Concurso Polícia Federal: Fenapef realiza reunião para distribuição das vagas!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 27 out 2020

O presidente da Fenapef, Luís Boudens, defende uma melhor distribuição das vagas do concurso Polícia Federal para suprir as vacâncias na corporação.

Distribuição das vagas do concurso Polícia Federal

Foi informado pela Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais), que esteve em reunião na última semana com a corporação. No encontro, o presidente da Fenapef, Luís Boudens, levantou vários pontos, como a distribuição das vagas do novo concurso Polícia Federal.

A reunião foi com a diretora de Gestão de Pessoal da Polícia Federal, Cecília Franco. O objetivo foi debater e tratar das alterações propostas pela categoria nos próximos editais de certame para ingresso nas carreiras.

Quer Receber Todas as Novidades da PF?

Receba em seu e-mail todas as movimentações do Concurso da PF

Além de Luís Boudens, também participaram da reunião o diretor parlamentar Marcus Firme, e de Estratégia Sindical, Júlio César Nunes. Eles explicaram sobre a necessidade de garantir a fixação de uma proporção definitiva entre os cargos e equilibrar a distribuição de vagas por meio dos novos concursos .

“Hoje, para cada delegado na ativa, há três agentes na Polícia Federal. A Fenapef entende que a proporção ideal é de um para seis e tenta garantir essa distribuição já para o próximo edital”, salientou a Fenapef.

Além disso, outra demanda que foi pauta da reunião pela Fenapef, foi a grade curricular que é exigida, bem como uma possível nova modificação do edital. Foi sugerido pela categoria a retirada de algumas inovações do texto, inovações estas que não foram bem recebidas.

De acordo com informações da Fenapef, a diretora se mostrou favorável e disse que se empenhará para ajustar o texto e atender as demandas.

Nova-PF

Presidente da Fenapef que concurso Polícia Federal para repor vacâncias

Ainda foi pontuado por Luís Boudens, que pretende apoiar o gatilho de 5%. Esse gatilho faz parte de um Projeto de Lei, do deputado delegado Pablo, do PSL Amazonas, tornando obrigatório a realização de concurso para suprir cargos vagos.

O presidente da Fenapef relatou que assim que acertada a questão da distribuição das vagas, pretende apoiar esse gatilho.

Em relação ao Projeto de Lei, é explicado pela Fenapef que o texto informa que se fará necessário a realização de novo concurso Polícia Federal sempre que o número de cargos vagos ultrapassar 5% do respectivo total de cargos existentes.

“Segundo a justificativa apresentada pelo parlamentar no PL, a proposta tem como objetivo possibilitar que sejam realizados concursos públicos para recompor as vagas do quadro de servidores da Polícia Federal decorrente de aposentadorias, falecimentos e outras modalidades de vacâncias. O projeto não cria vagas nem despesa para a Administração Pública, apenas autoriza que seja recomposta a força de trabalho perdida em face dos cargos vagos”, informou a categoria.

A última semana do mês de outubro pode ser decisiva e irá definir os rumos do concurso Polícia Federal. A corporação aguarda pelo aval do Ministério da Economia e espera que isso ocorra nos próximos dias, para que haja tempo hábil de cumprir o seu cronograma.

A corporação espera pode contar com aval em outubro para que a banca organizadora seja definida em seguida. O cronograma prévio da Polícia Federal, prevê assinatura de contrato com a banca organizadora no dia 23 de novembro e a publicação do edital no dia 8 de dezembro de 2020.

Saiba mais sobre o Concurso Polícia Federal 2020: Edital irá ofertar 2 mil vagas na área Policial!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais