Logo desconto Relógio
     horas                  minutos               segundos

Concurso COREN-MG: Banca organizadora é escolhida!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 09 jan 2020

Foi definida a banca organizadora do novo concurso COREN-MG (Conselho Regional de Enfermagem de Minas Gerais), vagas serão para cargos de níveis médio e superior.

Banca organizadora do concurso COREN-MG

O Conselho Regional de Enfermagem do Estado de Minas Gerais, irá realizar um novo concurso COREN-MG em 2020. Embora ainda não tenha uma data definida para divulgação do edital, o documento não deve demorar para sair, uma vez que banca organizadora já foi definida.

A confirmação veio por meio da publicação do extrato de contrato no Diário Oficial da União , o documento confirma a escolha pela Fundação CEFETMINAS.

O extrato tem como objetivo contratar a instituição que irá coordenar, organizar, planejar e executar concurso público para o COREN-MG. Além de divulgar o edital completo com todas as regras, a banca organizadora irá receber as inscrições e realizará as principais etapas, como prova objetiva.

No momento, os próximos passos são a montagem e publicação do edital, bem como a elaboração do cronograma. É provável que o certame oferte vagas para cargos de níveis médio e superior.

Último concurso COREN-MG

O último concurso COREN-MG teve seu edital publicado no ano de 2011. Na ocasião foram ofertadas cinco vagas de caráter imediato, mais formação de cadastro reserva, distribuídas por cargos de níveis médio e superior.

O candidato que figurou no cadastro de reserva, pôde ser chamado durante todo o prazo de validade do certame. Os participantes aprovados puderam ser lotados em várias cidades, como Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Passos, Pouse Alegre, Teófilo Otoni, Uberaba, Uberlândia e Varginha.

As oportunidades foram para os seguintes cargos:

Nível Médio

  • Agente Administrativo (2 vagas + cadastro reserva).

Nível Técnico

  • Técnico em Informática (1 vaga + cadastro reserva).

Nível Superior

  • Analista de Sistemas (2 vagas + cadastro reserva).

Na época, os salários variaram de R$ 1.000,00 a R$ 4.500,00, para cargo horária de trabalho de 20 a 40 horas semanais. Além dos salários, os contratados tiveram direito a auxílio-alimentação, vale-transporte e assistência médica.

O prazo de validade do certame foi de dois anos, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período. O regime de contratação foi o celetista.

A banca organizadora responsável pela execução da seleção, foi a TR Concursos. Os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva e avaliação de títulos, o exame objetivo foi composto por 40 questões, enquanto o Analista de Sistemas ainda teve uma prova discursiva.

A prova objetiva englobou as disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, Legislação Específica e Conhecimentos Específicos. Para o Agente de nível médio, houve ainda mais duas disciplinas, sendo Noções de Informática e Noções de Direito Administrativo.

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais