Concurso Polícia Federal (PF): Divulgado o novo regimento interno!

icone calendario 03 jan 2018

Excelente notícia aos concurseiros que aguardam o novo concurso público da Polícia Federal (PF)!

Foi aprovado pelo Ministério da Justiça e publicado no Diário Oficial da União do dia 02 de janeiro de 2018, o Regimento Interno da Polícia Federal onde, dividido em 04 capítulos, ficam definidas as funções e atividades de todos os integrantes da instituição.

O novo texto já em seu primeiro artigo contempla a autonomia orçamentária, administrativa e financeira da instituição.

Confira os detalhes mais relevantes do Regimento Interno da Polícia Federal e intensifique seus estudos!

O novo concurso PF já está autorizado e deverá oferecer 1.758 vagas para nível superior. Com o reajuste aprovado em dezembro de 2016, as carreiras ficaram ainda mais atrativas, com remuneração de Delegados e Peritos ultrapassando os R$ 30 mil, e a dos Agentes e Escrivães ultrapassará os R$ 18 mil no topo da carreira.

» Antecipe sua preparação para o Concurso PF e garanta sua vaga com os materiais de qualidade e SEM JUROS! «

Previsão do edital

A solicitação do concurso PF continua tramitando no MPOG. O órgão aguarda autorização da pasta para iniciar os processos para publicação do edital. Só em um dia, o pedido de concurso transitou por 15 vezes pelas seções do Ministério do Planejamento.

Em agosto de 2017, o pedido chegou à Divisão de Concurso Públicos do MPOG e desde então segue em análise.

Para você que planeja ser um policial federal, não perca mais tempo, pois o edital pode sair a qualquer momento!

Regimento Interno da Polícia Federal

Dividido em quatro capítulos, o texto baliza a atuação de todos os integrantes da instituição responsável pelas principais investigações de combate à corrupção e lavagem de capitais do Brasil. O documento é assinado pelo ministro Torquato Jardim.

Assim como no regimento do ano anterior, o novo texto já em seu primeiro artigo contempla a autonomia orçamentária, administrativa e financeira da instituição.

O que significa que a Polícia Federal não precisa solicitar autorização ao Ministério do Planejamento (MPOG) para poder realizar os seus concursos públicos quando o número de vagas for maior do que 5% do total de cargos.

A questão que todos os concurseiros estão se fazendo é se atualmente, o número de vagas na Polícia Federal é superior ou não a 5% dos cargos? As informações levantadas até o momento sugerem que a resposta é sim. Desta forma, de acordo com o Decreto, o Diretor da PF já reúne as condições necessárias para autorizar o próximo concurso.

Adicional de Fronteira

Em dezembro de 2017, o presidente Michel Temer assinou decreto regulamentando a indenização diária a servidores da Polícia Federal que trabalham em locais de fronteiras do Brasil e mais outras quatro carreiras: Receita Federal, Policia Rodoviária Federal, Auditores do Trabalho e Auditores Fiscais Agropecuários. O valor pode chegar até R$ 2 mil mensais!

Esta indenização diária está para ser regulamentada desde 2013 e visa estimular os servidores a trabalharem nessas áreas de fronteira, regiões consideradas inóspitas.

O adicional de fronteira será de R$ 91,00 por dia trabalhado durante a semana (não serão contabilizados os fins de semana) podendo chegar a um acréscimo de R$ 2 mil líquidos à remuneração ao final de 22 dias trabalhados.

Após a regulamentação, o valor deverá ser depositado a partir de janeiro de 2018.

Vagas

Ao todo, estão previstas 1.758 vagas, sendo 600 para o cargo de Escrivão, 600 para Agente, 491 para Delegado e 67 para Perito.

Lembrando que o número de vacâncias pode ser aumentado, uma vez que a necessidade de servidores é ainda maior.

Quem pode fazer o Concurso PF?

Para quem optar pelos cargos de Agente e Escrivão saiba que é necessário ter ensino superior completo  em qualquer área de formação. Os salários iniciais para estas carreiras são de R$ 11.897,86, já com auxílio-alimentação.

Para Perito é necessário formação de nível superior em áreas específicas, já para Delegado o candidato precisa ser bacharel em direito. A remuneração inicial para ambos os cargos será de R$ 22.655,68, chegando a R$ 31.394,91 no topo da carreira.

Autonomia da PF para autorização de concurso

De acordo com o decreto nº 8.326, já promulgado em 10 de outubro de 2014 pela presidência da república, a Polícia Federal não precisa mais de autorização por parte do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para abrir novos concursos, por isso possui autonomia por si só para autorizar concursos.

Embora ainda seja necessário o aval do MPOG quanto a existência de verba para a realização da seleção.

 Último Concurso PF Polícia Federal

Os último concursos PF foram realizados nos anos de 2011 e 2014 e organizados pela banca Cespe. Em 2014 o edital contemplou apenas o cargo de Agente com 600 vagas. Já em 2011 foram 1.200 vagas distribuídas entre os cargos de Delegado, Perito, Agente novamente, Papiloscopista e Escrivão.

Para mais informações, veja a página do Concurso Polícia Federal PF

Nova Concursos  tem ajudado há mais de 8 anos quem quer vencer a batalha do concurso público. Se você quer aumentar as suas chances de passar, conheça os nossos materiais, acessando o nosso site!

» Antecipe sua preparação para o Concurso PF e garanta sua vaga com os materiais de qualidade e SEM JUROS! «

concurso PF

Saiba mais sobre o Concurso Polícia Federal 2020: Edital irá ofertar 2 mil vagas na área Policial!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais