Concurso PM PR: Prova objetiva pode ser adiada devido a pandemia do Covid-19!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 13 Maio 2020

O comando da Polícia Militar do Paraná estuda o adiamento das provas objetivas do concurso PM PR devido a pandemia do Covid-19, exame está marcado para junho.

Adiamento das provas do concurso PM PR

As provas objetivas do concurso PM PR, previstas inicialmente para serem aplicadas no dia 28 de junho de 2020, podem ser adiadas. A informação foi passada pelo deputado estadual, Mauro Moraes.

De acordo com o deputado, o adiamento está sendo estuado pelo Comando da Polícia Militar e a Universidade Federal do Paraná (UFPR), banca organizadora. Ainda segundo Moraes, a própria banca solicitou a Polícia Militar do Paraná um posicionamento a respeito do adiamento das provas para o cargo de Soldado.

Segundo Mauro Moraes, a medida ocorre devido ao aumento no número de casos de infectados pelo Covid-19 no país. O deputado informou que uma resposta definitiva será apresentada até o final do mês de maio, para evitar transtornos aos candidatos que não residem nos locais em que as provas serão realizadas.

“Tanto o Comando quanto a UFPR estão preocupadas com a saúde de candidatos e funcionários. Até o final do mês, uma avaliação a respeito da necessidade de adiamento da prova será apresentada a todos os interessados”, informou o deputado.

Foi destacado pela banca organizadora, o exposto no item 20.4 do edital, onde que as datas da prova e etapas do certame podem ser alteradas em decorrência das medidas de prevenção estabelecidas pelo Ministério da Saúde para o enfrentamento do Coronavírus. O aviso pode ocorrer até 72 horas antes da avaliação.

Até o presente momento, as avaliações seguem previstas para ser realizados no dia 28 de junho. Na data, serão aplicadas as provas objetivas e a prova de redação. O exame de múltipla escolha terá até 05 (cinco) horas de duração e será composta por 60 questões, sendo elas:

  • Língua Portuguesa: 15 questões;
  • Matemática: 12 questões;
  • História: 10 questões;
  • Geografia: 12 questões;
  • Informática: 07 questões;
  • Estatuto da Criança e do Adolescente: 04 questões.

Somente serão aprovados, os candidatos com nota igual ou superior a 20 pontos na prova objetiva. Os habilitados, dentro do número de vagas especificado no edital, terão a prova de redação corrigida.

Os concorrentes aptos irão realizar as demais etapas apenas nas cidades sedes das regiões militares: Curitiba, Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Cascavel.

MP recomenda retificação do edital do concurso PM PR

O edital do concurso PM PR e Bombeiros PR pode passar por novas retificações. É o que solicita o Ministério Público do Paraná (MP-PR), através da Promotoria de Justiça dos Direitos Constitucionais de Curitiba, em recomendação administrativa enviado ao governo.

No documento, o MP-PR indica quatro pontos que merecem retificação:

  • A inexistência de vagas para pessoas com deficiência;
  • A desclassificação de candidatos que tenham tatuagens;
  • Dos que apresentam deformidade na orelha decorrente do uso de alargadores;
  • Dos que usem óculos ou lentes de contato.

De acordo com o Ministério Público, existe uma possível inconstitucionalidade dessas existências e, por isso, foi feita a recomendação pela retificação do edital.

O MP pede que sejam aceitos os candidatos que apresentarem acuidade visual, passível de correção por lentes, e tatuagem, desde que não contrárias ao regime constitucional, ainda que não atendam à estética militar.

Ainda é solicitado pelo Ministério, que sejam aceitos concorrentes que apresentam deformidade na orelha, decorrente do uso de alargadores ou acessório semelhantes, uma vez que:

“Tais circunstâncias, consideradas desarrazoadas e desproporcionais, conforme amplamente exposto, não impedem o exercício da profissão”, informa.

Em relação a inexistência de vagas reservadas às pessoas com deficiência, é alegado pelo MP-PE que a medida é nitidamente inconstitucional, devendo ser promovida, subsequentemente, a reserva de 5% das vagas para pessoas desse grupo, atendidos os critérios do artigo 54, da Lei Estadual 18.419/2015.

Como as inscrições foram encerradas no dia 04 de maio, caso a recomendação do MP-PR seja acatada, é possível que o prazo seja reaberto. Isso porque, é apontado pelo MP a necessidade de reabertura do concurso, para que os candidatos prejudicados por força dos critérios mencionados possam se inscrever.

Saiba mais sobre o Concurso PM PR: Provas remarcadas; edital oferta 2 mil vagas para Soldado!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais