Compartilhar:

Concurso PC SP: Divulgado a classificação final para o cargo de Escrivão!

icone calendario 28 ago 2019

No último sábado (24), foi publicado através do Diário Oficial do Estado, a classificação do Concurso PC SP (Polícia Civil de São Paulo), referente as vagas de Escrivão.

⇒ Confira todas as informações na página do concurso!

O concurso teve oferta de 800 vagas para ingresso na carreira, os resultados foram divulgados, de acordo com as notas obtidas, após ter sido feita a análise de recursos.

Homologação do concurso PC SP

A próxima etapa do concurso, será a realização da homologação dos resultados. Somente depois dessa etapa, que poderá convocar os candidatos aprovados, para estarem realizando o curso de formação técnico-profissional, que será na Academia de Polícia (Acadepol).

Segundo informações da Imprensa da Secretária de Segurança Pública de São Paulo, a homologação do concurso está em processo de finalização.

O concurso terá validade por dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois. Durante esse período, o órgão, poderá estar realizando mais convocações dos candidatos aprovados, para conseguir suprir o déficit de servidores deixados por aposentadores, mortes, exonerações ou desligamento.

Formas de avaliação do concurso PC SP

No total foram 27 inscrições, para concorrer ao cargo de Escrivão. Os candidatos foram submetidos a provas objetivas, discursivas, investigação social, prova orais e prova de títulos. Além disso, todos os candidatos realizaram um exame psicológico.

O requisito para participar do concurso, era necessário obter nível superior em qualquer área e possuir Carteira de Habilitação na categoria B. O edital do concurso foi publicado em 2018, tendo as provas realizadas no mesmo ano.

O salário é de R$ 3.743,98, com a acesso a uma gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial (RETP). A contratação é feita pelo regime estatuário, que garante estabilidade ao servidor.

Suspeita de fraude no concurso PC SP

O concurso foi marcado, por suspeita de fraude. Em julho de 2018, o Ministério Público de São Paulo, instaurou uma investigação civil, para a apuração de possíveis fraudes nos concursos de Escrivão.

A investigação foi realizada, devido que o órgão recebeu denúncias de um suposto vazamento de informações e o favorecimento de candidatos na realização da prova oral. Foram encontrados problemas na segunda e terceira etapa no exame, sendo realizadas pela Academia de Polícia.

Além disso, um grupo de “caravanas”, tiveram acesso a data de realização da prova dissertativa. Já em relação ao favorecimento da prova oral, para alguns candidatos, foi relatado que houve alterações de perguntas, após os componentes da banca realizarem um interrogatório sobre o nível de domínio do assunto abordado.

O Ministério Público de São Paulo, tem até 30 dias para responder os inquéritos realizados. Com isso o concurso segue em andamento, até que as investigações sejam concluídas.

Novas vagas serão ofertadas

O governador, João Doria, autorizou a publicação de um novo edital, com oferta de 1.600 vagas para o cargo de Escrivão. Também serão ofertadas vagas para outros setores, sendo 900 vagas destinadas ao cargo de Investigador, 250 para Delegado e 189 para Médico Legista.

No total, o novo concurso ofertará 2.939 vagas, somente para o nível superior. Os salários podem chegar até R$ 9,8 mil. Segundo informações, da Segurança Pública do Estado, o novo edital deve ser divulgado em 2020. Já os provimentos dos cargos, provavelmente também irão ser liberados ano que vem.

Saiba mais sobre o Concurso Polícia Civil SP: 2.939 VAGAS AUTORIZADAS!

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais