Logo desconto Relógio
     horas                  minutos               segundos

Concurso MPU: Saiba os setores que os aprovados podem atuar no órgão!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 05 jun 2020

Os candidatos aprovados no concurso MPU (Ministério Público da União) podem ser lotados em quatro ramos no órgão. Saiba quais são eles!

BAIXE GRÁTIS: Como Montar um Mapa Mental

Saiba como montar um Mapa Mental eficiente e que realmente te auxilie nos estudos, GANHE TEMPO!

Lotações no concurso MPU

O MPU (Ministério Público da União), é formado por quatro ramos: Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público Militar (MPM) e Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Os candidatos aprovados no concurso MPU podem ser lotados em um desses quatro ramos, e vai depender da preferência de cada pessoa para atuar com assuntos ligados à Justiça Federal, aos direitos trabalhistas, militares ou por fiscalizar as leis do Distrito Federal.

Cada um deles, tem clima organizacional diferente. Pensando nisso, a Nova Concursos detalhou os ramos do MPU, listando as principais características.

MPF

  • O ramo de atuação é na Justiça Federal, na investigação de crimes federais, tendo representações em todos os estados com as Procuradorias Regionais da República (PRR). Atualmente, é o ramo com o maior déficit de servidores e que gera o maior número de contratações no certame.

MPT

  • O MPT (Ministério Público do Trabalho), também atua em todo o país, através das Procuradorias Regionais do Trabalho. O MPT tem a responsabilidade de cuidar dos direitos fundamentais e sociais da área trabalhista. Dessa maneira, apresenta muitas demandas, o que leva grande parte dos aprovados na seleção a ser lotado nesse ramo.

MPM

  • O Ministério Público Militar, é o ramo voltado para o controle externo da atividade policial judiciária militar e na instauração de inquérito civil. O MPM também está presente em todos os estados, com as Procuradorias de Justiça Militar.

MPDFT

  • É o ramo que tem atuação apenas em Brasília/DF, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) tem como atribuição fiscalizar leis e defender os interesses do Distrito Federal.

O concurso para o Ministério Público da União, não costuma vir com vagas especificadas para cada ramo. O último edital, divulgado no ano de 2018, trouxe oportunidades divididas apenas por estado.

Dessa maneira, o participante se inscreveu para a região e pôde ser lotado para qualquer ramo. Entretanto, ao longo da carreira é possível migrar entre os ramos.

Em um vídeo nas suas redes sociais, o diretor do Sindicato Nacional dos Servidores do MPU, Adriel Gael, resumiu como é atuação dos servidores em cada ramo.

“O MPF é mais dinâmico e trabalha, por exemplo, com Polícia Federal. O MPT trabalha com a matéria trabalhista. Já o MPM é mais tranquilo, o melhor ramo para se trabalhar quando não gosta de tanto dinamismo. E o MPDFT, se assemelha ao Ministério Público Estadual e tem outra cultura”, informou o diretor.

Atual gestão deseja a realização do concurso MPU

A atual gestão do Ministério Público da União, estabeleceu como um de seus objetivos a realização do novo concurso MPU para área de apoio. A informação foi passada e confirmada pela Assessoria de Imprensa da Procuradoria Geral da República (PGR).

Em relação ao prazo para publicação do edital, foi explicado pela Assessoria que a prioridade momentânea é o combate à pandemia do Covid-19.

“A realização de concurso público para o Ministério Público da União segue sendo um propósito da gestão. Neste momento, no entanto, a prioridade é a atuação no combate à Covid-19”.

No mês de janeiro, foi afirmado pela PGR que os preparativos do certame tinham sido iniciados. A princípio, a tendência era que o edital fosse divulgado em 2020. A meta era repor o déficit causado pelas aposentadorias que aumentaram após a Reforma da Previdência.

As próximas etapas seriam o levantamento de cargos e vagas necessárias para preenchimento e a formação da comissão organizadora. O grupo de servidores nomeados deveria tocar os trâmites até o edital, como a contratação da banca organizadora.

O último concurso MPU teve seu edital publicado em 2018. Na ocasião, foram ofertadas 47 vagas para os cargos de Técnico de Administração (nível médio) e Analista em Direito (nível superior na área).

Todos os candidatos inscritos foram submetidos a uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. No mesmo dia, apenas os concorrentes a Analista em Direito também passaram por uma prova discursiva.

Saiba mais sobre o Concurso MPU: Edital para a área de Apoio está em análise!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais