Pesquisar no blog

CNU: Carreira de Analista de Tecnologia da Informação (ATI) será reestruturada!

icone calendario 29 nov 2023

Na última segunda-feira, (27), o Governo Federal, por meio do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), fez um acordo visando a reestruturação da carreira de Analista em Tecnologia da Informação (ATI), que estará no Concurso Nacional Unificado (CNU).

Dito isso, será estabelecida uma reestruturação na remuneração da carreira por meio de subsídio, que ocorrerá em três parcelas nos meses de janeiro de 2024, 2025 e 2026.

Para isso, um Projeto de Lei (PL) com as mudanças será encaminhado para o Congresso Nacional. De acordo com o secretário de Relações do Trabalho do MGI, José Feijó, o serviço público terá melhores servidores e oferecerá um melhor suporte para a sociedade.

“Quanto mais a Administração Pública contar com profissionais competentes e capacitados que permitam não só a utilização mas também o desenvolvimento de soluções tecnológicas, melhor para a sociedade. O acordo é a valorização de uma carreira que é e será, cada vez mais, essencial para a melhor prestação do serviço público à sociedade brasileira”, disse.

Atualmente, a remuneração inicial do Analista de Tecnologia da Informação (ATI) é de R$ 6.255,90.

Além da carreira de ATI, as carreiras da Agência Nacional de Mineração (ANM) e da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai), que também estarão no CNU, serão reestruturadas.

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos! Clique aqui  e saiba mais!

CNU prevê 300 vagas de Analista de Tecnologia da Informação (ATI)

A carreira de Analista de Tecnologia da Informação (ATI) pertence as carreiras transversais que serão ofertadas no CNU, ou “Enem dos Concursos”.

Entenda: O que são carreiras transversais? Edital autorizado com 600 vagas!

Serão ofertadas 300 vagas para a carreira, que exige o nível superior de formação para ingresso.

Além dessa oportunidade, o Concurso Nacional Unificado ofertará outras 6.340 vagas em diversos órgão e entidades do Executivo Federal, são elas:

  • IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística): 895 vagas;
  • Funai (Fundação Nacional dos Povos Indígenas): 502 vagas;
  • Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária): 742 vagas;
  • Mapa (Ministério da Agricultura e Pecuária): 440 vagas;
  • Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia): 80 vagas;
  • MTE (Ministério do Trabalho e Emprego): 900 vagas;
  • Ministério da Saúde: 220 vagas;
  • AGU (Advocacia Geral da União): 400 vagas;
  • Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar): 40 vagas;
  • Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica): 40 vagas;
  • Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários): 30 vagas;
  • ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar): 35 vagas;
  • MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços): 110 vagas;
  • MCTI em partes (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação): 296 vagas;
  • MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública): 130 vagas;
  • MinC (Ministério da Cultura): 50 vagas;
  • MEC (Ministério da Educação): 70 vagas para ATPS;
  • MDHC (Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania): 40 vagas;
  • MPI (Ministério dos Povos Indígenas): 30 vagas;
  • MPO (Ministério do Planejamento e Orçamento): 60 vagas;
  • MGI (Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos) e as carreiras transversais: 1.480 vagas;
  • Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira): 50 vagas.

Essas oportunidades serão distribuídas em oito blocos temáticos e o candidato poderá escolher um deles para concorrer as vagas, sendo:

  • Administração e Finanças Públicas;
  • Setores Econômico, Infraestrutura e Regulação;
  • Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário;
  • Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação;
  • Políticas Sociais; Justiça e Saúde;
  • Trabalho e Previdência;
  • Dados, Tecnologia e Informação Pública;
  • Nível intermediário.

A carreira de Analista de Tecnologia da Informação está presente no bloco “7. Dados, Tecnologia e Informação”.

CNU tem banca definida!

Conforme anunciado pelo Ministério de Gestão e Inovação em Serviços Públicos, nesta sexta-feira, (24/11) a empresa responsável pelo “Enem dos Concursos” será a Fundação Cesgranrio.

O Estudo Técnico Preliminar (ETR) que estabeleceu os critérios necessários para o certame, foi enviado para 12 empresas, entretanto, apenas três instituições cumpriram as qualificações da rodada de análises, foram o Cebraspe, a Fundação Getúlio Vargas e o Cesgranrio.

Diante disso, a escolha da banca ocorreu pelo critério da economicidade, ou seja, por aquela que cobrou o menor valor pelo serviço.

A assinatura do contrato entre as partes ocorrerá até o final de novembro. Já a publicação do edital está prevista para o dia 20 de dezembro de 2023.

Etapas de seleção

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, que serão aplicadas em um único dia, sendo:

  • Provas objetivas de aplicação comum a todos os candidatos e candidatas;
  • Provas objetivas e dissertativas específicas por blocos temáticos.

Nas provas objetivas para todos os cargos serão cobradas disciplinas ligadas à valorização do ethos público, da realidade brasileira, inclusão, diversidade, direitos humanos, políticas públicas e desenvolvimento nacional.

Além de disciplinas tradicionais em concursos públicos, como conhecimentos sobre as bases constitucionais, estrutura e funcionamento do Estado e da Administração Pública, Direito Administrativo, Língua Portuguesa e Raciocínio Lógico.

Já nas provas específicas por blocos temáticos, serão cobrados temas limitados aos blocos temáticos pré-estabelecidos, numa concepção em que se busque avaliar as aptidões e competências dos candidatos.

Clique aqui e acesse a página oficial do certame!

Estamos antenados em torno das movimentações do concurso e todas as novidades serão publicadas no nosso blog e nas redes sociais.

Então, continue nos acompanhando para não perder nenhuma informação! 😉

Saiba mais sobre o Concurso Nacional Unificado: Editais publicados. Mais de 6 mil vagas!

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais