cargos

  • Ser aprovado no concurso público;
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do art. 12 da Constituição Federal de 1988;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo;
  • Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos na data da posse;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
  • O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da posse;
  • Cumprir as determinações do edital.
Saiba mais sobre o Concurso ADASA: SAIU EDITAL com salários de até R$ 10 mil!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais