Concurso Ministério da Economia: Autorizado um novo edital com oferta de 100 vagas!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 06 out 2020

Após selecionar 350 profissionais e ter aval para mais 39 vagas, um novo concurso Ministério da Economia é autorizado com oferta de 100 vagas.

Quer Receber Todas Movimentações de Concursos Federais?

Receba em seu e-mail todas oportunidades de Concursos Federais

Autorizado novo concurso Ministério da Economia

Está autorizado a realização de um novo concurso Ministério da Economia, o aval foi divulgado no Diário Oficial da União. Ao todo, o novo edital irá ofertar 100 vagas temporárias para cargos de nível superior.

Segundo informações da portaria, as oportunidades do certame serão distribuídas para as seguintes carreiras:

  • Coordenador de Análise de Prestação de Contas Temporário: 04 vagas;
  • Analista de Prestação de Contas Temporário: 48 vagas;
  • Agente de Apoio de Prestação de Contas Temporário: 08 vagas;
  • Analista de Instauração de Tomadas de Contas Especial: 40 vagas.

Para pleitear às vagas, a princípio, será necessário ter o nível superior de formação. Entretanto, ainda não foi revelado se os candidatos precisarão ter graduação em uma área específica ou não.

De acordo com a lei que regulamenta o certame, os salários para os profissionais podem variar entre R$ 3.800,00 para Analista e R$ 6.130,00 para Agente e Coordenador.

Mas, segundo informações da portaria, caberá ao Ministério da Economia definir a remuneração daqueles que serão contratados.

Ainda conforme o aval, os candidatos aprovados na seleção irão atuar por até 04 (quatro) anos, quando o prazo de validade do contrato será encerrado.

Pela portaria, o prazo para a divulgação do edital do concurso Ministério da Economia será de até 06 (seis) meses. Dessa maneira, o documento deve ser publicado até o mês de abril de 2021.

Concurso Ministério da Economia tem outro edital autorizado

Além do certame autorizado no dia 06 de outubro, o Ministério da Economia tem um segundo edital, que foi autorizado no mês agosto de 2020. Neste caso, serão ofertadas 39 vagas temporárias.

Os profissionais serão contratados para desenvolver atividades técnicas especializadas no âmbito da Comissão Especial dos Extintos Territórios Federais de Rondônia, Amapá e Roraima (CEEXT) do Ministério da Economia.

As oportunidades serão para atividades técnicas de complexidade intelectual, de nível superior, nas áreas de Direito (37 vagas) e Arquivologia (duas).

De acordo com a lei que regulamenta esta seleção , as remunerações podem chegar a R$ 6.130,00. Mas, segundo a portaria, caberá ao Ministério da Economia definir o salário daqueles que serão contratados.

Ainda conforme informações do aval, os candidatos aprovados no certame irão atuar até o dia 01 de dezembro de 2022, quando o prazo de validade do contrato irá terminar.

O segundo concurso Ministério da Economia, com 39 vagas temporárias, terá o Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos) como banca organizadora responsável pela execução da seleção.

O extrato de dispensa de licitação foi publicado no dia 06 de outubro de 2020, no Diário Oficial da União. Dessa maneira, o próximo passo será a assinatura do contrato com a banca organizadora e publicação do edital de abertura.

Conforme a portaria autorizativa do concurso Ministério da Economia, o prazo máximo para a divulgação do edital é dia 08 de janeiro de 2021. Todavia, com a definição da banca organizadora, é possível que as inscrições sejam abertas ainda em 2020.

Saiba mais sobre o Concurso Ministério da Economia: EDITAL PUBLICADO com 350 vagas; salário de R$ 8,3 mil!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais