Concurso Ministério da Saúde: Edital com 2 mil vagas deve sair até o final de janeiro!

icone calendario 24 jan 2018

Excelente notícia aos concurseiros da área da saúde do Rio de Janeiro! De acordo com o Núcleo Estadual do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro (Nerj), o edital do novo concurso público do Ministério da Saúde 2018 será divulgado ainda no mês de janeiro!

O certame terá por objetivo preencher 2.000 vagas temporárias em hospitais federais do Rio de Janeiro.

As oportunidades serão em funções de ensino médio/técnico e superior com salários iniciais de até R$ 6,6 mil!

Previsão do edital

O anuncio do concurso do Ministério da Saúde foi feito no dia 27 de novembro de 2017, pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros.

De acordo com o ministro, os profissionais serão convocados para trabalharem nos dois institutos de saúde e seis hospitais federais no Rio de Janeiro. Essa ação faz parte do plano de reestruturação dos hospitais federais da região.

O Núcleo Estadual do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro (Nerj) informou que a previsão é de que o edital seja liberado até o final de janeiro de 2018, com as inscrições começando imediatamente.

Portanto se você pretende garantir uma das vagas é melhor intensificar os estudos agora!

Vagas e salários

As funções disponíveis não foram reveladas ainda, porém os cargos mais aguardados são: Técnico de Enfermagem, Fisioterapeuta, Enfermeiro, Cirurgião, Obstetra e Pediatra; a remuneração ainda não pode ser informada com certeza, mas de acordo com o último certame, devem oscilar entre R$ 2.205,20 à R$ 6.648,15.

Serão funções para os níveis médio/técnico e superior e além da remuneração, os funcionários também receberão benefícios, como auxílio alimentação, que também segundo informações do último concurso será de aproximadamente R$ 458,00.

Segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde, essas convocações deverão ser de acordo com as demandas de cada hospital. E, para analisar a situação de cada um, consultores do Hospital Sírio Libanês, de São Paulo, irão atuar nas unidades, fazendo uma avaliação do atendimento à comunidade e a especialização proposta de cada uma delas.

Essa consultoria possibilitará, entre os seis hospitais, um rearranjo dos perfis assistenciais, facilitando o funcionamento dentro de uma rede unificada. De acordo com o Ministério da Saúde, o orçamento voltado para as seis unidades federais se eleva a cada ano, a hoje a pasta reserva aproximadamente R$ 1 bilhão para a remuneração de profissionais nessas unidades. Uma análise do número de vagas e cargos que serão contemplados no concurso já está sendo realizada.

Lotação dos aprovados

O concurso visa preencher vagas em seis hospitais do Rio de Janeiro, segundo o ministro da saúde, Ricardo Barros disse em novembro; segundo o NERJ (Núcleo Estadual no Rio de Janeiro) o edital está previsto para antes do fim de janeiro de 2018 e as inscrições terão início imediatamente.

Estas medidas foram definidas em razão do esquema de reestruturação dos hospitais do Rio de Janeiro, a ideia é dividir as especialidades/áreas por hospitais.

Os hospitais que serão contemplados com novos servidores são Hospital Federal de Andaraí (HFA), Hospital Federal de Bom Sucesso (HFB), Hospital dos Servidores do Estado (HSFE), Hospital Federal Cardoso Fontes (HFCF) que fica em Jacarepaguá, no Hospital  Federal de Ipanema (HFI), Hospital Federal da Lagoa (HFL), Instituto Nacional de Cardiologia (INC), Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO).

Último Concurso Ministério da Saúde

No último concurso, foram oferecidas 469 vagas para temporários, para os mesmos hospitais e institutos de saúde desse certame.

Para os candidatos que possuíam ensino médio completo, houve 103 vagas de Técnico de Enfermagem, já para os candidatos com nível superior a oferta foi de 156 vagas de Enfermeiro, 10 de Fisioterapeuta e 200 de Médicos em várias especialidades.

Na ocasião, os vencimentos para os temporários em técnico de enfermagem era de R$1.024,18, para enfermeiros e fisioterapeutas, R$1.597,49, e para os médicos, R$5.815,00. Os salários atuais deverão ser divulgados a qualquer momento pela pasta.

No certame de 2014, os candidatos passaram apenas por análise curricular e de títulos, e esses eram encaminhados no momento da inscrição, no site do Nerj. Os contratos duraram seis meses no início, podendo ser prorrogados.

O Nerj não informou se os novos temporários serão contratados por meio de avaliações ou análise de currículos como na seleção de 2014, mas a probabilidade é de que a última opção seja a escolhida, como ocorreu em outros anos.

Nova Concursos  tem ajudado há mais de 8 anos quem quer vencer a batalha do concurso público. Se você quer aumentar suas chances de passar, conheça nossos materiais acessando nosso site!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais