Concurso TCE AL: Novo edital está confirmado | Nova Concursos

Concurso TCE AL: Novo edital está confirmado, diz presidente!

Presidente do Tribunal de Contas do Alagoas anunciou que deve realizar um novo concurso TCE AL ainda em 2021, de modo a atender a necessidade do Tribunal. A expectativa é que o novo edital oferte vagas para o cargo de Analista de Controle Interno (nível superior), criado em 2018. Concurso TCE AL: situação atual Órgão necessit...

Status do concurso: Previsto

Presidente do Tribunal de Contas do Alagoas anunciou que deve realizar um novo concurso TCE AL ainda em 2021, de modo a atender a necessidade do Tribunal.

A expectativa é que o novo edital oferte vagas para o cargo de Analista de Controle Interno (nível superior), criado em 2018.

Concurso TCE AL: situação atual

As expectativas em torno de realizar o concurso TCE AL ainda em 2021 aumentaram. A confirmação veio em entrevista do Conselheiro Presidente do órgão, Otávio Lessa, em entrevista a uma emissora local. De acordo com Lessa, a seleção tem como objetivo atender as necessidades do Tribunal, que carece de servidores.

“Nós vamos fazer um concurso ainda este ano, para que atenda as necessidades do Tribunal com em relação a parte de controle, que estamos muito carentes dos servidores“, disse em entrevista.

O anúncio ocorreu após reunião realizada com o presidente e a vice-presidente da Associação Nacional dos Auditores de Controle Externo (ANTC). Na ocasião, os membros da ANTC reforçaram o pedido de realização de uma nova seleção para Auditores de Controle Externo.

Órgão necessita de um novo concurso público

De acordo com um levantamento realizado em 2015 pela Diretoria de Recursos Humanos, o quadro de inativos do TCE (com 447 aposentados) era superior ao de ativos, 384. E destes existiam, até então, outros 100 pedidos de aposentadoria em andamento.

Tais servidores foram admitidos antes da Constituição de 1988, completando 30 anos de serviço. Conforme estudos, até o ano de 2020, praticamente todos os efetivos do TCE devem estar aposentados, exceto os poucos que entraram após 2008, quando houve concurso para provimento dos cargos de Auditores e Procuradores do MP de Contas.

Carreira do concurso TCE AL

Criação do cargo de Analista

O Tribunal de Contas de Alagoas publicou em 2018 a Lei 8.020/2018  que dispôs sobre a criação do cargo de Analista de Controle Interno e da Diretoria de Controle Interno. 

Para concorrer a uma vaga, será necessário possuir nível de escolaridade superior, dominar os conceitos relacionados ao controle interno e à atividade de auditoria, e demonstrar conhecimento sobre matéria orçamentária, financeira e contábil, além da respectiva legislação vigente, através de concurso público de provas ou de provas e títulos.

Remuneração

A Lei mencionada trouxe também a estrutura remuneratória do cargo. A carreira é divida em quatro classes, com um total de 28 níveis. O vencimento básico inicial foi fixado em R$ 7.000,00. No topo da carreia, esse valor alcança R$ 11.830,12.

Último concurso TCE AL

Em 2008 ocorreu o último concurso do Tribunal de Contas de Alagoas. A organização ficou sob responsabilidade da Fundação Cralos Chagas, a FCC. Foram ofertadas vagas para Analista de Sistemas, Bibliotecário, Programador, sendo uma vaga para cada área, além de outras 10 oportunidades para Auditor e Procurador.

Etapas do último concurso

Prova objetiva

Para o cargo de Auditor, a seleção foi composta por Prova Objetiva de conhecimentos Específicos, com 100 questões de múltipla escolha e Prova Dissertativa com 6 questões dissertativas, relativamente a um ou mais conteúdos entre os constantes do item anterior.

  • Direito Constitucional – 10 questões
  • Direito Administrativo – 10 questões
  • Controle Externo – 10 questões
  • Direito Financeiro – 10 questões
  • Direito Penal – 06 questões
  • Auditoria – 10 questões
  • Direito Civil – 10 questões
  • Direito Tributário – 10 questões
  • Contabilidade – 10 questões
  • Economia – 07 questões
  • Administração – 07 questões

Avaliação de Títulos

Os candidatos considerados habilitados na Prova de Conhecimentos Específicos tiveram que apresentar os títulos e os respectivos documentos comprobatórios, para fins de pontuação nessa fase de avaliação.

Os títulos a serem considerados foram os constantes no quadro a aseguir, não se admitindo pontuação a qualquer outro documento:

Acompanhe nossas

redes sociais