Concurso Guarda Civil Distrital: Governo estuda PL para criação do cargo!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 14 out 2019

O governo do Distrito Federal estudo um Projeto de Lei para a criação do cargo Guarda Civil Distrital, para apoiar a segurança pública no estado.

Criação do cargo Guarda Civil Distrital

O Governo do Distrito Federal pretender encaminhar para a Câmara Legislativa do Distrito Federal, um Projeto de Lei (PL) para a criação do cargo Guarda Civil Distrital.

A minuta do PL está sendo debatida internamente no Palácio do Buriti. O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, em entrevista, informou que irá apresentar uma proposta para os representantes da Polícia Civil e Militar do Distrito Federal.

O governador informou que o Projeto de Lei já está em andamento, e a Guarda Distrital terá a responsabilidade por vigiar os monumentos e museus, que no presente momento é responsabilidade dos policiais. Com a atuação dos Guardas, a Polícia Civil e Militar poderão atender outras demandas no cotidiano.

“Eu quero colocar um amplo debate. Acho que nós temos condições de melhorar a segurança nas ruas, nos nossos monumentos e, com isso, liberar os policiais militares e civis para fazerem um serviço mais eficiente com a criminalidade realmente pesada”, salientou o governador do DF.

Mediante a criação do novo cargo, a expectativa é que a contratação seja por meio de concurso público, com previsão de ofertar 2.000 vagas. Foi confirmada pela Assessoria de Comunicação da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, que a criação do cargo faz parte dos estudos para avaliar a viabilidade da implementação.

Está circulando na internet, imagens da suposta minuta, o documento prevê a progressão salarial da categoria, as jornadas de trabalho e a conclusão do ensino médio, sendo requisito obrigatório para investidura no cargo.

Como é o concurso para Guarda Civil?

O concurso público destinado para o cargo de Guarda Civil, tem a exigência que o candidato tenha o Ensino Médio Completo e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria “B”.

A avaliação dos candidatos geralmente é compota por 4 etapas, sendo:

1ª Etapa: Prova Teórica Objetiva (caráter classificatório e eliminatório);

2ª Etapa: Exame de Aptidão Física (caráter eliminatório);

3ª Etapa: Avaliação Psicológica (caráter eliminatório);

4ª Etapa: Curso de Formação (caráter eliminatório).

O candidato habilitado no concurso também deve obter aprovação no Curso de Formação para ser empossado no cargo público. O curso segue a Matriz Curricular Nacional para Guardas Civis da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP).

A realização do conteúdo se dará a critério da Administração Municipal, de forma presencial, podendo conter módulos do sistema EAD da SENASP.

A progressão de carreira dos Guardas Distritais está dividida em quatro classes, cada uma possui cinco níveis.

Para ascender na carreira, os servidores terão que cumprir requisitos de formação, tendo no mínimo 12 meses entre um nível e outro, não podendo estar no período probatório.

Ao ingressar na corporação, o candidato começa na quarta classe, com salário de R$ 2.500,00 a R$ 3.038,77, já na terceira classe receberá remunerações de R$ 3.190,70 a R$ 3.878,32. Os salários para a segunda classe serão de R$ 4.072,24 a R$ 4.949,83 e para a primeira classe será de R$ 5.197,32, chegando ao valor de R$ 6.317,38.

Além das 2.000 vagas, a criação da Guarda Civil Distrital irá contar com 35 cargos em comissão. São 33 postos de chefia de região, um de coordenador-geral adjunto e outro de coordenador-geral.

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais