Compartilhar:

Concurso Bombeiro PR: EDITAL com salários de até R$ 9,5 mi!

Foi divulgado o edital do concurso Bombeiro PR (Corpo de Bombeiros do Estado do Paraná). As oportunidades são para nível médio, com salários de até R$ 9,5 mil! Como fazer a inscrição do concurso Bombeiro PR? As inscrições estarão disponíveis a partir do dia 12 de agosto até às 17h do dia 10 de setembro de 2019. Para se inscrever o ca...

Status do concurso: Aberto

Edital disponível

Cadastre-se e Receba GRÁTIS!

Aulas com Técnicas para Organizar e Otimizar sua preparação!

Número de vagas 20
Salário De R$ 3.213,61 até R$ 9.544,44
Data de inscrição 12/08/2019 a 10/09/2019
Escolaridade Nível Médio
Estado Paraná
Organizadora UFPR - Universidade Federal do Paraná
Valor da inscrição R$ 155,00
Data da prova 27/10/2019
Edital Arquivos

Última Notícia

Concurso Bombeiro PR: Inscrições estão disponíveis!

As inscrições do concurso Bombeiro PR (Copo de Bombeiros do Estado do Paraná) estão abertas, ficando disponíveis até o dia 10 de setembro de 2019.

Continuar Lendo

Foi divulgado o edital do concurso Bombeiro PR (Corpo de Bombeiros do Estado do Paraná). As oportunidades são para nível médio, com salários de até R$ 9,5 mil!

Como fazer a inscrição do concurso Bombeiro PR?

As inscrições estarão disponíveis a partir do dia 12 de agosto até às 17h do dia 10 de setembro de 2019.

Para se inscrever o candidato deverá acessar o site da banca organizadora, UFPR.

A taxa de inscrição tem o valor fixo de R$ 155,00.

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 11 de setembro de 2019.

Vagas e salários do concurso Bombeiro PR

O certame oferta 20 vagas para o cargo de Cadete Bombeiro Militar, sendo 18 vagas para ampla concorrência e 02 vagas para afrodescendentes.

O candidato interessado em pleitear uma das vagas ofertas, será necessário ter concluído o ensino médio e ter no máximo 30 anos de idade até o primeiro dia das inscrições.

Sexo Feminino: Fica limitado o ingresso de pessoas do sexo feminino a até 50% das vagas ofertadas, nos termos da Lei estadual nº 14.804/2005.

O Cadete do 1º ano recebe um subsídio no valor de R$ 3.213,61, no 2º ano o valor é de R$3.599,25 e no 3º ano é de R$4.139,14, ao concluir o 3º ano o Cadete é declarado Aspirante à Oficial com subsídio no valor de R$ 7.069,95, que após o período de estágio probatório estará apto a ser promovido ao Posto de 2º Tenente com subsídio de R$ 9.544,44.

Como será a prova do concurso Bombeiro PR?

A avaliação dos candidatos será composta por 2 (duas) etapas:

1ª etapa

A primeira etapa, de caráter eliminatório e classificatório, será composta por uma prova, constituído em duas fases:

1ª Fase: Valendo 90 (noventa) pontos, será constituída de uma prova de Conhecimentos Gerais com 90 (noventa) questões objetivas. Sendo aplicada no dia 27 de outubro de 2019.

2ª Fase: Constará de uma prova de Compreensão e Produção de Textos, constituída de 03 (três) questões discursivas, no valor de 20 (vinte) pontos cada uma, que totalizarão 60 (sessenta) pontos.

2ª etapa

De caráter eliminatório, será composta pelas Provas de Habilidades Específicas (PHE).

As PHE serão compostas pelas seguintes fases: Investigação Social (IS), Avaliação Psicológica (AP), Exame de Capacidade Física (ECAFI) e Exame de Sanidade Física (ESAFI).

Investigação Social (IS)

A Investigação Social (IS) visa verificar todos os aspectos da vida pregressa e atual do candidato, quer seja social, moral, profissional, escolar e demais aspectos de vida em sociedade, bem como, a existência de antecedentes de caráter policial ou criminal que contraindiquem o candidato, dada a natureza e o grau de responsabilidades inerentes ao cargo militar estadual e ao exercício das funções institucionais, impedindo que pessoa com situação incompatível ingresse na Instituição.

A Investigação Social (IS) compõe-se nas seguintes etapas:

a) entrega do formulário de dados biográficos (FDB), certidões e documentos;

b) análise do FDB, certidões e documentos;

c) investigação de sistemas;

d) investigação de campo.

Avaliação Psicológica

Será realizada por banca examinadora formada por psicólogos, civis e/ou militares, devidamente inscritos no Conselho Regional de Psicologia da 8ª Região (CRP/08).

Está fase serve para identificar aspectos psicológicos dos candidatos compatíveis com o desempenho das diversas funções e atribuições institucionais do cargo de Cadete PM.

Exame de Sanidade Física (ESAFI)

O ESAFI compreenderá as avaliações médica e odontológica, baseadas na anamnese, no exame clínico e nos exames requeridos ao candidato. Essas avaliações têm por finalidade selecionar o candidato apto ao exercício pleno das funções da carreira de militar estadual e das atividades inerentes a ela.

Exame de Capacidade Física (ECAFI)

O ECAFI se propõe à realização de um conjunto de provas, compostas de exercícios físicos que avaliem parâmetros de força, coordenação e equilíbrio dinâmico e/ou flexibilidade, potência muscular, capacidade aeróbica, anaeróbica e velocidade, sendo o candidato capaz de cumprir com habilidade o que lhe é proposto, obtendo pelo menos os índices mínimos aceitáveis em cada prova e permitindo ainda classificar o estado físico, no momento da execução dos testes, em APTO ou INAPTO.

As provas do ECAFI para ingresso cargos de Cadete BM serão divididas assim:

Masculino: 03 (três) testes, sendo: Shuttle Run, Tração em Barra Fixa e a Corrida de 2.400 metros;

Feminino: 03 (três) testes, sendo: Shuttle Run, Isometria em Barra Fixa e a Corrida de 2.400 metros.

Teste de Habilidade Específica (THE)

O concurso conta ainda com teste de habilidades específicas para o cargo de Cadete BM. As provas serão compostas da seguinte forma:

♦ Mergulho;

♦ Deslocamento em meio líquido;

♦ Transposição em trave suspensa;

♦ Simulação de resgate.

Requisitos do cargo do concurso Bombeiro PR

Confira os requisitos necessários para se candidatar a uma das vagas:

a) Ter nacionalidade brasileira;

b) Ter no máximo 30 (trinta) anos de idade completos, até o primeiro dia de inscrições;

c) Comprovar conclusão do ensino médio;

d) Ter sido aprovado em todas as etapas do presente concurso público;

e) Possuir capacidade física;

f) Possuir sanidade física;

g) Possuir aprovação no exame de adequação psicológica;

h) Ser aprovado no teste toxicológico;

i) Possuir idoneidade moral;

j) Estar quites com o serviço militar;

k) Estar em dia com as obrigações eleitorais.

Curso de Formação

Os candidatos aprovados dentro do número de vagas serão matriculados no Curso de Formação de Oficiais (CFO).
O curso, com duração aproximada de 3 anos, será realizado na Academia Policial Militar do Guatupê-APMG, conforme normas em vigor, podendo se estender a qualquer outra unidade da PMPR.

Durante o curso, o Cadete se sujeita ao regime de dedicação exclusiva, incluindo atividades noturnas, feriados e finais de semana, não sendo possível a liberação para frequência a outros cursos ou atividades estranhas à Corporação, podendo inclusive ser submetido ao regime de internato.

O curso não faz parte do concurso público. Após concluir o curso, o Cadete estará apto a ser declarado Aspirante à Oficial, que após o período de estágio probatório e demais requisitos estará apto a ser promovido ao Posto de 2º Tenente.

Sobre o Corpo de Bombeiros do Paraná

A lei provincial 679 de 27 de outubro de 1882, autorizava a criação de um serviço de bombeiros devidamente aparelhado, no Corpo de Polícia do Paraná, data muitas vezes confundidas com a criação do serviço público. Foi realizada outra tentativa pelo Congresso Legislativo, na lei Orçamentária de 1895, autorizando a criação no Regimento da Segurança do Estado, a ele anexa, de uma secção de Bombeiros. Renova a autorização contida nessa Lei a de nº 621, de 8 de março de 1906, fixando mesmo o efetivo da Companhia de Bombeiros em 100 homens sobre o Comando de um capitão e três Oficiais subalternos. A Lei de nº 753, de 21 do mesmo mês e ano, reforça a autorização anterior. A Lei de nº 854, de 23 de março de 1909, torna permanente a autorização ao Governo no sentido de criar-se uma Secção de Bombeiros no Regimento de Segurança do Estado do Paraná. Tiveram sempre cunho estadual as iniciativas de organização dos serviços de bombeiros. É ponto a pesquisar se houve tentativa municipal neste auto objetivo. Foi criado finalmente em 1912, o “Corpo de Bombeiros do Estado do Paraná”, cujo histórico se faz entender.

Acompanhe nossas

redes sociais