Concurso PC SP: Com cargos autorizados, corporação precisa de 7.009 servidores!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 27 nov 2020

Com o novo concurso PC SP (Polícia Civil de São Paulo), autorizado para 2.939 vagas, corporação precisa de 7.009 servidores para suprir carência.

Ainda no Estado, outro edital autorizado é do concurso PM SP. ⇒ Confira ⇐

Carência de servidores na PC SP

Mediante a autorização para a realização do novo concurso PC SP, desde o mês de junho de 2019, com edital previsto para ser divulgado após a superação da pandemia de Covid-19, um levantamento aponta a real necessidade de contração já super o dobro do total de vagas já autorizadas pelo governador de São Paulo, João Dória.

O aval do governo para o novo concurso PC SP contempla 2.939 vagas, distribuídas entre os cargos de Escrivão, Delegado, Investigador e Médico Legisla, com exigência que o candidato interessado tenha o nível superior de formação.

Entretanto, a real necessidade de servidores para estas carreiras já supera 7.009 vagas. Dessa maneira, a expectativa é de que o governo convoque muitos candidatos remanescentes durante o prazo de validade do certame .

Para o cargo com maior oferta de vagas autorizada, que é o Escrivão de Polícia, com 1.600 vagas, a real necessidade é de 2.523 servidores, conforme informações do último levantamento funcional.

Para a carreira de Investigador, o novo edital irá ofertar 900 vagas. No entanto, a real necessidade de pessoal supera em mais de três vezes o total contemplado, com uma carência de 3.342 profissionais.

Na função de Delegado de Polícia, a autorização do governador prevê uma oferta de 250 vagas, mas a grande necessidade é de quase quatro vezes este quantitativo, com 908 vagas em aberto.

Por fim, para o cargo de Médico Legista, o novo concurso PC SP deve oferecer 189 vagas. Todavia, o quadro de servidores requer o preenchimento de novos 236 profissionais.

Estes números da vacância de servidores correspondem a um levantamento anual divulgado no dia 30 de abril, tendo como base até a data de 31 de dezembro de 2019. Dessa forma, a necessidade de pessoal tende a ser ainda maior, tendo em vista que o governo suspendeu, desde o dia 13 abril, a convocação de candidatos aprovados em concursos públicos, por meio do decreto 64.937, o que não impede o afastamento de servidores, por exonerações, aposentadorias ou falecimentos.

Para os cargos de Investigador e Escrivão, o salário inicial é de R$ 4.435,62, incluindo o salário básico de R$ 3.743,98 e o adicional de insalubridade de R$ 691,64. Na função de Médico Legista, a remuneração inicial é de R$ 8.977,30, considerando o salário de R$ 8.285,66 e o adicional. Já para a carreira de Delegado de Polícia, o ganho inicial é de R$ 10.849,71, considerando o inicial de R$ 9.888,07 e os R$ 691,64 do adicional.

Segundo informações do delegado-geral da corporação, Ruy Ferraz Fontes, os editais do concurso PC SP já estão prontos, aguardando apenas um aval positivo por parte do governo. No dia 21 de julho, o vice-governador Rodrigo Garcia, já havia afirmado que o reforço para a área de Segurança Pública será prioridade após o término da pandemia de Covid-19.

Confira o que estudar no concurso PC SP

Para o cargo de Investigador, o último concurso PC SP, a prova objetiva englobou 100 questões, sendo 30 questões de Língua Portuguesa, 30 questões de Noções de Direito, 10 questões de Noções de Criminologia, 10 questões de Noções de Lógica, 10 questões de Noções de Informática e 10 questões de Atualidades.

Para a função de Escrivão de Polícia, a prova do último certame contou com 36 questões de Língua Portuguesa, 30 questões de Noções de Direito, 16 questões de Noções de Informática e 18 questões de Noções de Criminologia, Lógica e Atualidades.

Para a carreira de Delegado, o último certame da Polícia Civil de São Paulo teve prova com 14 questões de Direito Penal, 14 questões de Direito Processual Penal, 14 questões de Legislação Especial, 14 questões de Direito Constitucional, 14 questões de Direitos Humanos, 14 questões de Direito Administrativo e 16 questões de Direito Civil, Medicina Legal e Noções de Informática.

Já para Médico Legista, o último concurso PC SP teve seu edital publicado em 2013 e também teve como banca organizadora a Fundação Vunesp. A prova objetiva foi composta por 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Noções de Direto, 10 questões de Criminologia, 05 questões de Lógica, 05 questões de Informática e 60 questões de Conhecimentos Específicos.

Saiba mais sobre o Concurso Polícia Civil SP: 2.939 vagas autorizadas! Editais já estão prontos!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais