Concurso ESA 2021: O que mais cai em História? | Nova Concursos

Concurso ESA 2021: 10 assuntos que mais caem em História!

icone calendario 11 Maio 2021

Os concursos para adentrar no Exército Brasileiro são sempre muito procurados e concorridos e, por isso, os estudos para as provas devem começar cedo. Saiba os conteúdos que mais caem em História no concurso ESA!

Preparamos uma lista com os 10 conteúdos mais cobrados no certame ESA e um breve resumo de cada um deles, para que você, concurseiro, já tenha uma ideia de como iniciar seus estudos em História.

Como estudar História para o concurso ESA?

Antes de mais nada, o candidato precisa saber que o concurso da ESA só cobra História do Brasil . Portanto, não é necessário gastar tempo estudando História Geral.

Outra informação importante é que o conteúdo de História do ESA é bastante extenso e inclui matérias desde as Grandes Navegações, por isso, o candidato deve dedicar bastante atenção à esta parte dos estudos.

A ESA é uma prova muito conteudista, que investe nos detalhes, por isso os concorrentes precisam ter muito foco para estudar.

Mais uma dica importante é: leia o edital com cautela! Tudo o que os concurseiros precisam saber sobre a prova está escrito no edital.

Quais os assuntos mais cobrados em História?

Pioneirismo Português

Esse conteúdo diz respeito à exploração do Oceano Atlântico, que se deu por conta da monopolização do Mar Mediterrâneo, que era o único acesso às Índias, por Gênova e Veneza.

Essa monopolização causou diversos conflitos de interesses, até que outros países da Europa se viram obrigados a buscar caminhos novos para chegar na Índia.

A partir daí, Portugal começou a explorar o Oceano Atlântico para tentar chegar no país asiático a fim de evitar o Mar Mediterrâneo.

Com essa exploração, os portugueses encontraram as Américas e, mais especificamente, o Brasil.

Os motivos dessas navegações, os conflitos políticos e comerciais e os resultados dessas navegações devem ser muito bem estudados pelos candidatos, pois caem muito nas avaliações do ESA.

Sistema Colonial Português

O sistema colonial português engloba desde parte administrativa, até economia e costuma aparecer bastante no ESA.

Dentro desse tópico, o que mais na prova é o período pré-colonial, que se deu entre 1500 e 1530, que foram as três décadas que antecederam a chegada da expedição colonizadora liderada por Martim Afonso de Souza.

Sobre economia, dois assuntos que sempre caem são o Pau Brasil e os escambos.

Revoltas Coloniais

É importante, nesse tópico, que o candidato estude as Revoltas Nativistas e Emancipacionistas.

A diferença entre elas é que as Nativistas, eram conflitos entre os nativos e os colonizadores que se resolviam aqui no Brasil, já as Emancipacionistas aconteceram para tentar libertar o Brasil de Portugal.

Estudar quem foram os líderes das Revoltas, quando elas aconteceram, onde ocorreram e detalhes dessa natureza pode fazer a diferença na nota final.

Período Joanino

Foi o período em que a família real portuguesa se refugiou no Brasil para fugir do bloqueio continental que Napoleão instaurava na Europa.

Esse período é muito cobrado nas provas do ESA, porque foi quando, na prática, o Pacto Colonial deixou de existir.

Primeiro Reinado

Se inicia em 1822, com a independência do Brasil e termina em 1831. O governante foi Dom Pedro I, o homem que declarou a independência do país.

É importante que o candidato entenda esse período como o início da formatação do Brasil como uma nação não mais dependente/colônia de Portugal, além de conhecer a constituição de 1824, que foi a primeira do país, e o Poder Moderador.

Período Regencial

É o período entre o Primeiro e o Segundo Reinado, quando Dom Pedro II ainda é de menor e não pode governar o país, que dura de 1831, quando Dom Pedro I abdica o trono brasileiro, até 1840, quando ocorre o Golpe da Maioridade.

Foi um período conturbado da história do Brasil, cheio de trocas de regentes e de revoltas.

Segundo Reinado

Se inicia em 1840, com o Golpe da Maioridade, e dura até 1889, quando Dom Pedro II cai por conta de um golpe militar que teve Marechal Deodoro da Fonseca como líder.

Durante esse período, que é um tanto longo, é importante estudar a Guerra do Paraguai e o abolicionismo.

República Velha

É o período que tem início com a proclamação da República, em 1889, até 1930 com o início da Era Vargas.

Dentro desse tópico, o que é mais cobrado são as rebeliões que aconteceram nesse espaço de tempo que durou a República Velha, além do Encilhamento, que foi uma crise econômica pela qual o Brasil passou.

Era Vargas

A Era Vargas durou 15 anos, de 1930 a 1945, e teve início com a Revolução de 30. Entender os motivos que levaram à Revolução e o que ela causou pode ser decisivo na hora de fazer a prova do ESA.

Além disso, vale estudar também as constituições de 34 e 37 e o Estado Novo.

Brasil na Segunda Guerra Mundial

A participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial costuma ser um assunto muito cobrado na prova da ESA.

O Estado brasileiro foi por muito tempo neutro na Guerra, mas isso mudou quando a Alemanha nazista atacou o litoral do país.

Com isso, a Força Expedicionária Brasileira foi enviada ao campo de batalha na Itália, tendo um papel importante em diversas missões contra o Eixo.

As informações deste artigo podem ser complementadas pela aula do Prof. Hilário, confira:

Saiba mais sobre o Concurso ESA: Saiu o Edital com 1.100 vagas para o nível médio!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais