Dicas para concursos públicos em 2014

icone calendario 20 Maio 2015

Olá, meus queridos! Feliz ano novo 😀

Quero começar 2014 já avisando que não vai ser fácil. Hoje, irei trazer uma constatação alarmante para vocês refletirem:

De 7 milhões de concurseiros, apenas 1% é aprovado. 

“Quem não gostaria de ganhar um bom salário, com todas as vantagens, mais garantia de estabilidade no emprego? Este é o sonho de pelo menos sete milhões de pessoas que estudam hoje para passar em um concurso público. Por isso mesmo, poucos conseguem realizar, já que pouco mais de 1% vai conquistar uma vaga.

Somente em 2013, quase 80 mil vagas foram abertas em concursos públicos em todo o País, em diversas áreas e para todos os níveis de escolaridade. A grande quantidade de vagas é acompanhada de um enorme número de candidatos, o que faz com que a concorrência seja alta e a dificuldade para passar aumente. Por isso, preparação e dedicação são essenciais para o sucesso de quem sonha em passar em um concurso.

Três características são fundamentais para os candidatos de concursos públicos: disciplina, motivação e capacidade de resiliência (superar obstáculos). A quantidade de horas dedicada ao estudo não é o mais importante, e sim a qualidade e a forma como ele é feito. 

Manter-se motivado e persistir nos estudos é a maior dificuldade dos candidatos. Para não perder o foco, é preciso saber que o resultado vem em longo prazo. A decepção pode ser maior se a pessoa acreditar que vai passar nos próximos três ou seis meses. O tempo médio para a aprovação é de dois anos. Em concursos que exigem mais, como de juiz, diplomata, procurador, esse tempo é de quatro ou cinco anos.

Não abrir mão do lazer e de outras atividades pelos estudos também é essencial. É necessário equilíbrio para se manter motivado. Não cortar o lazer, não abrir mão do contato com a família, das coisas que gosta. Se cortar tudo isso vai ficar insuportável e a pessoa não vai conseguir continuar por muito tempo. Atitudes extremadas não levam a aprovação nem mesmo em longo prazo.

Prestar tudo quanto é tipo de concurso não o ideal para quem realmente quer garantir uma vaga. A pessoa precisa, primeiro, ver o que quer fazer, o que deseja mesmo. Quanto mais constante se mantiver, melhor. Focar em um concurso só seria o ideal. É possível focar em áreas, como policial, judiciária ou legislativa. É importante que se faça outros concursos, até como teste, porém é preciso ficar focado em um.

Estudar em grupo é outro fator que aumenta a motivação. A pessoa não se sente sozinha. Ajudar e ver outras pessoas na mesma situação é muito motivador. Além disso, existe a possibilidade da troca de conhecimento entre os candidatos. É possível que esses alunos, dependendo do nível em que estão, tirem a dúvida dos outros.

Já a vantagem de estudar sozinho é o direcionamento. O concurseiro que está em estágio mais avançado estudando sozinho consegue focar e direcionar melhor os conteúdos que precisa.”

Fonte: Paraná Online

Pois é, pessoal. Se você quer entrar de cabeça nisso, saiba que você vai precisar de muita dedicação e paciência. Para mim, foram muitas batalhas árduas, diversas decepções e muita disposição! Mas com fé e esperança, tudo se alcança (ih, rimou :D)

Portanto, meu conselho para vocês neste ano é:

PERSEVERANÇA! SEMPRE!

Vamos nessa??

Um próspero 2014 e até semana que vem,

catia-pCátia Pipoca é concursanda por natureza
e dá dicas para concurseiros guerreiros em seu blog, o http://catia-pipoca.blogspot.com.br  e em sua fanpage https://www.facebook.com/C.PoPcon

Aproveite e adquira apostilas para concurso da Nova  ! Também acompanhe-nos no Facebook Google Plus  para saber das novidades e dicas!

Gostou? Não deixe de votar abaixo!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais