Concurso IBGE: Confira quando acontecerá a realização do Censo Demográfico!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 19 ago 2020

Mediante os preparativos para o concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), com mais de 208 mil vagas, governo tem estudado a realização do Censo Demográfico.

Governo estuda adiar o Censo Demográfico do IBGE

O concurso IBGE, com mais de 208 mil vagas temporárias, pode ter sua realização adiada mais uma vez. A informação foi publicada pelo jornal Estadão.

De acordo com informações, o Governo Federal estuda adiar a realização do Censo Demográfico que iria ocorrer no ano de 2021.

Quer Receber Todas Movimentações de Concursos Federais?

Receba em seu e-mail todas oportunidades de Concursos Federais

Essa possibilidade foi incluída nas discussões da proposta de Orçamento de 2021, que será encaminhada ao Congresso Nacional no fim do mês de agosto.

Neste caso, os recursos para a realização do Censo Demográfico seriam remanejados para outras áreas no Orçamento, conforme apurou o Estadão.

O objetivo é que a verba que seria destinada à pesquisa, cerca de R$ 2,3 bilhões, reforce outros ministérios, como o da Defesa.

Nas discussões sobre a proposta de orçamento, o governo tem privilegiado a ala militar. Para aumentar os recursos da pasta, a equipe econômica busca uma forma de viabilizar esses acréscimos feitos à Defesa. E, uma das possibilidades, é usar o recurso destinado ao Censo Demográfico.

Segundo informações, o tema já havia sido levado para a Junta de Execução Orçamentária (JEO), colegiado que escolhe as diretrizes para a execução do Orçamento.

A justificativa apontada na JEO para transferir o orçamento do Censo Demográfico a outras pastas, seria os efeitos ainda da pandemia da Covid-19 em 2021. No entanto, o governo já gastou com os preparativos da pesquisa.

O adiamento do Censo Demográfico está sendo tratado de forma cautelosa, já que enfrenta resistências dentro do governo. Com o teto de gastos, a solução seria remanejar recursos tem sido cortar despesas de uma área para outra.

Apesar da proposta do Governo Federal, adiar a realização do Censo Demográfico pode prejudicar ainda mais as políticas públicas. É através da pesquisa, feita de dez em dez anos, que são obtidos os dados sobre os brasileiros, como nível de estudo, trabalho, entre outras informações.

Adiado por cauda da pandemia da Covid-19 no Brasil, o Censo Demográfico e, consequentemente, o concurso IBGE com mais de 208 mil vagas, serão realizados em 2021, conforme informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Nova-IBGE

De acordo com informações do IBGE, os preparativos do certame seguem em andamento. No ano de 2020, o orçamento que seria destinado ao Censo Demográfico foi transferido para o Ministério da Saúde, com o intuito de combater o avanço da Covid-19.

“Em contrapartida, no próximo ano, o Ministério da Saúde realocará orçamento no mesmo montante com vistas a assegurar a realização do Censo pelo IBGE”, ressaltou o IBGE no mês de março.

O orçamento do Censo Demográfico era de R$ 2,3 bilhões. A quantia de recursos a ser empregada na pesquisa abriu uma discussão no ano de 2019.

Com a crise fiscal, o valor teve de ser reduzido em 25% em relação ao que estava inicialmente previsto. Mediante a redução, o número de perguntas no questionário diminuiu em 32%.

Edital do concurso IBGE pode sair em 2021

No mês de março de 2020, foi anunciado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística a suspensão do concurso IBGE devido à pandemia da Covid-19. Além deste certame, mais dois editais que estavam previstos para este ano também foram adiados e só serão publicados no ano de 2021.

Todas as seleções fazem parte do Censo Demográfico, que irá ocorrer em 2021. De acordo com o IBGE, apesar do adiamento do concurso , o quantitativo de vagas não deverá mudar, permanecendo o mesmo para o ano que vem.

“O que mudou foi a data de realização do Censo. O quantitativo de vagas deve permanecer o mesmo. Todos os processos seletivos previstos para a operação serão realizados no ano do Censo”, relatou o IBGE.

Com o Censo Demográfico, os processos serão abertos novamente no ano que vem. Sendo assim, serão ofertadas 208.695 vagas temporárias, com a seguinte distribuição:

Nível Fundamental

  • Recenseador: 180.557 vagas.

Nível Médio

  • Agente Censitário Municipal: 5.462 vagas;
  • Agente Censitário Supervisor: 22.676 vagas.

Além deste, o IBGE tem mais dois editais previstos. O primeiro deles já está autorizado pelo Ministério da Economia, e ofertará 192 vagas para as seguintes carreiras: Agente Censitário de Pesquisa por Telefone (180 vagas) e Supervisor Censitário de Pesquisa e Codificação (12 vagas).

Conforme o aval, divulgado no mês de fevereiro, o IBGE deverá definir o salário dos profissionais a serem contratados, os requisitos também não foram revelados. Os candidatos aprovados atuarão com pesquisas para o Censo Demográfico, por telefone. A unidade de atuação será no Rio de Janeiro/RJ.

Ainda em fevereiro, foi confirmado pelo Instituto que o edital com 192 vagas, seria divulgado no mês de abril. Já o certame para Codificador ficaria para o final do ano, após a conclusão do Censo Demográfico.

“Os codificadores nos ajudam na consolidação dos dados que foram coletados na pesquisa. Esse (edital) a expectativa de entrada é lá para novembro, depois que o Censo já estiver concluído”, salientou o coordenador de Recursos Humanos do IBGE, Bruno Malheiros.

Saiba mais sobre o Concurso IBGE: EDITAL com oferta mais de 208 mil vagas sairá em 2021!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais