Concurso TJ RN: Banca organizadora foi escolhida!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 02 jan 2020

A banca organizadora do concurso TJ RN (Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte) foi definida. As oportunidades serão para cargos na área de Tecnologia da Informação!

⇒ Confira o documento na íntegra da definição da banca organizadora do concurso TJ RN! ⇐

Banca organizadora do concurso TJ RN

Foi divulgado o nome da banca organizadora do novo concurso TJ RN, que visa preencher vagas em cargos na área de Tecnologia da Informação.

É previsto no novo edital, a oferta de 33 vagas temporárias em diversas ocupações. O prazo de validade do certame será de 01 ano, podendo ser prorrogado por igual período.

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, definiu a empresa por meio de dispensa de licitação, que irá organizar o certame para provimento nos cargos de Tecnologia da Informação.

A UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte), por intermédio do Núcleo Permanente de Concursos – COMPERVE, será responsável por planejar e organizadora o concurso. A publicação foi feita no Diário de Justiça Eletrônico do órgão.

A banca organizadora tem tradição de ser responsável por diversos certames na região em âmbito municipal e estadual. Veja os concursos já realizados pela UFRN (COMPERVE):

  • Ministério Público do Estado de Natal;
  • Prefeitura de Natal;
  • Câmara de Parnamirim;
  • Prefeitura de Parnamirim.

Geralmente, as provas são do tipo múltipla escolha. Os exames consideraram avaliar o domínio de conteúdo e da interpretação adequada de situações apresentadas para cada cargo. Cada item terá quatro opções de resposta, das quais apenas uma será correta.

Último concurso TJ RN

O último concurso TJ RN, com vagas para servidores, teve seu edital publicado no ano de 2001. Na ocasião, foram ofertadas vagas para os cargos de Auxiliar Técnico, Técnico Judiciário e Oficial de Justiça. Nos níveis médio e superior, respectivamente.

O certame foi realizado pela Escola de Magistratura do Rio Grande do Norte, em convênio com a Universidade Potiguar. Todos os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva, além de uma prova de títulos para os cargos de nível superior.

A prova objetiva foi composta por 100 questões, e englobou as seguintes disciplinas:

Auxiliar Técnico (nível médio)

  • Língua Portuguesa: 35 questões;
  • Conhecimentos Gerais: 25 questões;
  • Lei de Organização Judiciária do Estado do Rio Grande do Norte: 20 questões;
  • Noções de Informática: 20 questões.

Técnico Judiciário e Oficial de Justiça (nível superior)

  • Língua Portuguesa: 25 questões;
  • Conhecimentos Gerais: 10 questões;
  • Noções de Direito Constitucional: 15 questões;
  • Noções de Processo Civil: 15 questões;
  • Noções de Processo Penal: 15 questões;
  • Lei de Organização Judiciária do Estado do Rio Grande do Norte: 15 questões;
  • Noções de Informática: 10 questões.

A prova objetiva foi avaliada em uma escala de 0 a 10 pontos. Para ter sido considerado aprovado, foi necessário o candidato ter uma nota final igual ou superior a 6 pontos.

O concurso TJ RN teve validade inicial de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois anos.

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais