Concurso ANVISA: Sindicato salienta necessidade de reforços no órgão!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 06 fev 2020

Sindicato aponta necessidade de reforços em fiscalização sanitária e analisa déficit em aeroportos, mediante a falta de realização do concurso ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

⇒ Confira o Ofício n° 268/2020 – Sinagências! ⇐

⇒ Confira o Ofício n° 269/2020 – Sinagências! ⇐

Necessidade de reforços na fiscalização e de um novo concurso ANVISA

Com casos suspeitos do coronavírus no Brasil, o Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (Sinagências) alerta sobre a necessidade de reforços na fiscalização sanitária da Anvisa. Especialmente, no âmbito das coordenações de portos, aeroportos, fronteiras e recintos alfandegados do país.

De acordo com o sindicato, há casos como o aeroporto de Guarulhos, onde há apenas um servidor plantonista em atuação. A situação é considerada grave, pois Guarulhos conta com o maio completo aeroportuário e o mais movimentado da América do Sul. Só no ano de 2019, o aeroporto recebeu mais de 43 milhões de passageiros.

Conforme destacado pelo Sinagências em nota divulgada em seu próprio site, a alta quantidade de passageiros circulando todos os dias pelo local ressalta a necessidade de reforços na fiscalização. Além das estratégias de combate a endemias e epidemias de doenças contagiosas, como o atual coronavírus.

O sindicato evidência ainda, a importância de ampliação no contingente de pessoal que atua nessas áreas em todo o país. Além da relevância de seu trabalho para a defesa de saúde do povo brasileiro. Dessa maneira, a instituição considera necessária a realização de um concurso público, em caráter de urgência.

“Sendo relevante o combate a endemias e epidemias de doenças contagiosas tais como proveniente do coronavírus, assim se faz necessária a realização de concursos públicos para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), de forma regional para localidades onde se encontram portos, aeroportos e fronteiras”, informou Alexnaldo Queirox de Jesus, presidente do Sinagências, em ofício encaminhado à presidência da República.

Para o presidente do Sinagências, a realocação de servidores não seria suficiente. Isso porque, remanejar profissionais de outros estados para São Paulo acabaria gerando déficit em outras localidades do país.

ANVISA acumula déficit de 93 cargos

No mês de maio de 2019, a autarquia confirmou a realização de um levantamento de dados para solicitação de concurso ao Ministério da Economia. Entretanto, o novo pedido não foi confirmado.

De acordo com a Assessoria do órgão, a autarquia conta com 93 cargos vagos. Os dados são referentes ao mês de dezembro de 2019.

A maior vacância é na função de Técnico Administrativo, com 42 vagas. Também há déficits para Especialista em Regulação e Vigilância Sanitária (37 vagas), Analista Administrativo (11 vagas) e Técnico em Regulação e Vigilância Sanitária (3 vagas).

Os cargos de Especialista e Analista, tem como exigência o nível superior. Os salários iniciais são de R$ 15.058,12 e R$ 13.807,57, respectivamente. Já os cargos de Técnico, têm como requisito o nível médio, com remunerações de R$ 7.016,67, para Técnico Administrativo e R$ 7.388,37, para Técnico em Regulação.

Ainda segundo o levantamento, os investimentos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária em controle sanitário de portos, aeroportos, fronteiras e recintos alfandegados vem caindo ao longo dos anos. Em 2019, o valor gasto nessa área foi o menor desde o ano de 2007.

Saiba mais sobre o Concurso ANVISA: EDITAL é solicitado com oferta de 89 vagas!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais