Concurso Polícia Federal: APCF luta pela chamada de excedentes; governo promete agilidade!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 30 set 2020

Foi informado pela APCF (Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais) que luta pela convocação dos peritos excedentes do último concurso Polícia Federal.

Convocação de peritos do concurso Polícia Federal

É mantido pela APCF (Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais) uma antiga luta para conseguir a chamada dos peritos excedentes do último concurso Polícia Federal, antes que ele perca a validade. A categoria cobrou autoridades e o governo prometeu agilidade com essa demanda.

De acordo com informações da APCF, o presidente Marcos Camargo e o diretor financeiro, Willy Hauffe, estiveram reunidos no dia 28 de setembro, com representantes do governo para tratar do assunto.

Quer Receber Todas as Novidades da PF?

Receba em seu e-mail todas as movimentações do Concurso da PF

Entre os representantes, estavam pessoas ligadas à Secretaria-Executiva da Casa Civil da Presidência da República, ao Ministério da Economia e ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.

No encontro, o principal tema foi a convocação dos candidatos aprovados a Perito Criminal do último concurso Polícia Federal que ainda figuram na lista de espera. No total, são 15 excedentes que ainda não foram convocados para o curso de formação e a APCF luta pela chamada desses candidatos.

É defendido pela categoria a convocação imediata desses remanescentes e solicita agilidade na resolução desse problema, que já se arrasta por um bom tempo. Segundo informações da APCF, os representantes dos ministérios sinalizaram de maneira positiva.

Além disso, se comprometeram a dar celeridade nos trâmites necessários para a edição de um novo decreto.

A ideia é que todas as etapas dentro dos órgãos sejam concluídas no início do mês de outubro, tornando possível a participação dos candidatos no próximo curso de formação profissional, com início previsto para o dia 12 de outubro.

O encontro ainda teve a participação de representantes da comissão dos aprovados, além dos assessores jurídico e parlamentar da APCF. Também estiveram presentes o diretor Técnico-Científico da Polícia Federal, Alan de Oliveira Lopes, e a diretora de Gestão de Pessoal, Cecilia Silva Franco, que destacaram a importância da contratação dos profissionais para os quadros da Polícia Federal.

Foi relembrado por Camargo, que a carreira de Perito foi a única que não teve o aproveitamento total dos candidatos aprovados.

“Nós temos 15 aprovados altamente qualificados que poderão contribuir com a perícia criminal federal e a Polícia Federal no combate à criminalidade”.

Ainda foi complementado pelo presidente da APCF: “Há orçamento e códigos de vaga para a convocação desses candidatos excedentes. A própria PF já manifestou apoio formal para a convocação”.

Concurso Polícia Federal sem perito é equivocado, relata Camargo

A corporação já recebeu um aval do presidente Jair Bolsonaro, para realizar um novo concurso Polícia Federal. A previsão é de uma oferta de 2.000 vagas na corporação. Mas, esse quantitativo não engloba o cargo de Perito.

Para o próprio presidente da APCF, Marcos Camargo, não haver vagas para peritos no próximo certame é uma medida completamente equivocada do atual governo.

“Fazer concurso da Polícia Federal sem contemplar a perícia criminal federal é completamente equivocado”, salientou o presidente da APCF, Marcos Camargo.

Camargo ainda destacou que existe uma carência na corporação, mas que essa vacância contempla todas as categorias, incluindo o Perito Criminal Federal. Dessa maneira, todas precisam de concurso público e o perito não pode ficar de fora.

“Isso é inegável. Os peritos criminais federais também precisam, pois estão incluídos nas categorias funcionais da Polícia Federal”.

Bem como os demais cargos da área Policial, a carreira de Perito exige nível superior. Todavia, esta precisa de graduação em áreas específicas, além de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na mesma categoria dos demais cargos, sendo B ou superior.

Confira as áreas do Perito Criminal ofertadas no concurso Polícia Federal 2018:

  • Área 1: Ciências Contábeis ou em Ciências Econômicas;
  • Área 2: Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia de Telecomunicações ou em Engenharia de Redes de Comunicação;
  • Área 3: Análise de Sistemas, Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia de Redes de Comunicação ou em Informática;
  • Área 4: Engenharia Agronômica;
  • Área 5: Geologia;
  • Área 6: Engenharia Química, Química Industrial ou em Química;
  • Área 7: Engenharia Civil;
  • Área 9: Engenharia Florestal;
  • Área 12: Medicina;
  • Área 14: Farmácia.
Saiba mais sobre o Concurso Polícia Federal 2020: Edital irá ofertar 2 mil vagas na área Policial!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais