Compartilhar:

Concurso Diplomata: Alterada comissão organizadora do certame!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 04 set 2019

O concurso Diplomata divulgou uma alteração na comissão organizadora que será responsável pela execução da primeira fase do certame.

⇒ Confira todas as informações na página do concurso!

Comissão organizadora do concurso Diplomata

Foi divulgado a nova comissão organizadora que será responsável pelas provas da primeira fase do concurso Diplomata 2019. Os novos nomes substituem o colegiado nomeado no dia 29 de agosto.

O concurso Diplomata oferta 20 vagas de caráter imediato para a classe inicial de Terceiro Secretário. O candidato interessado em pleitear uma das vagas ofertas, deverá ter nível superior em qualquer área. O salário inicial tem o valor em torno de R$ 19.000,00.

O certame será dividido em duas fases, a primeira composta por uma prova objetiva de 73 questões será aplicada no dia 8 de setembro de 2019. A segunda fase será composta por provas escritas de diversas disciplinas, cada uma marcada para um dia do mês de outubro.

Vale ressaltar, que o servidor que ingressa no cargo de Terceiro Secretário pode subir na carreira, consequentemente aumentando sua remuneração. O teto remuneratório pode chegar a R$ 27.000,00.

Nova-Diplomata

A nova comissão organizadora do concurso Diplomata é composta da seguinte forma:

Língua Portuguesa

Alessandro Warley Candeas;

História do Brasil

Bruno Miranda Zétola;

História Mundial

Fábio Moreira Farias;

Geografia

Adriano Botelho;

Língua Inglesa

João Augusto Costa Vargas;

Política Internacional

Luiz Eduardo Fonseca de Carvalho Gonçalves;

Economia

Fabiano Burkhardt;

Direito e Direito Internacional Público

Valéria Mendes Costa Paranhos.

Atribuições do Diplomata

Os membros da carreira realizam uma série de atividades de natureza diplomática e consular, em seus aspectos específicos de representação, negociação, informação e proteção de interesses brasileiros no campo internacional.

Na prática, sabemos que os Diplomatas são responsáveis pela representação do Estado Brasileiro em solo estrangeiro, trabalhando com atividades de cunho diplomático e consular. Não obstante, o diplomata também poderá exercer atribuições em solo brasileiro, de acordo com a lotação.

Ao ser aprovado no Concurso de Admissão à Carreira Diplomática (CACD), o candidato passará por um Curso de Formação no Instituto Rio Branco (IRBR), cuja aprovação constitui requisito essencial para que o candidato se confirme no corpo de servidores do Serviço Exterior Brasileiro.

Saiba mais sobre o Concurso Diplomata: EDITAL com salários de R$ 19,1 mil!

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais