Concurso Alep: Com banca definida, edital pode sair em breve!

icone calendario 05 dez 2023

A banca organizadora do concurso Alep (Assembleia Legislativa do Paraná) foi definida, o que torna o edital iminente. A escolhida é a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

De acordo com a própria Casa Legislativa, a assinatura do contrato formalizando a contratação entre as partes deve ocorrer no dia 12 de dezembro.

Estão previstas 85 vagas de nível médio e superior em diversas especialidades. Os salários ultrapassam os R$4,9 mil, sendo:

  • Analista Legislativo: R$ 6.867,20
  • Técnico Legislativo: R$ 4.6995,21

Além do salário, os servidores recebem auxílio-alimentação de R$1.176,28 e auxílio-saúde de R$125,37 a R$459,44.

A Alep informou que serão publicados três editais distintos, sendo:

  • 1º edital: Procurador
  • 2º edital: cargos de Nível Médio
  • 3º edital: cargos de Nível Superior

Lembrando que o presidente da Casa, deputado Ademar Traiano (PSD), chegou a anunciar que as provas do certame seriam aplicadas em dezembro de 2023 e seriam ofertadas 200 vagas.

Na época, o deputado reforçou que os candidatos seriam convocados ao longo da validade da seleção.

“A princípio estamos estabelecendo 200 vagas. É claro que, em um primeiro momento, não venhamos a chamar 100% dos aprovados. Mas, o concurso terá um prazo de validade e os candidatos que forem aprovados poderão ser chamados futuramente”, disse.

O cronograma atrasou, entretanto, a expectativa é que o edital seja publicado ainda esse ano. Inclusive, o deputado destacou no portal da Assembleia Legislativa do Paraná, que a realização de um novo concurso é vista como necessidade para recomposição do quadro de pessoal.

“Com promoções e progressões que nós concedemos aos servidores antigos, imaginamos que até janeiro e fevereiro, em torno de 100 servidores efetivos se aposentem”, reforçou.

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos! Clique aqui  e saiba mais!

Quais as características da FGV?

A FGV é considerada uma banca difícil de prever, pois suas provas costumam ser cheias de particularidades e exceções para cada uma das disciplinas e de acordo com cada órgão contratante, no entanto, existem pontos vitais da banca, são eles:

  • Modelo de questões: múltipla escolha, geralmente organizada em 5 itens;
  • Nível de cobrança: bem nivelado de acordo com o tipo de prova.
  • Distribuição de conhecimentos do edital: costuma abranger todo o edital, ainda que o número de questões para cada assunto varie.
  • Quantidade média de questões: 70 a 80 questões.
  • Enunciados: longos e complexos, com a utilização de termos técnicos e metafóricos.
  • Prova discursiva: pode ser estruturada em modelo de questões, com o máximo de 60 linhas para cada pergunta.

Como foi o último concurso Alep?

A Assembleia Legislativa do Paraná não realiza concursos há mais de 40 anos. Diante disso, não encontramos registros que tragam detalhes de como aconteceu a última seleção.

Por esse motivo, a expectativa é que no início do ano de 2024, muitos servidores se aposentem, deixando seus cargos vagos.

No próximo concurso Alep, espera-se que os candidatos sejam avaliados por meio de provas objetivas e de títulos.

“A realização do concurso público é uma necessidade para a eficiência da administração e para a melhor transparência da Casa. A realização deste concurso já era consenso dentro da Mesa Executiva que foi eleita para esse biênio e, hoje, pudemos anunciar publicamente essa decisão, por já termos vencido algumas etapas burocráticas e estarmos prontos para buscar uma instituição de ensino para, ainda esse ano, realizarmos a seleção de nossos novos servidores”, disse o primeiro secretário da Assembleia, deputado Alexandre Curi.

A deputada Maria Victoria, também reforçou a necessidade de servidores.

“Já faz 40 anos que não temos concurso público na Assembleia. E com o grande número de servidores com a possibilidade de se aposentar, é necessário repor essas vagas de efetivos que trabalham no dia a dia e contribuem com o funcionamento do Poder Legislativo”, comentou.

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais