Logo desconto Relógio
     horas                  minutos               segundos

Concurso Degase – RJ: Trâmites chegam a Coordenadoria Administrativa e Financeira!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 05 dez 2019

Foram registrados novos avanços nos trâmites do concurso Degase – RJ (Departamento Geral de Ações Socioeducativas) e pauta vai para análise da Coordenadoria Administrativa e Financeira.

⇒ Confira todas as informações na página do concurso!

Avanços nos trâmites do concurso Degase – RJ

No dia 04 de dezembro, os preparativos para o concurso Degase – RJ registraram nova movimentação. Segundo o processo que demonstra os trâmites, a pauta agora foi para análise na Coordenadoria Administrativa e Financeira (Coaf).

Essa é a segunda movimentação registrada em pouco mais de 24 horas após o processo ter ficado parado por cerca de cinco meses. É previsto que o edital seja divulgado até o mês de janeiro de 2020, podendo ser publicado antes disso.

No dia 03 de dezembro, a pauta havia saído da Secretaria Estadual de Educação (Seeduc-RJ), a quem o Degase é vinculado e encaminhada para a direção geral do Departamento, na chefia de gabinete. Os novos registros demonstram os avanços na preparação do certame.

O Degase, cujo último concurso público teve seu edital publicado em 2011, tem um déficit de mais de 800 cargos.

Entretanto, um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) que a instituição teria assinado com o Ministério Público Estadual, prevê a oferta de 620 vagas. A expectativa é que as oportunidades contemplem os níveis médio e superior de escolaridade.

No final do mês de novembro, por meio de portaria foi instituída a comissão organizadora, que vai elaborar o edital da seleção junto com a Fundação Ceperj – Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro.

Vagas no concurso Degase – RJ

Dentro os cargos que poderão ser ofertados no próximo concurso Degase – RJ, a carreira de Agente Socioeducativo é praticamente certa. Além de possuir o maior déficit na instituição, mais de 300 vagas foram criadas no início do ano a pedido da Justiça do Rio.

No mês de setembro, mais de 200 agentes temporários do Degase tiveram seus contratos rescindidos, também após determinação judicial. Sendo assim, o déficit de 640 cargos passou para 864 cargos.

A situação chegou a ser questionada em audiência na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), quando o deputado Márcio Pacheco confirmou a realização do certame pelo secretário de Educação, Pedro Fernandes.

O salário inicial do cargo de Agente é de R$ 2.822,57, sendo composto pelo salário base de R$ 2.572,57 e auxílio-transporte de R$ 250,00. Os profissionais também têm direito a auxílio-alimentação.

No concurso realizado em 2011, foram ofertadas vagas para cargos como Agente Administrativo (nível médio), Técnico de Segurança do Trabalho, Técnico em Enfermagem, Assistente Social, Pedagogo, Contador e outros.

Ao todo foram 500 vagas nos níveis médio, técnico e superior. Os candidatos selecionados foram lotados nas cidades de Araruama, Campos dos Goytacazes, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, São Gonçalo e Volta Redonda.

Das vagas ofertadas, 324 oportunidades foram para Agentes Socioeducativos. Os participantes foram avaliados por meio de uma prova objetiva e uma redação. A prova objetiva foi composta por 50 questões, abrangendo as disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos.

Novas unidades do Degase exigirão contratações

Além do grande déficit de servidores, mais um fator que força a necessidade de realização do concurso Degase são as novas unidades que serão abertas. De acordo com informações do Estado, serão 21 novas unidades até 2020.

O objetivo é criar mais de 1.000 vagas em regime de semiliberdade e de internação para os jovens. As novas instalações serão nas regiões Norte, Sul, Baixada Fluminense, Região dos Lagos e na capital carioca.

Foi confirmado pelo governo estadual, a abertura de duas novas unidades somente em Duque de Caxias e na Baixada Fluminense, fruto de uma parceria com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Mediante as novas vagas no sistema, a necessidade de servidores também aumenta, principalmente de Agentes Socioeducativos.

Ao ser questionado sobre as lotações de servidores nas novas unidades, a entidade informou que a distribuição dos profissionais ainda estava sendo estudadas. Sendo assim, não seria possível afirmar se os candidatos aprovados no próximo concurso já serão contratados para atuar nesses lugares.

Saiba mais sobre o Concurso Degase-RJ: Preparativos continuam em andamento!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais