Compartilhar:

Concurso Prefeitura de Caçador – SC: Salários de até R$ 3,4 mil!

Foi divulgado o edital do novo concurso Prefeitura de Caçador, no estado de Santa Catarina. Oportunidades para nível superior, com salários de até R$ 3,4 mil! Como fazer a inscrição do concurso Prefeitura de Caçador – SC? As inscrições ficarão abertas até às 18 horas do dia 31 de outubro de 2019. Para realizar sua inscrição, o candid...

Status do concurso: Aberto

Edital disponível

Cadastre-se e Receba GRÁTIS!

Aulas com Técnicas para Organizar e Otimizar sua preparação!

Número de vagas 59
Salário De R$ 1.708,43 até R$ 3.416,87
Data de inscrição 03/10/2019 a 31/10/2019
Escolaridade Nível Superior
Estado Santa Catarina
Organizadora IBAM - Instituto Brasileiro de Administração Municipal
Valor da inscrição R$ 120,00
Data da prova 01/12/2019
Edital Arquivos

Foi divulgado o edital do novo concurso Prefeitura de Caçador, no estado de Santa Catarina. Oportunidades para nível superior, com salários de até R$ 3,4 mil!

Como fazer a inscrição do concurso Prefeitura de Caçador – SC?

As inscrições ficarão abertas até às 18 horas do dia 31 de outubro de 2019.

Para realizar sua inscrição, o candidato deverá acessar o site da banca organizadora, IBAM.

A taxa de inscrição foi fixada no valor de R$ 120,00.

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 31 de outubro de 2019.

Vagas e salários do concurso Prefeitura de Caçador – SC

O certame oferta 59 vagas de caráter imediato, no nível superior. As oportunidades são para os seguintes cargos:

Nível Superior: Auxiliar de Biblioteca (11), Professor do Ensino Fundamental 1° ao 5° ano/40h (3), Professor do Ensino Fundamental 1° ao 5° ano/20h (22), Professor de Arte/20h (1), Professor de Arte/40h (1), Professor Sala de Recursos Multifuncionais/AEE (11), Professor de Ensino Religioso (1), Professor de Filosofia/30h (2), Professor de Filosofia/40h (1), Secretário Escolar (6).

Os salários variam de R$ 1.708,43 a R$ 3.416,87, com jornadas de trabalho de 20 a 40 horas semanais.

Como será a prova do concurso Prefeitura de Caçador – SC?

A avaliação dos candidatos será por meio de prova objetiva (para todos os cargos), realizada na data provável de 01 de dezembro de 2019, na cidade de Caçador/SC, com início às 09 horas, tendo duração total de 3 horas.

Os locais da realização da prova, serão informados no site da banca organizadora, IBAM, a partir do dia 18 de novembro de 2019.

Para evitar atrasos, recomenda-se que os candidatos compareçam aos locais de provas pelo menos 30 (trinta) minutos antes do horário previsto para o fechamento dos portões.

O total de pontos dos candidatos será obtido pela adição dos pontos a eles atribuídos em cada um dos núcleos da prova objetiva e de títulos, quando for o caso.

Considerar-se aprovado o candidato que, submetido ao concurso público, satisfizer todas as condições estabelecidas.

Haverá ainda prova de títulos como critério de avaliação dos candidatos.

O conteúdo programático da prova irá constar as seguintes disciplinas:

• Língua Portuguesa: 10 questões;

• Legislação: 10 questões;

• Conhecimento Técnico-Profissional: 20 questões.

O concurso público terá o prazo de validade de 02 (dois) anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Requisitos básicos para a investidura nos cargos do concurso Prefeitura de Caçador – SC

Os candidatos interessados em pleitear a uma vaga no concurso Prefeitura de Caçador/SC, deverão estar atentos para os seguintes requisitos necessários para a posse:

– Ter nacionalidade brasileira ou equivalente;

– Estar em pleno gozo dos direitos políticos;

– Quitação com as obrigações militares e eleitorais;

– Nível de escolaridade e capacitação técnica exigida para o exercício do cargo;

– Idade mínima de 18 (dezoito) anos (a serem completados até a data da contratação);

– Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;

– Apresentar, quando se tratar de profissão regulamentada, no ato da contratação, o competente registro de inscrição no respectivo órgão fiscalizador;

– Apresentar declaração de não possuir acúmulo de cargo público, exceto aqueles previstos na Lei;

– Apresentar declaração firmada pelo interessado na qual conste não haver sofrido condenação definitiva por crime doloso ou contravenção, nem penalidade disciplinar de demissão a bem do serviço público no exercício de função pública qualquer.

Atribuições dos cargos do concurso Prefeitura de Caçador – SC

Auxiliar de Biblioteca

– Controlar e selecionar o recebimento do material bibliográfico;

– Efetuar o preparo físico do material bibliográfico;

– Auxiliar na elaboração de murais, folhetos, cartazes, manuais, painéis e na preparação de feiras e/ou exposições escolares;

– Pesquisar, preparar, organizar e atualizar base de dados do acervo, cadastrar alunos e professores e usuários, realizar a manutenção de banco de dados;

– Realizar levantamentos bibliográficos, pesquisas e disseminação das informações manuais e automatizadas;

– Coletar dados e elaborar relatórios estatísticos;

– Realizar atividades administrativas de biblioteca;

– Atender e orientar os alunos e professores sobre funcionamento, utilização de materiais, regulamento e recursos da unidade de informação, bem como divulgar material bibliográfico recebido;

– Executar cobrança de taxas e aplicar penalidades;

– Listar, organizar e manter atualizado o acervo bibliográfico;

– Executar tarefas do serviço de comutação bibliográfica;

– Indexar títulos e artigos de periódicos;

– Executar atividades relacionadas a Biblioteca Digital;

– Colaborar nos programas de treinamento;

– Realizar o inventário do acervo;

– Guardar material nas estantes, repor fichas, organizar fisicamente o acervo;

– Ordenar fichas catalográficas e inseri-las no catálogo geral;

– Preparar tecnicamente o material para encadernação, restauração e outros reparos;

– Receber, conferir e organizar o controle de obras a serem restauradas e/ou conservadas;

– Solicitar ordem e silêncio nas dependências da biblioteca sempre que necessário;

– Dar baixa do material restaurado/conservado e encaminhar para o processamento físico;

– Restaurar e conservar material bibliográfico e outros documentos, encadernar, gravar e outros procedimentos quando necessário;

– Proceder a desinfecção de material bibliográfico, fazer velatura e/ou remendo, utilizando técnicas e materiais apropriados;

– Participar de programa de treinamento, quando convocado;

– Executar tarefas pertinentes à área de atuação, utilizando-se de equipamentos e programas de informática específicos.

Professor de Atendimento Educacional Especializado – AEE

– Elaborar, executar e avaliar o Plano Individual de AEE, contemplando: a identificação das habilidades e necessidades educacionais específicas dos alunos; b) a definição e a organização das estratégias, serviços e recursos pedagógicos e de acessibilidade; c) o tipo de atendimento conforme as necessidades educacionais específicas dos alunos; d) o cronograma do atendimento e a carga horária, individual ou em pequenos grupos de 4 a 6 (seis) alunos;

– Programar, acompanhar e avaliar a funcionalidade e a aplicabilidade dos recursos pedagógicos e de acessibilidade no AEE, na sala de aula comum e nos demais ambientes da escola;

– Atuar como docente nas atividades de complementação ou suplementação curricular específica que constitui o atendimento educacional especializado dos alunos com: deficiência, altas habilidades e síndromes;

– Participar efetivamente da identificação e tomada de decisões acerca do atendimento às necessidades educacionais especiais dos alunos;

– Produzir materiais didáticos e pedagógicos acessíveis, considerando as necessidades educacionais específicas dos alunos e os desafios que estes vivenciam no ensino comum, a partir dos objetivos e das atividades propostas no currículo;

– Estabelecer a articulação com os professores da sala de aula comum e com demais profissionais da escola, visando à disponibilização dos serviços e recursos e o desenvolvimento de atividades para a participação e aprendizagem dos alunos nas atividades escolares; bem como as parcerias com as áreas intersetoriais;

– Orientar os demais professores e as famílias sobre os recursos pedagógicos e de acessibilidade utilizados pelo aluno de forma a ampliar suas habilidades, promovendo sua autonomia e participação;

– Atuar de forma colaborava com o professor da classe comum para a definição de estratégias pedagógicas que favoreçam o acesso do aluno com: deficiência, altas habilidades e síndromes ao currículo e a sua interação no grupo;

– Informar a comunidade escolar acerca da legislação e normas educacionais vigentes que asseguram a inclusão educacional; – desenvolver atividades próprias do AEE, de acordo com as necessidades educacionais específicas dos alunos: ensino da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) para alunos com surdez; ensino da Língua Portuguesa escrita para alunos com surdez; ensino da Comunicação Aumentava e Alternava (CAA); ensino do sistema Braille, do uso do soroban e das técnicas para a orientação e mobilidade para alunos cegos; ensino da informática acessível e do uso dos recursos de Tecnologia Assistiva (TA); ensino de atividades de vida autônoma e social; orientação de atividades de enriquecimento curricular para as altas habilidades/superdotação; e promoção de atividades para o desenvolvimento das funções mentais superiores;

– Articular, com gestores e professores, para que o Projeto Pedagógico da Instituição de Ensino se organize coletivamente numa perspectiva de Educação Inclusiva.

– Acompanhar e orientar os alunos que necessitam de atendimento domiciliar por necessidade médicas, bem como orientar ao professor na condução do processo ensino aprendizagem desses alunos. (Os que fazem quimioterapia);

– Acompanhar e orientar os alunos que necessitam de atendimento diferenciado por necessidades médicas. Bem como orientar ao professor na condução do processo ensino aprendizagem desses alunos. (alunos com surto psicóticos).

– Participar da elaboração do Projeto Político Pedagógico, sugerindo objetivos gerais e específicos, propostas pedagógicas, definindo metodologias, estratégias de ensino, temas transversais, interdisciplinares, entre outros, de modo a cumprir com a legislação vigente, definindo um projeto atrativo e aplicável a unidade de ensino.

– Zelar pela aprendizagem dos alunos;

– Cumprir os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional;

– Efetuar registros burocráticos pedagógicos, preenchendo em formulários específicos dados acerca dos conteúdos e atividades ministradas, ocorrências diversas, frequência do aluno, resultado do processo de ensino-aprendizagem, conceitos, notas, entre outros, conforme normas e padrões preestabelecidos.

Professor do Ensino Fundamental – 1° ao 5° ano e 6° ao 9° ano

– Participar da elaboração do Projeto Político Pedagógico, sugerindo objetivos gerais e específicos, propostas pedagógicas, definindo metodologias, estratégias de ensino, temas transversais, interdisciplinares, entre outros, de modo a cumprir com a legislação vigente, definindo um projeto atrativo e aplicável a unidade de ensino;

– Elaborar e cumprir plano de trabalho segundo o Projeto Político Pedagógico da Escola;

– Zelar pela aprendizagem dos alunos;

– Preparar as aulas, definindo metodologias de ensino, criando atividades de acordo com o conteúdo e objetivos, pesquisando, analisando e selecionando material didático e paradidático, dentro da legislação educacional vigente;

– Ministrar aulas, relacionando os conteúdos às diversidades pessoais e regionais dos alunos, bem como orientar os alunos no processo de construção da leitura, escrita, conceitos de ciências naturais, noções de tempo e espaço, atividades artísticas, corporais, entre outras, de acordo com a legislação educacional vigente;

– Cumprir os dias letivos e horas aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional;

– Efetuar registros burocráticos pedagógicos, preenchendo em formulários específicos dados acerca dos conteúdos e atividades ministradas, ocorrências diversas, frequência do aluno, resultado do processo de ensino aprendizagem, conceitos, notas, entre outros, conforme normas e padrões preestabelecidos;

– Definir critérios e avaliar os alunos, acompanhando o trabalho diário, aplicando instrumentos diversos de avaliação, refletindo sobre aspectos qualitativos e quantitativos, participando de reuniões de conselho de classe, corrigindo trabalhos, a fim de poder acompanhar as etapas do desenvolvimento perceptivo motor dos mesmos;

– Participar e/ou organizar eventos sociais, culturais e pedagógicos;

– Elaborar e executar a regência de classe e atividades afins;

– Manter atualizado no diário de classe, os registros escolares relativos às suas atividades específicas, bem como as ocorrências e ou informações prestadas aos pais e à Coordenação Pedagógica e Direção;

– Participar de cursos encontros, seminários, com a finalidade de promover a contínua formação e o aperfeiçoamento profissional, bem como de Conselhos de Classe, Reuniões Pedagógicas, entre outros;

– Participar dos processos de eleição desencadeados na unidade escolar, conselhos de classe, bem como realizar atividades relacionadas com serviço de apoio técnico;

– Manter permanentemente contato com pais e alunos, juntamente com a coordenação, de modo a mantê-los informados quanto ao desempenho do aluno;

– Planejar e implementar a recuperação paralela garantindo ao aluno novas oportunidades de aprendizagem estabelecendo estratégias de recuperação dos alunos de menor rendimento;

– Conhecer e respeitar as leis constitucionais da Educação e as normas da unidade escolar, com o intuito de cumprir com a legislação vigente;

– Zelar pelo cumprimento dos princípios de ética profissionais;

– Elaborar pareceres, informes técnicos e relatórios, realizando pesquisas, entrevistas, fazendo observações e sugerindo medidas para implantação, desenvolvimento e aperfeiçoamento de atividades em sua área de atuação;

– Ministrar treinamento, palestra e/ou aula de aperfeiçoamento do pessoal técnico e auxiliar, em sua área de atuação, quando convidado;

– Participar de grupos de trabalho e/ou reuniões com outras secretarias, outras entidades públicas e/ou particulares, realizando estudos, emitindo pareceres sempre que for solicitado.

Secretário Escolar

– Coordenar e executar trabalhos relacionados com a organização e atualização de arquivos e fichários;

– Organizar e manter em dia o protocolo, o arquivo escolar e o registro de assentamentos dos alunos;

– Organizar e manter atualizada a coletânea de leis, regulamentos, diretrizes, ordens de serviço, circulares, resoluções e demais documentos;

– Redigir, revisar, organizar, digitar expediente a ser submetido ao diretor da unidade escolar;

– Elaborar relatórios e processos a serem encaminhados às autoridades superiores;

– Coordenar e supervisionar as atividades referentes à matrícula, transferência, adaptação e conclusão de curso;

– Comunicar ao diretor da unidade escolar toda irregularidade que venha a ocorrer no órgão;

– Auxiliar na aquisição de suprimento, material permanente e de consumo;

– Expedir registro, históricos escolares e outros documentos, sob orientação do diretor da unidade escolar;

– Colaborar, no que for da sua área de atuação, na execução de programas e projetos educacionais;

– Atuar no controle da frequência dos alunos e professores;

– Auxiliar a Direção da unidade escolar no que se refere às atividades de administração de pessoal, controle de férias, distribuição das folhas de pagamento e instrução de processos relativos às solicitações de benefícios;

– Auxiliar na área de coleta e processamento de dados utilizando sistemas manuais e mecanizados.

– Saber hierarquizar as suas tarefas em função dos propósitos de seu trabalho;

– Saber distribuir o tempo e programar o trabalho;

– Atender os órgãos de administração, a direção, a equipe pedagógica, o corpo docente, os funcionários do estabelecimento de ensino e a clientela (pais e alunos);

– Controlar e guardar os livros registro de classe, livro ponto e documentos pertinentes às rotinas da escola;

– Manter os registros atualizados dos prontuários dos alunos, professores e funcionários;

– Manter em dia, o arquivo e os registros das fichas de avaliações e fichas individuais dos alunos, por período letivo, de acordo com o Regimento Escolar.

– Expedir e assinar documentos juntamente com a Direção da escola, previamente solicitados: declarações, históricos escolares e outros;

– Executar a redação e a gestão de correspondências;

– Elaborar atas de reuniões;

– Articular a comunidade interna: divulgar as informações pertinentes recebidas;

– Manter os quadros estatísticos da escola em dia;

– Manter afixados em mural os atos do estabelecimento de ensino;

– Realizar serviços auxiliares relativos à parte financeira, contábil e patrimonial do estabelecimento, sempre que solicitados;

– Coletar e digitar dados estatísticos quanto a avaliação escolar, alimentando o sistema informatizado;

– Zelar pelo sigilo de informações pessoais de alunos, professores, funcionários e famílias;

– Manter e promover relacionamento cooperativo de trabalho com seus colegas, alunos, pais e com demais segmentos da comunidade escolar;

– Exercer as demais atribuições do Regimento Escolar conforme estas atribuições e aquelas que concernem à especificidade de sua função;

– Cumprir as obrigações inerentes às atividades da secretaria quanto ao registro escolar do aluno referente à documentação comprobatória, necessidades de adaptação, aproveitamento de estudos, progressão parcial, classificação, reclassificação e regularização de vida escolar;

– Cumprir a escala de trabalho que lhe for previamente estabelecida;

– Participar de eventos, cursos, reuniões, sempre que convocado, ou por iniciativa própria, desde que autorizado pela direção, visando o aprimoramento profissional de sua função;

– Controlar a entrada e saída de documentos escolares, restando informações obre os mesmos a quem de direito;

– Efetivar registros na documentação oficial como ficha individual, histórico escolar, boletins, certificado e outros, garantindo sua idoneidade;

– Manter atualizado o Sistema operacional das Secretarias Escolares, informar, retificar e preencher os dados do Programa Educa censo e Bolsa Família.

Acompanhe nossas

redes sociais