Como funciona a Academia Militar do Barro Branco? | Nova Concursos

Como funciona a Academia Militar do Barro Branco?

icone calendario 28 Maio 2021

Todo candidato aprovado em um concurso PM SP passa pelo Curso de Formação de Oficiais, obrigatoriamente.

No caso da Polícia Militar de São Paulo para Oficiais, a escola de formação é a Academia Militar do Barro Branco.

O primeiro posto ocupado pelos aprovados em um concurso é o de Aluno Oficial, condição na qual permanecem durante todo o período de formação.

O curso tem duração de três anos e aborda matérias pertinentes à formação de um profissional da Polícia Militar de São Paulo .

Os conteúdos abordados passam por Direito, Sociologia, até por Gestão e Liderança. Ao final do curso, o Aluno-Oficial sai com um certificado de Bacharel em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública.

Os estudos teóricos são intensos durante os anos de formação, mas a AMBB (Academia Militar do Barro Branco) oferece também a oportunidade de os alunos aplicarem o conhecimento teórico na prática.

No último ano, os Alunos Oficiais passam por uma espécie de estágio, para ter contato com o trabalho dos Policiais Militares no dia a dia.

Quando se forma, o Aluno Oficial se torna um Aspirante a Oficial, posto que ocupa durante o tempo do Aspirantado, o estágio probatório dos Policiais Militares.

Essa fase das carreiras militares dura em torno de seis meses.

O estágio probatório serve como uma prova de que o Aspirante a Oficial absorveu todos os ensinamento da Academia Militar.

Caso ocorra tudo dentro dos conformes durante o Aspirantado, o Aspirante a Oficial se torna II Tenente e, portanto, vira um Oficial, definitivamente.

Como funciona o regime de estudos?

Na Academia Militar do Barro Branco, as aulas costumam acabar em torno de 17h e 30min, no entanto os alunos não voltam para a casa em dias de semana.

Nos dois primeiros anos, os Alunos Oficiais permanecem em regime de internato dentro da AMBB, podendo sair somente nos fins de semana.

O internato serve para que o Policial em formação mantenha o foco nas matérias, nas aulas e cursos extracurriculares e nas produções dos grêmios.

A partir do terceiro ano, os Alunos são liberados para voltar para suas casas todos os dias após o término das aulas.

Esse regime de estudos acaba influenciando bastante na vida dos futuros Policiais, pois grande parte é do interior do Estado de São Paulo e acaba precisando se mudar para a capital, muitas vezes com toda a sua família.

Qual é o salário dos Alunos Oficiais?

Os Alunos Oficiais recebem um salário para estudar, já que já foram considerados aprovados no concurso público e, teoricamente, já estão iniciando sua atuação dentro da Polícia Militar.

A remuneração é um dos atrativos da carreira militar e logo no primeiro ano na Academia, o aluno recebe R$ 2.683,78 mensalmente.

No segundo ano de formação, esse salário aumenta e passa a ser de R$ 2.890,92.

Quando alcançam o último ano no Curso, o salário vai para R$ 3.175,68 e sobe para R$ 5.604,22, quando os Alunos se tornam Aspirantes a Oficial.

Todos os salários incluem o abono de Insalubridade, que tem valor de R$ 543,26.

Qual é o perfil dos Alunos da Academia Militar do Barro Branco?

Para ingressar na AMBB, além de manter o foco nos estudos, precisa saber agir com liderança.

O Policial Militar passa por várias situações críticas, de dificuldades e, por isso, ter o espírito da liderança é fundamental.

Saber tomar decisões, montar estratégias baseadas em conhecimentos técnicos e teóricos é de extrema importância na carreira militar.

Visando a formação completa dos PMs, a AMBB oferece também conteúdos sobre liderança e gestão de pessoas.

O futuro PM também precisa saber obedecer, querer servir ao próximo e ter muita perseverança.

Um pouco da história da Academia Militar do Barro Branco

A Academia Militar do Barro Branco foi fundada no ano de 1910, durante o Governo Estadual de Jorge Tibiriçá, com o propósito de ministrar instruções à Força Pública.

A AMBB nem sempre teve esse nome. Em 1924, a Academia era chamada de Centro de Instrução Militar e, posteriormente, se transformou em Curso de Formação e Aperfeiçoamento.

Somente em 1978 é que a escola de cadetes recebeu o nome de Academia Militar do Barro Branco.

Hoje, uma vaga na AMBB é muito concorrida. Em 2018, por exemplo, mais de 15 mil pessoas se inscreveram no concurso PM SP e somente 270 foram admitidos, deixando a taxa de admissão em torno de 1,6%.

A missão da Academia é:

“Promover com excelência as atividades de ensino aos integrantes da Polícia Militar que se preparam para o exercício do Oficialato, tendo por referência a ciência pedagógica, a técnica policial e as relações humanas.”

Saiba mais sobre o Concurso PM SP Oficial CFO: Provas objetivas serão em abril!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais