Logo desconto Relógio
     horas                  minutos               segundos

Concurso SEDF: Edital é autorizado; provas podem ser aplicadas em dezembro!

A Secretaria de Educação do Distrito Federal, recebeu autorização para realizar o novo concurso SEDF. As oportunidades serão destinadas para o cargo de Professor Substituto, com exigência que o candidato tenha o nível superior para pleitear uma oportunidade. Os professores contratados vão receber o equivalente a 1h/aula até 30 horas/au...

Status do concurso: Previsto

e-Book Grátis para Você!

Guia Plano de Estudos Passo a Passo. Receba Agora!

Última Notícia

Especial dos Concursos – SEDF

Veja aqui mais informações sobre as 2.900 vagas para SEDF, com oportunidades para níveis médio e superior. Confira o Especial dos Concursos!

Continuar Lendo

Histórico de Notícias

19/10/2016

O que cai na prova: SEDF

Veja agora o que cai na prova do concurso SEDF. Saia na frente dos concorrentes e garanta a sua vaga neste concurso com 2.900 vagas

Continuar lendo
17/10/2016

Saiu o edital do concurso SEDF com 2.900 vagas em Brasília

Veja aqui mais informações sobre o aguardado edital do concurso SEDF! São 2.900 vagas para níveis médio e superior, com iniciais de até R$5,2 mil

Continuar lendo

A Secretaria de Educação do Distrito Federal, recebeu autorização para realizar o novo concurso SEDF. As oportunidades serão destinadas para o cargo de Professor Substituto, com exigência que o candidato tenha o nível superior para pleitear uma oportunidade.

Os professores contratados vão receber o equivalente a 1h/aula até 30 horas/aulas. Os classificados entrarão no banco de substitutos já existente e serão convocados à medida que as escolas acusarem carência. A previsão é que as provas sejam realizadas entre os meses de dezembro e janeiro de 2021!

Concurso SEDF é autorizado

O secretário de Economia do Distrito Federal, André Clemente, tornou pública a autorização do concurso SEDF 2020 para professores temporários na área de Educação do Distrito Federal.

A contratação dos aprovados estará condicionada à disponibilidade orçamentária e financeira no Distrito Federal, devendo existir adequação orçamentária e financeira na Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias.

A banca organizadora favorita para assumir as responsabilidades na execução do certame , é o Instituto Quadrix, empresa tradicional na propositura de outras seleções para a pasta.

De acordo com informações, as provas serão realizadas entre os meses de dezembro de 2020 e janeiro de 2021 e, no último concurso , foram disponibilizadas cerca de 6.500 vagas.

Foi divulgada pela Secretaria de Educação do Distrito Federal, a composição da comissão organizadora do concurso SEDF. Além disso, revelou o modelo de minuta de edital que servirá como base para a formulação do edital.

Confira a composição da comissão organizadora do certame :

Subsecretaria de Gestão de Pessoas: Ana Paula de Oliveira Aguiar e Jefferson Gomes Torres;

Subsecretaria de Administração Geral: Bruno Lima de Oliveira;

Subsecretaria de Educação Básica: Lílian Rodrigues Lima;

Subsecretaria de Educação Inclusiva e Integral: Jane dos Santos Carrijo e Lúcia Nascimento Andrade;

Subsecretaria de Planejamento, Acompanhamento e Avaliação: Patrícia Rezende Pereira;

Subsecretaria de Formação Continuada dos Profissionais da Educação: Moema Rosa e Ramos;

Subsecretaria de Inovação e Tecnologias Pedagógicas e de Gestão: Antônio dos Santos Silva Júnior.

Conforme informações do órgão, serão ofertadas vagas para Professores Substitutos para o ano letivo de 2021, podendo ser prorrogado para o ano letivo de 2022.

A Secretaria de Estado de Economia do DF delegou para SEDF a responsabilidade de realização da seleção . Vale ressaltar, que o edital da seleção vai ser submetido à apreciação da Procuradoria-Geral do Distrito Federal.

Atualmente, o banco de temporários da Educação possui com mais de 25.000 professores para todos componentes curriculares. Em média, a secretaria conta com 10.000 professores por ano, especialmente para participar do Programa Educação Sem Carência. O programa foi criado para que os alunos tivessem professores todos os dias, independentemente dos afastamentos.

“Devido à pandemia, nossa intenção é estender ao máximo o prazo de realização das provas, até o fim do ano, para que possamos estar em um cenário mais seguro para a saúde dos participantes e demais envolvidos”, informou Kelly Bueno, subsecretária de Gestão de Pessoas da secretaria.

Requisitos para investidura nos cargos do concurso SEDF

Os requisitos previstos em edital para ingresso na SEDF são os seguintes:

a) Conhecer e cumprir as determinações do edital e ter sido aprovado no processo seletivo simplificado;

b) Ser brasileiro ou gozar das prerrogativas legais;

c) Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos, na data da contratação;

d) Estar quite com a justiça eleitoral;

e) Estar quite com o serviço militar, para candidatos do sexo masculino;

f) Apresentar atestado de prévia aprovação de aptidão física e mental;

g) Não ter sofrido, no exercício de função pública, penalidade incompatível com a nova investidura;

h) Não ser aposentado por invalidez;

i) Não ter sofrido limitação de atividades;

j) Não ser servidor investido em cargo comissionado, exceto se optar pela exoneração;

h) Apresentar certidão de nada consta criminal.

Sobre a SEDF

Missão

Proporcionar uma educação pública, gratuita e democrática, voltada à formação integral do ser humano para que possa atuar como agente de construção científica, cultural e política da sociedade, assegurando a universalização do acesso à escola e da permanência com êxito no decorrer do percurso escolar de todos os estudantes.

Visão

Ser referência nacional na prestação de serviços educacionais de qualidade.

Valores

Qualidade

Excelência na oferta dos serviços educacionais e nos resultados do ensino.

Democratização

Transparência, parceria e descentralização nos atos da gestão. Equidade Garantia da oferta de educação pública, gratuita e de qualidade para todos.

Compromisso

Coerência entre as ações e os objetivos da instituição.

Ética

Compromisso com a educação e com os direitos humanos.

Último concurso SEDF

O último concurso SEDF teve seu edital divulgado no ano de 2018. A banca organizadora responsável pela execução do certame, foi o Instituto Quadrix.

O certame foi destinado para o cargo de Professor Substituto de Educação Básica, com jornadas de trabalho de 40 horas semanais, para as seguintes áreas:

– Administração;

– Arte;

– Atividades Gerais;

– Biologia;

– Biomedicina;

– Ciências Naturais;

– Contabilidade;

– Direito;

– Educação Física;

– Eletrônica;

– Eletrotécnica;

– Enfermagem;

– Farmácia;

– Filosofia;

– Física;

– Fisioterapia;

– Informática;

– Línguas (espanhol, francês, inglês, japonês, libras, português);

– Matemática;

– Música;

– Nutrição;

– Odontologia;

– Psicologia;

– Química;

– Sociologia;

– Telecomunicações.

As remunerações ofertadas para o cargo, foram as seguintes:

– Professor de Educação Básica (20 horas): R$ 1.929,43;

– Professor de Educação Básica (40 horas): R$ 3.858,87.

Adicionados das gratificações, obedecidos os critérios constantes na Lei Distrital nº 5.105/2013, e normativos desta Secretaria, para sua concessão:

a) Gratificação de Atividade Pedagógica – GAPED (R$ 578,83 – 20h/R$ 1.157,66 – 40h);

b) Gratificação de Atividade de Alfabetização – GAA;

c) Gratificação de Atividade de Ensino Especial – GAEE;

d) Gratificação de Atividade em Zona Rural – GAZR;

e) Gratificação de Atividade de Docência em Estabelecimento de Ensino Diferenciado – GADEED;

f) Gratificação de Atividade de Docência em Estabelecimento de Restrição e Privação de Liberdade – GADERL.

Os candidatos foram avaliados por meio de uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, sendo composta por 100 questões, no estilo CERTO ou ERRADO.

O conteúdo programático da avaliação englobou as disciplinas de Conhecimentos Básicos (30 questões), Conhecimentos Complementares (30 questões) e Conhecimentos Específicos (40 questões).

Os temas de Conhecimentos Básicos exigidos no edital foram, Língua Portuguesa, Legislação, Lei Orgânica do Distrito Federal, Regime Jurídico do Distrito Federal e Estatuto da Criança e do Adolescente.

Já a parte de Conhecimentos Complementares, englobou as bases legais e temas de Educação Nacional e Distrital, além de temas Educacionais e Pedagógicos. Por fim, os Conhecimentos Específicos foram cobrados conforme a área pretendida.

Acompanhe nossas

redes sociais