Concurso TJM MG: Edital com 27 vagas é publicado | Nova Concursos

Concurso TJM MG 2021: Edital publicado para níveis médio e superior!

Publicado o edital do novo concurso TJM MG - Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais. A seleção conta com a oferta de 27 vagas imediatas mais cadastro de reserva para Oficiais e Analistas Judiciários. Os candidatos do concurso serão submetidos a provas objetivas e de redação, de caráter eliminatório e classificatório. Inscriçã...

Status do concurso: Aberto

Edital disponível

BAIXE GRÁTIS: e-Book Oportunidades para Mudar de Vida em 2021
Cadastre-se e receba: e-Book Concursos 2021 + Guia Definitivo para montar um Plano de Estudos + Bônus Especiais!
Número de vagas 27
Salário De R$ 2.986,57 até R$ 4.677,09
Data de inscrição 04/10/2021 a 04/11/2021
Escolaridade Nível Médio, Nível Superior
Estado Minas Gerais
Organizadora Consulplan
Valor da inscrição De R$ 70,00 nível médio e R$ 90,00 nível superior
Data da prova 05/12/2021
Edital Arquivos

Publicado o edital do novo concurso TJM MG – Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais. A seleção conta com a oferta de 27 vagas imediatas mais cadastro de reserva para Oficiais e Analistas Judiciários.

Os candidatos do concurso serão submetidos a provas objetivas e de redação, de caráter eliminatório e classificatório.

Como realizar as inscrições do concurso TJM MG?

Os interessados em participar do concurso poderão realizar as inscrições do dia 4 de outubro a 4 de novembro, através do site do Instituto Consulplan  , organizador do concurso.

Para participar será preciso preencher o formulário com todos os dados solicitados. Em seguida, gerar o boleto e pagar a taxa de R$ 70,00 para cargos de nível médio e R$ 90,00 para nível superior.

Já a isenção da taxa, poderá ser solicitada por candidatos membros de famílias de baixa renda e inscritos no programa CadÚnico. Para isso será necessário completar requerimento específico e enviar a documentação comprobatória de 4 a 6 de outubro, pelo portal do Instituto Consulplan. 

A análise dos pedidos de isenção da taxa de inscrição será divulgada até na data provável do dia 19 de outubro pela organização do concurso. 

Concurso TJM MG: carreira

Cargos e vagas

De acordo com o próprio órgão, o novo concurso TJM MG contará com a oferta de 27 vagas imediatasalém de formação de cadastro de reserva, em cargos de níveis médio, técnico e superior.

As vagas serão distribuídas da seguinte maneira:

Nível médio 

  • 21 vagas de oficial judiciário – especialidade oficial judiciário;
  • Cadastro de reserva para oficial judiciário – especialidade oficial de justiça;
  • 1 vaga de oficial judiciário – assistente técnico de sistemas;

 

Nível Superior

  • 1 vagas para analista judiciário – especialidade analista judiciário;
  • 1 vaga de analista judiciário – contador;
  • 2 vagas de analista judiciário – analista de Tecnologia da Informação;
  • 1 vaga de analista judiciário – jornalista.

 

Quem tem ensino médio completo poderá se candidatar a Oficial Judiciário – especialidade oficial judiciário (21 vagas disponíveis) e Oficial Judiciário – especialidade oficial de justiça (cadastro de reserva). A remuneração, em ambos os casos, é de R$ 2.986,57.

Há uma vaga para Oficial Judiciário – especialidade assistente técnico de sistemas. Nesse caso, será necessário apresentar conclusão de curso de nível médio de escolaridade relacionado com a área de informática. Os ganhos também são de R$ 2.986,57.

No nível superior, tem uma oportunidade para Analista Judiciário – especialidade analista judiciário, que exige graduação em Direito.

Remuneração e benefícios

concurso TJM MG oferece remunerações iniciais de R$ 2.986,57 e de R$ 4.677,09. Além disso, os servidores contam com os seguintes benefícios:

  • auxílio-transporte
  • auxílio-alimentação
  • auxílio-creche
  • assistência médica e odontológica
  • adicional de desempenho
  • adicional de periculosidade
  • horas extras
  • quinquênio
  • trintenário

 

Além disso, a progressão na carreira permite que os servidores possam ter um estímulo a trabalhar e ganhar mais. O órgão conta com Técnicos Judiciários (oficial Classe D) que recebem de R$ 8 mil a R$ 16 mil brutos enquanto há Oficiais Judiciários que ganham de R$ 11 mil a R$ 25 mil brutos.

Unificação das carreiras no concurso TJM MG

No dia 06 de janeiro, conforme informações da Justiça Militar de Minas Gerais, foi aprovada a Lei 23.755 , que teve como objetivo unificar o quadro de servidores da primeira e segunda instâncias do órgão.

Agora, todos os servidores do órgão passam a pertencer ao quadro único denominado de Quadro de Pessoal dos Servidores da Justiça Militar do Estado de Minas Gerais.

O Quadro de Cargos de Provimento Efetivo passa a ser integrado por três principais agrupamentos de cargos, sendo eles: cargos permanentes, cargos que serão extintos com a vacância e aqueles que serão transformados com a vacância.

O Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais estava aguardado a unificação para retomar o concurso TJM MG de servidores, mas é provável que o órgão analise a situação da pandemia de Covid-19 no país para optar pela retomada.

Quais são os requisitos para investidura no cargo do concurso TJM MG?

  • Ser aprovado neste concurso público;
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do art. 12 da Constituição Federal;
  • Estar em gozo dos direitos políticos e civis;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo/especialidade;
  • Ter a idade mínima de 18 (dezoito) anos completos na data da posse;
  • Estar em gozo de boa saúde física e mental ao exercício das atividades inerentes ao cargo, apurada por perícia médica, para o ato de posse, observado o disposto no Decreto n. 5.296/2004, para os portadores de deficiência;
  • Apresentar certidões dos setores de distribuição dos foros criminais dos lugares que tenha residido nos últimos 5 (cinco) anos, das Justiças Federal e Justiça Estadual, expedida, no máximo, há seis meses;
  • Apresentar folha de antecedentes da Polícia Federal e da Polícia dos Estados onde tenha residido nos últimos 5 (cinco) anos, expedida, no máximo, há seis meses;
  • Apresentar certidões ou declarações negativas dos entes públicos em que tenha trabalhado nos últimos dez anos, constando a informação de que não foi demitido ou destituído a bem do serviço público;
  • Apresentar certidões ou declarações negativas do conselho ou órgão profissional competente, constando a informação de que não foi excluído do exercício da profissão;
  • Apresentar os documentos exigidos no subitem 17.9 deste Edital e outros que se fizerem necessários à época da posse;
  • Apresentar comprovante, até a data da posse, de conclusão do curso correspondente à escolaridade exigida;
  • Estará impedido de tomar posse o candidato Que tenha praticado qualquer ato desabonador na sua conduta, detectado por meio dos documentos referentes à sindicância de sua vida pregressa de que tratam os subitens 3.9, 3.10, 3.11, 3.12 e 3.13 deste Edital ou por diligência realizada, desde que tenha transitado em julgado;
  • Perderá o direito à investidura no cargo/especialidade o candidato que, na data da posse, não comprovar os requisitos elencados.

Como serão as provas do concurso TJM MG?

Os candidatos serão avaliados por provas objetivas e de redação, de caráter eliminatório e classificatório. A aplicação está marcada para o dia 5 de dezembro, no município de Belo Horizonte.

Prova Objetiva

As avaliações serão formadas por 50 questões de múltipla escolha, distribuídas da seguinte maneira:

Oficial Judiciário (nível médio):

Oficial judiciário e oficial de justiça 

  • Língua Portuguesa – 25 questões;
  • Noções de Direito – 20 questões;
  • Noções de Informática – 5 questões.

Assistente técnico de Sistemas

  • Língua Portuguesa – 15 questões;
  • Noções de Direito – 10 questões;
  • Conhecimentos Específicos – 25 questões.

Analista judiciário (nível superior): 

Analista judiciário

  • Língua Portuguesa – 20 questões;
  • Noções de Informática – 5 questões;
  • Conhecimentos Específicos – 25 questões;

Contador e Jornalista

  • Língua Portuguesa – 15 questões;
  • Noções de Direito – 10 questões;
  • Noções de Informática – 5 questões;
  • Conhecimentos Específicos – 20 questões.

Analista de Tecnologia da Informação

  • Língua Portuguesa – 15 questões;
  • Noções de Direito – 10 questões;
  • Conhecimentos Específicos – 25 questões.

Prova de Redação

A prova de redação, para todos os cargos/especialidades, de caráter eliminatório e classificatório, será aplicada na mesma data, horário e local da prova objetiva de múltipla escolha. Ela se dará na forma de desenvolvimento de um texto dissertativo sobre tema contemporâneo.

A prova de redação deverá conter o mínimo de 20 e o máximo de 30 linhas. Será penalizado o candidato que não obedecer aos limites de número de linhas definidos no Edital, de acordo com os seguintes critérios:

a) desconto de 0,5 (zero vírgula cinco) ponto por linha aquém do mínimo estipulado;
b) desconto de 0,5 (zero vírgula cinco) ponto por linha que exceda o máximo estipulado.

A prova de redação será avaliada na escala de 0 a 50 pontos. Será reprovado o candidato que não obtiver o mínimo de 50% do total dos pontos distribuídos na Prova de Redação.

O prazo de validade do concurso será de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período. Enquanto o resultado final estiver válido, será possível convocar aprovados para suprir a necessidade de novos servidores.

Histórico de Notícias

29/07/2021

Concurso TJM MG 2021: Saiu o edital para Oficial e Analista!

Foi publicado o edital do concurso TJM MG. Serão ofertadas 27 vagas imediatas, mais cadastro reserva, para Oficial e Analista. Veja como fazer a inscrição!

Continuar lendo
05/07/2021

Concurso TJM MG: Consulplan é escolhido para organizar novo certame!

O concurso TJM MG conta com nova banca organizadora, sendo ela o Instituto Consulplan.Vale ressaltar que o o concurso público havia sido revogado. Entenda!

Continuar lendo
15/02/2021

Concurso TJM MG é revogado e terá novo edital!

O concurso TJM MG (Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais) teve seu concurso revogado. Agora um novo certame está previsto. Entenda!

Continuar lendo
11/01/2021

Concurso TJM MG: Quadro de servidores é unificado; edital será retomado!

Foi divulgado pela Justiça Militar de Minas Gerais, a unificação no quadro de servidores do órgão. Com isso, o edital do concurso TJM MG será retomado!

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais