Pesquisar no blog

Concurso Anatel: Órgão solicita novo edital ao Ministério da Economia. 374 vagas!

Novidades, concurseiros! É possível que um novo concurso Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) seja realizado, visto que a Agência enviou ao Ministério da Economia um pedido por novo edital.

Além disso, foram solicitadas 374 oportunidades entre diversas carreiras. Sendo assim, se você se interessa pela seleção, confirma a seguir maiores detalhes acerca da solicitação!

 

Concurso Anatel: situação atual

Dessa forma, é essencial que os concurseiros saibam que poderá ser realizado um novo concurso Anatel. Isso porque o órgão enviou ao Ministério da Economia uma solicitação de novo edital.

Além disso, vale recordar que todos os anos os órgãos federais podem enviar ao ME seus pedidos por novos concursos públicos, de forma que este ano tais solicitações puderam ser enviadas até o dia 31 de maio.

Nesse sentido, o Ministério deverá agora analisar cada um dos pedidos realizados, de maneira que posteriormente serão informadas as autorizações ou os pedidos negados.

Sendo assim, é importante mencionar que se sabe que diversos órgãos realizaram essa solicitação, entre eles a Anatel, a Comissão de Valores Mobiliários, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a Fundação Nacional do Índio, a Polícia Rodoviária Federal, entre outros.

É igualmente essencial frisar que uma nova seleção é fundamental, visto que desde a sua criação a Agência não possui o quantitativo de servidores previsto na Lei nº 10.871/2004.

“Paulatinamente, o quadro de pessoal tem enfrentado decréscimos significativos apesar do fortalecimento de capacidade institucional que o setor de telecomunicações exige”, disse o órgão.

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova. Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Vagas, cargos e salários

Nesse sentido, a Agência Nacional de Telecomunicações enviou ao Ministério da Economia uma solicitação que visa o preenchimento de 374 vagas entre diversas carreiras, sendo elas:

  • Técnico Administrativo – 110 vagas;
  • Técnico em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações – 101 vagas;
  • Analista Administrativo – 49 vagas;
  • Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações – 114 vagas.

 

Além disso, caso a seleção ocorra, os aprovados no concurso público contarão com salários nos valores de R$ 7.474,67 para Técnico Administrativo, R$ 7.846,37 para Técnico em Regulação, R$ 14.265,57 para Analista e R$ 15.516,12 para Especialista.

Ademais, tais valores já contemplam o auxílio-alimentação no valor de R$ 458,00.

É igualmente essencial frisar que para concorrer aos cargos de Técnico será necessário que os concurseiros possuam o nível médio de escolaridade. Por outro lado, para o cargo de Analista é preciso a formação de nível superior em alguma das seguintes especialidades:

  • Administração, Direito, Engenharia Civil, Engenharia de Redes, Ciência da Computação, Tecnólogo em Processamento de Dados, Análise de Sistemas, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia Mecatrônica e Engenharia Mecânica.

 

Por sua vez, para concorrer ao cargo de Especialista os candidatos deverão possuir o nível superior nos cursos de Ciências Contábeis, Economia, Engenharia Elétrica ou Engenharia Eletrônica ou Telecomunicações, Estatística, Matemática ou Direito.

Quais são as atribuições dos cargos?

Sendo assim, também é de suma importância que os interessados na possível nova seleção conheçam as atribuições das carreiras a serem contempladas. Dessa forma, são elas:

  • Técnico Administrativo: As atribuições são exercer tarefas consideradas de nível intermediário voltadas para a execução de atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo da Anatel.
  • Técnico em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações: Exercer atividades de nível intermediário voltadas ao suporte e apoio técnico especializado às atividades de regulação, inspeção, fiscalização e controle da prestação de serviços públicos e de exploração de mercados nas áreas de telecomunicações, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades.
  • Analista Administrativo: Tem como função realizar tarefas consideradas de elevada complexidade e responsabilidade, voltadas para o exercício de atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo da Anatel.
  • Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações: Realiza tarefas voltadas às atividades especializadas de regulação, inspeção, fiscalização e controle da prestação de serviços públicos e de exploração de mercados nas áreas de telecomunicações, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas.

 

Último concurso Anatel

Dessa forma, enquanto maiores detalhes acerca do novo concurso Anatel não são revelados é essencial que os concurseiros conheçam as informações acerca do último edital.

Sendo assim, o último concurso Agência Nacional de Telecomunicações foi realizado em 2014. Foram ofertadas na época 100 oportunidades entre cargos de nível médio e superior sob a organização do Cebraspe.

Nesse sentido, confira a distribuição das oportunidades entre os cargos contemplados pelo edital:

  • Técnico (Administrativo e Comunicação) – 20 vagas;
  • Técnico em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações – 12 vagas;
  • Analista Administrativo – 20 vagas;
  • Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações – 48 vagas.

 

Além disso, os aprovados na seleção contarão com remunerações que variavam entre R$ 5.418,25 e R$ 11.403,90.

Ademais, os inscritos no concurso público foram avaliados por meio de 4 etapas avaliativas, sendo elas:

  • Prova Objetiva;
  • Prova Discursiva (nível superior);
  • Avaliação de Títulos (nível superior);
  • Curso de Formação Profissional fornecido pela Anatel (apenas nível superior).

 

Nesse sentido, para a etapa de prova objetiva os candidatos da seleção responderam a 120 questões de múltipla escolha. As disciplinas cobradas foram as de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Agências Reguladoras e Conhecimentos Específicos.

Sobre a Anatel

Criada pela Lei Geral de Telecomunicações (Lei 9.472, de 16 de julho de 1997), a Anatel foi a primeira agência reguladora a ser instalada no Brasil, em 5 de novembro de 1997.

Conforme estabelece a Lei 9.472/1997, a Anatel é uma entidade integrante da Administração Pública Federal indireta, submetida a regime autárquico especial e vinculada ao Ministério das Comunicações. É administrativamente independente e financeiramente autônoma.

Cabe à Anatel adotar as medidas necessárias para o atendimento do interesse público e para o desenvolvimento das telecomunicações brasileiras, atuando com independência, imparcialidade, legalidade, impessoalidade e publicidade. No rol de atribuições da Agência, destacam-se:

  • Implementar, em sua esfera de atribuições, a política nacional de telecomunicações;
  • Representar o Brasil nos organismos internacionais de telecomunicações, sob a coordenação do Poder Executivo;
  • Administrar o espectro de radiofrequências e o uso de órbitas, expedindo as respectivas normas;
  • Expedir ou reconhecer a certificação de produtos, observados os padrões e as normas por ela estabelecidos;
  • Compor administrativamente conflitos de interesses entre prestadoras de serviços de telecomunicações;
  • Reprimir infrações aos direitos dos usuários;
  • Exercer, relativamente às telecomunicações, as competências legais em matéria de controle, prevenção e repressão das infrações da ordem econômica, ressalvadas as pertencentes ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

 

Com sede em Brasília, a Anatel realiza as atividades de fiscalização e mantém contato mais próximo com a sociedade por meio de Gerências Regionais e Unidades Operacionais em todas as capitais brasileiras.

A Agência trabalha com o objetivo de promover o desenvolvimento das telecomunicações do País de modo a dotá-lo de uma moderna e eficiente infraestrutura de telecomunicações, capaz de oferecer à sociedade serviços adequados, diversificados e a preços justos, em todo o território nacional.

Missão

Regular o setor de telecomunicações para contribuir com o desenvolvimento do Brasil.

Visão

Ser reconhecida como instituição de excelência que promove um ambiente favorável para as comunicações no Brasil, em benefício da sociedade brasileira.

Valores

Capacitação Institucional, Segurança Regulatória, Transparência e Participação social.

 

Histórico de Notícias

04/05/2022

Concurso Anatel: Órgão estuda enviar novo pedido ao ME. 374 cargos vagos!

Um concurso Anatel pode acontecer em 2023, visto que o órgão estuda a possibilidade de enviar um novo pedido ao ME. Existem atualmente 374 cargos vagos!

Continuar lendo
21/01/2022

Concurso Anatel: Órgão solicita novo edital. Pedido é de 346 vagas!

Um novo concurso Anatel foi requisitado ao Ministério da Economia. De acordo com o ofício, o pedido foi para o preenchimento de 346 vagas. Saiba mais!

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais