Compartilhar:

Concurso Prefeitura de São Paulo – SP: Projeto com 570 vagas tem novo avanço!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 17 jan 2020

Avançou na Câmara dos Vereadores, o projeto de lei que propõe um novo concurso Prefeitura de São Paulo – SP, com oferta de 570 vagas para os níveis médio e superior.

⇒ Confira o projeto de lei que propõe o novo concurso Prefeitura de São Paulo – SP! ⇐

Novo concurso Prefeitura de São Paulo – SP

O projeto de lei que prevê um novo concurso Prefeitura de São Paulo, com oferta de 570 vagas, registrou avanço na Câmara de Vereadores. No dia 08 de janeiro, o PL foi recebido na Comissão Permanente de Administração Pública (ADM) para deliberações.

No ano de 2019, o processo já passou por análise da Comissão Permanente de Constituição, Justiça e Legislação Participativa (CCJ) e outros setores internos. É esperado que esse projeto de lei 749/2019 , de autoria do Executivo, seja votado em plenário nos próximos meses.

O texto dispõe sobre a reorganização da Administração Pública Municipal Indireta, o que inclui a extinção e criação de entidades. A capital propõe, por exemplo, a abertura da Agência Reguladora de serviços públicos do município de São Paulo, a SP Regula.

O objetivo é que ela tenha autonomia administrativa , financeira e orçamentária. Segundo o projeto de lei, seu quadro de pessoal seria composto por 550 vagas. Desse total, 400 vagas para o nível médio e 150 vagas para o nível superior. O preenchimento seria feito por meio de concurso Prefeitura de São Paulo – SP de provas e/ou títulos.

Já consta no PL, que as 400 vagas de nível médio serão para o cargo de Técnico em Fiscalização de Serviços Públicos. Os salários iniciais, em caso de aval pelo Legislativo, serão de R$ 2.800,00. Tal valor, pode subir para R$ 6.390,00 no decorrer das progressões.

As demais 150 vagas de nível superior, serão para a carreira de Analista de Regulação de Serviços Públicos. A remuneração é de R$ 8.500,00, podendo chegar ao valor de R$ 17.278,00 com as progressões.

Com a SP Regula serão extintos o Serviço Funerário, a Amlurb e outros dois departamentos da Secretaria Municipal de Subprefeitura.

Também é proposto no projeto de lei encaminhado pelo prefeito Bruno Covas, a criação da Agência Paulistana de Desenvolvimento e Investimentos, a SP Investe. Nesse caso, o quadro de profissionais seria composto por 20 vagas de Analista de Investimentos.

Tal oferta também seria provida por Concurso Prefeitura de São Paulo – SP. O cargo tem como pré-requisito o nível superior em áreas específicas. Os salários iniciais são de R$ 8.500,00, podendo chegar a R$ 17.278,00 a partir das progressões da carreira.

A SP Investe acumulará parcialmente, as responsabilidades atuais da Agência São Paulo de Desenvolvimento (Adesampa) e da São Paulo Negócios (SP Negócios). Com isso, a meta é reduzir de 22 para 14 o número de entidades da Administração Indireta da capital.

Tanto na SP Regula como na SP Investe, o modo de contratação dos profissionais será pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Os candidatos aprovados nos concursos públicos, deverão cumprir jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Para entrar em vigor, o projeto de lei tem que ser aprovado primeiro pela Câmara e, depois, sancionado pelo prefeito de São Paulo.

Último concurso Prefeitura de São Paulo – SP

O último concurso Prefeitura de São Paulo – SP, teve seu edital publicado no ano de 2018. Na ocasião, foram ofertadas 168 vagas para cargos de nível superior.

As oportunidades foram distribuídas entre as carreiras de: engenheiro civil (34 vagas), engenheiro do trabalho (2 vagas), agrônomo (14 vagas), engenheiro florestal (10 vagas) e arquiteto (58 vagas). O salário foi de R$ 7.032,90, com jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

Houve também, 50 vagas para o cargo de Analista de Planejamento e Desenvolvimento Organizacional/Ciências Contábeis. Esses profissionais atuaram na Secretaria de Fazenda de São Paulo, com remuneração inicial de R$ 6.106,33.

Pode pleitear uma vaga, foi necessário o nível superior completo na área a qual desejam concorrer e inscrição no Conselho Regional. A contratação dos candidatos aprovados no certame ocorreu pelo regime estatutário, que garantiu estabilidade aos servidores.

A avaliação dos candidatos foi por meio de prova objetiva e prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório.

A prova objetiva foi composta por 80 questões, divididas pelas disciplinas de Língua Portuguesa (15 questões), Raciocínio Lógico e Matemático (5 questões), Realidades Municipais e Administração Pública (10 questões) e Conhecimentos Específicos (50 questões).

Na prova discursiva, os candidatos tiveram que elaborar um estudo de caso. As etapas foram realizadas na mesma data, sendo no dia 09 de dezembro de 2018.

Saiba mais sobre o Concurso Prefeitura de São Paulo - SP

BAIXE GRÁTIS PDF com Previsões para 2020 + Cronograma de Estudos + Aulas para começar HOJE

Acompanhe nossas

redes sociais