Pesquisar no blog

Concurso CNU: Assinado contrato com a Cesgranrio. Edital a qualquer momento!

icone calendario 27 dez 2023

Boa notícia! O contrato com a banca organizadora do concurso CNU (Concurso Nacional Unificado) foi publicado e agora, o edital é iminente! 🥳 A escolhida é a Fundação Cesgranrio.

O documento foi assinado na última sexta-feira, 30 de novembro e divulgado no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 4 de dezembro.

O extrato de contrato é essencial para estabelecer as bases legais e operacionais do concurso. Dito isso, o próximo passo natural é a elaboração do edital, que tem previsão de lançamento no dia 20 de dezembro de 2023.

Inclusive, foi enviado para Diretoria de Gestão de Pessoas do Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, o ofício solicitando a indicação da equipe responsável pela fiscalização do contrato com a banca.

“Pelo exposto, pedimos que a indicação seja apresentada com maior brevidade possível, com vistas a possibilitar a elaboração e publicação da Portaria”, diz o documento.

A equipe será responsável pela monitoria das ações previstas no contrato, tanto da parte da banca, quanto da parte do Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos.

Estude para o concurso de seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos! Clique aqui  e saiba mais!

Como foi o processo de escolha da banca do concurso CNU?

O processo de escolha da banca organizadora foi acompanhado pelo Tribunal de Contas da União (TCU), a Controladoria Geral da União (CGU) e a Advocacia-Geral da União (AGU).

O Estudo Técnico Preliminar (ETR) que estabeleceu os critérios necessários para o certame, foi enviado para 12 empresas, entretanto, apenas três instituições cumpriram as qualificações da rodada de análises, foram o Cebraspe, a Fundação Getúlio Vargas e o Cesgranrio.

Diante disso, a escolha da banca ocorreu pelo critério da economicidade, ou seja, por aquela que cobrou o menor valor pelo serviço.

“O Governo Federal tem a experiência do Enem, mas é a primeira vez que estamos fazendo uma prova de concurso público desse vulto, envolvendo 21 órgãos. Por isso, buscamos o apoio dos órgãos de controle desde o princípio, para que todas as etapas do concurso estejam em conformidade com as melhores práticas de gestão, transparência, legalidade e impessoalidade”, informou Maria Aparecida Chagas Pereira.

Quais as características da banca Cesgranrio?

banca  possuí um grau de dificuldade médio comparado a outras bancas, como a Fundação Getúlio Vargas (FGV) ou com o Cebraspe.

Na prova objetiva, são cobradas questões de múltipla escolha, com cinco alternativas cada (A, B, C, D e E), sendo apenas uma resposta considerada correta.

As questões costumam ter enunciados curtos (entre duas e três linhas), ou seja, é uma prova técnica, que não abre margem para interpretação. Portanto, é essencial dominar o conteúdo programático.

Além disso, a banca costuma abranger TODO o edital, de maneira bem distribuída, então, é importante dar atenção a amplitude na cobrança de assuntos.

Entretanto, apesar da distribuição ser uniforme, o peso de cada questão costuma variar.

Comece a treinar: Livro 1.000 Questões Gabaritadas Cesgranrio 👈🏼

Como serão as provas do concurso CNU?

Os candidatos serão avaliados em duas etapas:

  • 1ª Etapa
    • Provas objetivas de aplicação comum a todos os candidatos e candidatas;
    • Provas objetivas e dissertativas específicas por blocos temáticos.
  • 2ª Etapa
    • Prova de títulos.

A primeira etapa será realizada simultaneamente, no primeiro trimestre de 2024, em 180 cidades espalhadas por todo o país.

Leia também: Lista das cidades que terão prova do Concurso Nacional Unificado

Nas provas objetivas para todos os cargos serão cobradas disciplinas ligadas à valorização do ethos público, da realidade brasileira, inclusão, diversidade, direitos humanos, políticas públicas e desenvolvimento nacional.

Além de disciplinas tradicionais em concursos públicos, como conhecimentos sobre as bases constitucionais, estrutura e funcionamento do Estado e da Administração Pública, Direito Administrativo, Língua Portuguesa e Raciocínio Lógico.

Já nas provas específicas por blocos temáticos, serão cobrados temas limitados aos blocos temáticos pré-estabelecidos, numa concepção em que se busque avaliar as aptidões e competências dos candidatos.

Clique aqui e acesse a página oficial do certame!

O que é o Concurso CNU?

O Concurso Nacional Unificado, ou “Enem dos Concursos”, é uma proposta do Ministério da Gestão e Inovação (MGI), para preencher as vagas do Poder Executivo autorizadas em 2023, por meio de um único concurso.

Ao todo, serão ofertadas 6.640 vagas, que serão distribuídas entre 21 órgãos:

  • IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística): 895 vagas
  • Funai (Fundação Nacional dos Povos Indígenas): 502 vagas
  • Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária): 742 vagas
  • Mapa (Ministério da Agricultura e Pecuária) e Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia): 520 vagas
  • MTE (Ministério do Trabalho e Emprego): 900 vagas
  • Ministério da Saúde: 220 vagas
  • AGU (Advocacia Geral da União): 400 vagas
  • Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar): 40 vagas
  • Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica): 40 vagas
  • Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários): 30 vagas
  • ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar): 35 vagas
  • MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços): 110 vagas
  • MCTI em partes (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação): 296 vagas
  • MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública): 130 vagas
  • MinC (Ministério da Cultura): 50 vagas
  • MEC (Ministério da Educação): 70 vagas para ATPS
  • MDHC (Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania): 40 vagas
  • MPI (Ministério dos Povos Indígenas): 30 vagas
  • MPO (Ministério do Planejamento e Orçamento): 60 vagas
  • MGI (Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos) e as carreiras transversais: 1.480 vagas
  • Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira): 50 vagas

No edital, as oportunidades serão distribuídas em oito blocos temáticos, divididos por atuação governamental:

  • Administração e Finanças Públicas;
  • Setores Econômico, Infraestrutura e Regulação;
  • Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário;
  • Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação;
  • Políticas Sociais; Justiça e Saúde;
  • Trabalho e Previdência;
  • Dados, Tecnologia e Informação Pública;
  • Nível intermediário.

Será permitido fazer a inscrição para apenas um dos blocos temáticos. Primeiro, o candidato deverá escolher o bloco e, depois, elencar as carreiras que deseja concorrer por ordem de prioridade.

Leia também: CNU: Qual é a remuneração dos cargos?

Participe da Semana “Do Zero à Aprovação no CNU”

Nós queremos te ajudar na sua aprovação e pensando nisso, estamos promovendo a Semana “Do Zero à Aprovação no CNU”. 👊🏼

Será uma semana de estudo intenso, com explicações, informações, detalhes e muita troca de experiências.

Durante o evento, você vai entender por onde começar a se preparar, quais conteúdos caem na prova e além disso, receberá diversas dicas de estudo.

Se você quer fazer parte dos mais de 70 mil aprovados Nova, anote na sua agenda 📝: 4 à 8 de dezembro, no nosso canal no Youtube.

Lembrando que a participação é 100% gratuita. Cadastre-se e garanta a sua vaga!

Está com dúvidas?

O Ministério da Gestão possui um canal oficial de atendimento para dúvidas e denúncias sobre o CNU, acesse: [email protected]   

Lembrando que nós também estamos antenados em torno das movimentações do concurso e todas as novidades serão publicadas no nosso blog e nas redes sociais.

Então, continue nos acompanhando para não perder nenhuma informação! 😉

Até a próxima! ❤️

Saiba mais sobre o Concurso CNU: Editais publicados. Mais de 6 mil vagas!

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais