Concurso AL ES: Novo certame tem previsão de 100 vagas!

Concurso AL ES: Novo certame prevê 100 vagas!

O novo certame Assembleia Legislativa ES está em fase de estudo, de acordo com  a Casa, que trabalha para formar a comissão organizadora. Apesar do número de oportunidades e cargos não estarem definidos, o deputado Erick Musso já havia mencionado existe previsão de 100 vagas.  Realização do concurso AL ES O novo concurso AL ES deve ...

Status do concurso: Previsto

O novo certame Assembleia Legislativa ES está em fase de estudo, de acordo com  a Casa, que trabalha para formar a comissão organizadora.

Apesar do número de oportunidades e cargos não estarem definidos, o deputado Erick Musso já havia mencionado existe previsão de 100 vagas. 

Realização do concurso AL ES

O novo concurso AL ES deve ser mesmo realizado neste ano de 2021. Isso porque, além dos estudos iniciados no ano passado, foi reservado na Lei Orçamentária 2021, R$ 50.000,00 para a abertura do certame .

Com isso, a Casa Legislativa do Espírito Santo já dispõe de orçamento para a realização do concurso AL ES. A reserva orçamentária não confirma a seleção , mas indica que ela poderá ser aberta.

No ano de 2020, a Assembleia Legislativa do Espírito Santo deu início aos preparativos para a formação da comissão organizadora. A equipe é responsável por levantar o número de vagas, e cargos que serão oferecidos no próximo edital.

“Ainda não foi finalizado o estudo que vai apontar quais as áreas serão contempladas, informações que serão definidas após a composição de uma comissão”, salientou o órgão.

Vale ressaltar, que o concurso AL ES constava no projeto “Gestão 2020”, mencionado pelo presidente da Casa, deputado Erick Musso (Republicanos), no ano de 2019.

Apesar do número de oportunidades e cargos não estarem definidos, o deputado já havia mencionado a previsão de ofertar 100 vagas.

Salário Assembleia Legislativa ES

De acordo com o Portal de Transparência da ALES, o menor salário inicial é o de Técnico Legislativo Júnior, com R$ 2.498,20, e o maior é o de Procurador , com R$ 16.418,86.

Confira a tabela completa:

Requisitos básicos para investidura nos cargos

  • Ser aprovado no concurso público;
  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição Federal;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais e, em caso de candidato do sexo masculino, também com as militares;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo;
  • Ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
  • Cumprir as determinações deste edital;
  • Não ter sido demitido do Serviço Público Federal, Estadual ou Municipal, com impedimento de exercer função pública;
  • Apresentar declaração de bens que constituem o seu patrimônio, declaração de que não acumula cargo, emprego ou função pública, ou proventos de inatividade;
  • Apresentar documentação pessoal necessária na ocasião da posse.

Sobre a AL ES

Durante a Monarquia, o Poder Legislativo funcionou por 54 anos – de 1835 a 1889 – e teve 61 legislaturas ininterruptas. Durante a República, o primeiro período de funcionamento da Assembleia vai de 1890 a 1930. Durante o primeiro governo de Getúlio Vargas (1931-1934), a Assembleia permaneceu fechada. O parlamento também não funcionou no período do Estado Novo (1937-1945). De 1930 a 1943, o Espírito Santo foi governado pelo interventor João Bley. Depois de Vargas, desde 1946 até hoje, são 73 anos ininterruptos de funcionamento.

Assembleia Legislativa é presidida nesta legislatura pelo seu 101º presidente – o deputado Erick Musso (PMDB). São 34 presidentes no período monárquico e 67 no período republicano.

A AL ES é composta pelos 30 deputados estaduais eleitos pelo voto dos cidadãos do Espírito Santo. Ela tem como atribuição a criação e aprovação de leis, a discussão de políticas públicas, a fiscalização dos atos do Poder Executivo e do uso dos recursos públicos.

De acordo com a Constituição Estadual cabe à Ales, com a sanção do governador, manifestar-se sobre matérias de competência do Estado referentes aos seguintes assuntos:

  • Tributos;
  • Orçamentos;
  • Programas estaduais;
  • Criação de Municípios;
  • Organização administrativa dos poderes, instituições, secretarias e órgãos estaduais;
  • Criação e extinção de cargos, empregos e funções públicas e seus respectivos vencimentos;
  • Exploração de serviços públicos; entre outros.

Último concurso ALES

O último concurso ALES aconteceu no ano de 2011, sob responsabilidade do Cebraspe. Na época, foram ofertadas 141 vagas para cargos de níveis médio e superior, nas seguintes especialidades:

  • Procurador de 1ª Categoria;
  • Analista em Comunicação Social I;
  • Taquígrafo Parlamentar Apanhador I;
  • Técnico em Comunicação Social I;
  • Técnico em Tecnologia da Informação I;
  • Técnico Legislativo Sênior I – Contabilidade/Financeiro/Folha de Pagamento;
  • Técnico Legislativo Sênior I – Biblioteca/Arquivo/Almoxarifado/Patrimônio/Protocolo;
  • Técnico Legislativo Sênior I – Serviços Gerais/Sonorização;
  • Técnico Legislativo Sênior I – Secretaria Legislativa/Secretaria Administrativa.

Ao todo, o concurso AL CE registrou 16.158 inscritos para a disputa das vagas. Confira a relação candidato/vaga:

Quais eram os requisitos dos cargos?

Procurador de 1ª Categoria:

  • diploma, devidamente registrado, de curso de bacharel em Direito, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e inscrição regular na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Analista em Comunicação Social I:

  • Diploma de curso superior em Jornalismo, Comunicação Social ou congênere, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e registro profissional correspondente.

Taquígrafo Parlamentar Apanhador I:

  • diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em qualquer área, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e conhecimentos técnicos específicos de taquigrafia.

Técnico em Comunicação Social I:

  • certificado, devidamente registrado, de curso de nível médio completo ou técnico-profissionalizante equivalente na área de comunicação social, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Experiência Profissional mínima de dois anos na função de Editor de Imagens, Cinegrafista ou Operador de Controle Mestre, no setor público ou privado, ou Curso Técnico Profissionalizante nas áreas supracitadas ou diploma de curso de graduação de nível superior na área de Comunicação Social.

Técnico em Tecnologia da Informação I:

  • certificado, devidamente registrado, de curso de nível médio completo ou curso técnico-profissionalizante equivalente na área de tecnologia da informação, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Experiência Profissional mínima de dois anos na função de técnico em tecnologia da informação, no setor público ou privado, ou Curso Técnico Profissionalizante na área supracitada ou diploma de curso de graduação de nível superior em Tecnologia da Informação.

Técnico Legislativo Sênior I – Contabilidade/Financeiro/Folha de Pagamento:

  • certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio completo ou técnico-profissionalizante nas áreas de contabilidade, finanças ou folha de pagamento, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Experiência Profissional mínima de dois anos na função de auxiliar de folha de pagamento, de setor financeiro ou de contabilidade, no setor público ou privado, ou Curso Técnico Profissionalizante ou diploma de curso de graduação de nível superior nas áreas supracitadas.

Técnico Legislativo Sênior I – Biblioteca/Arquivo/Almoxarifado/Patrimônio/Protocolo:

  • certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio completo ou técnico-profissionalizante nas áreas de biblioteca, arquivo, almoxarifado, patrimônio ou protocolo, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Experiência Profissional mínima de dois anos na função de auxiliar de biblioteca, arquivo, almoxarifado, patrimônio ou protocolo, no setor público ou privado, ou Curso Técnico Profissionalizante ou diploma de curso de graduação de nível superior nas áreas supracitadas.

Técnico Legislativo Sênior I – Serviços Gerais/Sonorização:

  • certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio completo ou técnico-profissionalizante nas áreas de sonorização, eletrotécnica, mecânica, hidráulica ou construção civil/edificações expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Experiência Profissional mínima de dois anos na função de auxiliar serviços gerais e sonorização que exijam conhecimentos básicos de eletrotécnica, mecânica, hidráulica ou construção civil/ edificações, no setor público ou privado, ou Curso Técnico Profissionalizante ou diploma de curso de graduação de nível superior nas áreas supracitadas.

Técnico Legislativo Sênior I – Secretaria Legislativa/Secretaria Administrativa:

  • certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio completo ou técnico-profissionalizante na área de secretaria administrativa ou legislativa, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Experiência Profissional mínima de dois anos na função de secretaria legislativa ou administrativa, no setor privado ou público, ou exercício de cargo público correspondente, de provimento efetivo ou comissionado, ou Curso Técnico Profissionalizante ou Superior Específicos, da área administrativa ou legislativa.

Provas concurso ALES 2011

Os candidatos ao concurso Assembleia Legislativa ES eram classificados mediante provas objetivas.

A prova objetiva foi composta de 60 questões, sendo 25 de Conhecimentos Básicos e 35 de Conhecimentos Específicos.

Além disso, houve uma Avaliação de Títulos e, exclusivamente para o cargo de Taquígrafo, uma prova prática.

O conteúdo programático era composto de:

  • Língua Portuguesa: 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial: emprego das letras; emprego da acentuação gráfica. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual: emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e outros elementos de sequenciação textual; emprego/correlação de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período: relações de coordenação entre orações e entre termos da oração; relações de subordinação entre orações e entre termos da oração; emprego dos sinais de pontuação; concordância verbal e nominal; emprego do sinal indicativo de crase; colocação dos pronomes átonos. 6 Reescritura de frases e parágrafos do texto: substituição de palavras ou de trechos de texto; retextualização de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial: adequação da linguagem ao tipo de documento; adequação do formato do texto ao gênero.
  • Noções de Informática: 1 Sistemas operacionais (Windows 7). 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet/intranet; ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e de pesquisa. 3 Principais aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações (pacote Microsoft Office). 4 Conceitos básicos de tecnologia da informação: sistemas de informações e segurança da informação.
  • Organização do Poder Legislativo Estadual: 1 Constituição Estadual do Espírito Santo. 1.1 Organização do Estado (arts. 14 a 47). 1.2 Organização dos Poderes (arts. 48 a 77). 2 Resolução nº 2.890/2010 (dispõe sobre a estrutura organizacional dos serviços administrativos da Secretaria da Assembleia Legislativa e sobre o Plano de Cargos e Carreiras dos seus respectivos servidores).
Acompanhe nossas

redes sociais