Concurso ANM: Ministério da Economia autoriza novo edital para temporários!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 24 nov 2020

No dia 24 de novembro, o Ministério da Economia autorizou 40 vagas temporárias para o novo concurso ANM (Agência Nacional de Mineração), vagas para Técnico em Segurança de Barragens de Mineração.

Além disso, os candidatos interessados podem conferir como foi o último certame. ⇒ Confira ⇐

Autorização do concurso ANM

A ANM (Agência Nacional de Mineração), já solicitou ao Ministério da Economia a realização do novo concurso ANM. Para sanar o deficit parcial de servidores no órgão, a pasta autorizou no dia 24 de novembro, um certame para o preenchimento de 40 vagas temporárias.

A portaria divulgada no Diário Oficial da União é assinada pelo secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Caio de Andrade, e pelo ministro de estado de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

De acordo com informações do documento, a ANM pode contratar até 40 profissionais, na carreira de Técnico em Segurança de Barragens de Mineração.

Conforme o decreto que regulamenta o cargo, para pleitear uma oportunidade será necessário ter nível superior e experiência de, no mínimo, cinco anos, ou título de mestre ou doutor.

O salário será definido pela Agência Nacional de Mineração, mas segundo o decreto, profissionais deste nível têm vencimentos de R$ 8.300,00.

Os profissionais que serão contratados, irão atuar no setor de Segurança de Barragens de Mineração da ANM. O prazo de duração dos contratos será de, no máximo, 04 (quatro) anos.

Mediante a publicação da autorização, o órgão terá até 06 (seis) meses para divulgar o edital do concurso ANM. Sendo assim, até o mês de maio de 2021.

ANM solicitou inclusão de 150 vagas no concurso

No mês de outubro de 2020, foi enviado pelo setor de Gestão de Pessoas da ANM um ofício ao secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia, Wagner Lenhart.

No ofício, é esclarecido pela ANM que estruturou novo pedido de concurso . O primeiro enviado era para 40 vagas, na área de fiscalização de barragens.

Entretanto, este segundo, com oferta de 150 vagas era, conforme informações da ANM, mais amplo visando suprir a demanda na área finalística.

Todavia, foi esclarecido pelo órgão ao secretário que o Módulo de Seleção não tinha permitido o cadastro do segundo pedido de concurso ANM, apontando que já existe solicitação para o mesmo ano e para o mesmo cargo.

“Destaca-se que este último pedido de concurso, que não temos conseguido cadastrar, solicita nomeação para o ano de 2022, estando, portanto, dentro dos prazos legais estabelecidos”, informou a ANM no ofício enviado.

Saiba mais sobre o Concurso ANM: Banca organizadora está definida; edital no início de 2021!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais