Compartilhar:

Porque não estudar na véspera da prova

icone calendario 20 maio 2015

Estudar na véspera pode ser prejudicial? Há quem diga que sim, por conta do bem-estar do candidato.

O ritmo intenso de última hora pode desgastar não só o corpo, mas também a memória, causando o famoso “branco” na realização da prova.

O problema, dizem alguns especialistas, é que pessoas que tendem a estudar dessa maneira perigam em se concentrar numa matéria ou um ponto muito específico do edital. E, se nada do que foi visto nessa revisão focada cair, o concursando tem mais facilidade para esquecer outras matérias.

O recomendável é deixar de estudar 1 ou 2 dias antes para facilitar a chamada visão difusa, que é quando há concentração por igual entre todas as matérias. A chance de acerto, no caso, é maior pelo amplo conteúdo analisado pelo cérebro.

Outra questão de estudos na véspera é a ansiedade: ela tende a aumentar e traz a sensação de falta de tempo e de que ainda falta muito ainda para se estudar, causando uma concentração falha.

Esquecer as questões pode acontecer por conta da angústia em se tentar lembrar tudo. O importante, portanto, é manter a calma e buscar fazer associações entre conceitos e prática. Mas somente na hora da prova.

Para obter ótimos resultados, estude pelas apostilas da Nova! E não deixe de curtir as novidades em nossa Fanpage.

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais