Concurso SEFAZ AL: Certame é retomado e divulga resultado da prova discursiva!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 25 Maio 2020

No dia 22 de maio, foi retomado o concurso SEFAZ AL (Secretaria da Fazenda do Estado de Alagoas). Os participantes já podem conferir o resultado da prova discursiva!

⇒ Confira o resultado da prova discursiva do concurso SEFAZ AL! ⇐

Resultado da prova do concurso SEFAZ AL

Já está disponível para consulta dos candidatos, o resultado da prova discursiva do concurso SEFAZ AL. A publicação marca a retomada do certame, após a suspensão ocorrida no mês de março, devido ao Covid-19.

Os participantes podem verificar o resultado através do site da banca organizadora, Cebraspe . As respostas aos recursos interpostos contra o resultado provisório do exame, estarão à disposição dos candidatos a partir do dia 28 de maio.

Somente foram corrigidas as provas discursivas dos candidatos aprovados e classificados, na prova objetiva, até a 57ª posição na ampla concorrência, no cargo de Auditor de Finanças, e até a 135ª posição, na carreira de Auditor Fiscal.

Para as vagas reservadas, foi necessário se classificar até a 14ª posição (Auditor de Finanças) e 34ª posição (Auditor Fiscal). Na prova discursiva, era preciso obter 15 pontos ou mais para a aprovação.

Mediante a retomada da seleção, os candidatos aprovados na prova discursiva, que solicitaram concorrer como pessoas com deficiência, serão convocados para a avaliação biopsicossocial em data a ser definida pelo Cebraspe.

Após a conclusão de todas as etapas, o concurso SEFAZ AL será homologado. O prazo de validade será de um ano, podendo ser prorrogado por igual período. O governador do Estado, Renan Filho, informou que as nomeações dos aprovados irão ocorrer em 2020.

Nova-SEFAZ-AL

Vagas do concurso SEFAZ AL

O concurso SEFAZ AL oferta 85 vagas, sendo 25 vagas para o cargo de Auditor de Finanças e Arrecadação e 60 vagas para a carreira de Auditor Fiscal. Para pleitear uma vaga, em ambos os casos, foi necessário ter o nível superior em qualquer área.

A função de Auditor Fiscal foi o mais concorrido, com uma disputa de, aproximadamente, 113 candidatos por vaga. Já o cargo de Auditor de Finanças teve 1.410 inscritos, sendo cerca de 56 candidatos por vaga.

Os salários dos candidatos aprovados serão de R$ 8.264,90 para Auditor de Finanças e Controle, e de R$ 9.471,42 para Auditor Fiscal da Fazenda Estadual. Os participantes habilitados irão atuar com uma jornada de 40 horas semanais, em Maceió/AL.

Ao todo, mais de 8.000 candidatos foram convocados para as provas. A avaliação objetiva foi composta por 160 questões, englobando as seguintes disciplinas: Tecnologia da Informação, Língua Portuguesa, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Tributário, Direito Civil, Direito Penal, Direito Empresarial, Contabilidade Geral, Raciocínio Lógico e Economia.

Já a prova discursiva, foi composta por dois estudos de caos, com a seguinte divisão:

  • Auditor de Finanças: Contabilidade Pública e Finanças Públicas;
  • Auditor Fiscal: Auditoria Fiscal e Legislação Tributária Estadual.

Para ter sido considerado aprovado na prova objetiva, foi necessário ter alcançado nota igual ou superior a 20 pontos em Conhecimentos Básicos, 18 pontos em Conhecimentos Específicos e 48 pontos ou mais no conjunto das avaliações.

“Fazer um concurso público dessa dimensão não é moleza: tem de organizar as finanças para pode pagar os salários, vencer a burocracia e se organizar. O Estado de Alagoas vem se modernizando para cumprir, cada vez melhor, o seu papel”, informou o governador Renan Filho.

Foi afirmado pelo secretário da Fazenda, George Santoro, que está sendo preparado um grande curso de formação, com um completo programa de treinamento, para esses novos auditores que vão entrar na Secretaria da Fazenda.

Saiba mais sobre o Concurso SEFAZ AL

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais