Pesquisar no blog

A comissão organizadora responsável pelo primeiro concurso Idema RN (Instituto de Defesa do Meio Ambiente) sofreu alterações, de acordo com o Diário Oficial do Rio Grande do Norte. Os cargos e as vagas do certame ainda não foram definidos.

O grupo que organiza o concurso, agora, deve trabalhar para escolher a banca que finalizará o edital e o cronograma da seleção.

Situação atual do concurso Idema RN

O concurso do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte realizará seu primeiro concurso público.

De acordo com documentos oficiais, o órgão conta com 170 servidores ativos, cedidos e comissionados atualmente. Dentre esses, 68 ocupam cargos de Técnico, de nível superior, e desse total, 37 estão em situação abono de permanência.

Por conta disso, podemos esperar que este cargo esteja presente no próximo edital.

O Instituto realizou, em 2020, um processo seletivo, porém as contratações foram temporárias.

Concurso Idema RN: comissão organizadora

A comissão organizadora do concurso Idema RN foi formada no dia 19 de agosto de 2021, porém ela foi alterada no último dia 22 de outubro.

Com a alteração, fica definido que os membros integrantes do grupo são:

  • Ione Macedo de Medeiros Salém;
  • Marcílio Andrade de Lucena Dias;
  • Sérgio Luiz Macedo;
  • Katia Maria Grilo de Medeiros Fernandes;
  • Edilza Silva Costa; e
  • Léa da Silva Oliveira Lopes.

 

Esse grupo será responsável por escolher uma banca organizadora e acompanhar todos os processos da seleção, desde a finalização do edital até a aplicação de provas.

Cargos, vagas e salários

Os estudos sobre as necessidades de contratação do Idema RN estão sendo realizados e, por isso, ainda não temos informações concretas sobre cargos e quantitativo de vagas que serão ofertados nesse primeiro edital do órgão.

O cargo de Técnico, no entanto, pode estar presente devido à quantidade de profissionais dessa carreira aptos à aposentadoria. Nesse caso, é possível que seja exigido dos candidatos certificado formação superior em algumas áreas específicas.

Com base no processo seletivo realizado pelo Instituto em 2020, o salário para essa carreira pode variar entre R$ 2,4 mil e R$ 3,4 mil.

Processo seletivo Idema RN 2020

O processo seletivo do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte que aconteceu em 2020 ofertou 189 vagas de nível superior.

O contrato dos aprovados no processo teve duração de 12 meses, porém esse tempo pode ser prorrogado. Naquele ano, as seguintes carreiras foram ofertadas:

  • Administração (01);
  • Direito (31);
  • Arquitetura e Urbanismo (08);
  • Engenharia Química (08);
  • Ciência e Tecnologia (03);
  • Engenharia Ambiental (08);
  • Engenharia Civil ou Tecnólogo em Construção Civil (13);
  • Engenharia Civil (uma);
  • Engenharia Elétrica (04);
  • Engenharia Florestal (09);
  • Engenharia Mecânica (03);
  • Engenharia de Minas (01);
  • Engenharia de Petróleo e Gás (07);
  • Geografia (12);
  • Geociências ou Ciências Naturais (01);
  • Geologia (09);
  • Agronomia ou Engenharia Agronômica (12);
  • Gestão Ambiental (10);
  • Ciências Biológicas (35);
  • Ecologia (06);
  • Aquicultura ou Engenharia de Pesca (01);
  • Pedagogia (03);
  • Oceanografia (01); e
  • História, Arqueologia ou Antropologia (01).

 

Os inscritos na seleção foram avaliados por meio de Análise Curricular, de forma que foram analisadas a formação acadêmica, a produção científica e as experiências profissionais dos candidatos. Provas Objetivas ou Discursivas, portanto, não foram aplicadas.

Quais são as atribuições do Idema RN?

Saiba quais são as atividades que o Instituto de Defesa do Meio Ambiente do Rio Grande do Norte é responsável por realizar:

  • Promoção de Educação Ambiental;
  • Licenciamento e Revisão de Atividades Potencialmente Poluidoras;
  • Zoneamento Ambiental;
  • Aplicação de Penalidades Disciplinares e Compensatórias;
  • Implantação de Unidades de Conservação;
  • Controle Ambiental; e
  • Controle Florestal.

 

Saiba mais sobre o Idema RN

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte – IDEMA é uma autarquia fruto da união de atribuições entre a Fundação Instituto de Desenvolvimento do RN (IDEC), criada pela Lei n.º 4.286, de 6 de dezembro de 1973, (alterada pela Lei n.º 4.414, de 04 de novembro de 1974), e a Coordenadoria de Meio Ambiente (CMA), criada por meio do Decreto n.º 8.718, de 16 de setembro de 1983.

A Fundação IDEC foi vinculada à Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (SEPLAN/RN) por meio da Lei Complementar n.º 129, de 2 de fevereiro de 1995. No ano seguinte, a Fundação transformou-se em Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (IDEMA), através da Lei Complementar n.º 139, de 25 de janeiro de 1996. A partir daí, o IDEMA incorpora as atribuições da então Coordenadoria de Meio Ambiente (CMA), também vinculada à SEPLAN/RN, e absorve a competência de formular, coordenar, executar e supervisionar a política estadual de preservação, conservação, aproveitamento, uso racional e recuperação dos recursos ambientais, bem como fiscalizar o cumprimento das normas de proteção, controle, utilização e recuperação dos recursos ambientais, aplicando as penalidades disciplinares e/ou compensatórias às infrações apuradas.

A Lei Complementar n.º 340, de 31 de janeiro de 2007, transformou o IDEMA em Instituto de Defesa do Meio Ambiente, sem alteração na presente sigla. No ano seguinte, por meio da Lei Complementar n.º 380, de 27 de dezembro de 2008, o órgão ambiental é vinculado à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH/RN), passando a chamar-se Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente.

O órgão reconhece sua data de fundação em 16 de setembro de 1983,  data de criação da Coordenadoria de Meio Ambiente, uma vez que a CMA conferiu ao IDEMA o seu caráter ambiental.

Acompanhe nossas

redes sociais