Investigação Social: como é feita? | Nova Concursos

Investigação Social: como é feita?

icone calendario 01 mar 2021

Muitas pessoas interessadas em prestar concursos na área policial ficam com dúvida como é feita a investigação social – etapa importante do processo de seleção. Pensando nisso, decidimos mostrar para os candidatos como funciona essa investigação.

O principal ponto é preencher corretamente o formulário de investigação social e em nenhum momento mentir ou omitir sobre as informações solicitadas. A finalidade dessa etapa do concurso é entender a vida pregressa e atual do futuro policial.

Como é feita a investigação social?

A investigação social é realizada por policiais militares em trajes civis e a missão é reunir dados de conduta e comportamento. Os candidatos podem ficar tranquilos, pois o que for descoberto não será exposto e a investigação é em cunho sigiloso.

Etapas da Investigação Social

– Informações pessoais: aqui será relatado todos os dados do candidato, como RG, CPF, nome completo, e-mails, dentre outras informações pessoais.

– Informações Residenciais: é preciso colocar todos os lugares em que residiu e que reside. Caso não tenha morado com os pais ou esposa (o) durante algum período é necessário explicar o motivo.

– Informações sócio familiares: será necessário dar informações completas sobre pais e irmãos. Se foi criado por padrastos, tutores legais ou outras pessoas que não sejam pais biológicos também devem constar nas informações solicitadas.

– Informações de cunho pessoal e familiar: nessa etapa o candidato responderá questões sobre tatuagens, se o próprio candidato ou alguém da família já foi examinado, tratado ou já esteve internado em razão de distúrbios nervosos, mentais ou outras doenças. Se fuma, se bebe, se já usou drogas ilícitas. Nessa etapa também será necessário colocar 4 testemunhas no formulário (não parentes ou ex-empregadores).

– Informações judiciais e policiais: a polícia também irá querer saber se o candidato já fez ou faz parte de algum Processo na Justiça, seja na condição de autor, indiciado, réu, testemunha ou até mesmo como vítima.

– Informações profissionais: preencher com os lugares em que esteve empregado.

– Informações escolares: onde cursou e todos os detalhes dos ensinos fundamental, médio, técnico, superior e pós-graduação.

– Informações econômicas: esse ponto todo mundo pergunta se reprova, não reprova, mas é necessário preencher corretamente todos os detalhes. Existem perguntas se o candidato possui cheques devolvidos, dívidas, valores e o motivo de estar inadimplente.

– Informações de Trânsito: o candidato possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou Permissão Para Dirigir (PPD), já esteve envolvido em algum acidente, a CNH já foi apreendida, dentre outros pontos que são questionados.

Saiba mais sobre o Concurso PM-SP 2021: Edital publicado com 2.700 vagas para nível médio!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais