Pesquisar no blog

Concurso EPE: Ministério da Economia fixa o limite de pessoal!

icone calendario 29 jun 2022

Novidades para os candidatos do concurso EPE! O Ministério da Economia fixou o limite de pessoal da Empresa, de maneira que o número é maior daquele fixado em 2020. Ademais, vale recordar que a seleção está em andamento, próximo de ser finalizado, visto que as provas ocorreram em abril.

Portanto, a Empresa de Pesquisa Energética teve um novo limite de pessoal fixado pelo Ministério da Economia, sendo ele de 426 vagas no total. Ademais, vale recordar que em 2020 o número era de 298 servidores, de forma que agora houve um acréscimo de 128 vagas.

Além disso, vale recordar que um concurso EPE está atualmente em andamento e deve ser finalizado muito em breve, visto que as etapas avaliativas da seleção foram aplicadas no mês de abril.

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova. Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Concurso EPE: limite de pessoal

Sendo assim, o Ministério da Economia fixou recentemente o novo limite de pessoal da EPE, de maneira que a empresa conta agora com 426 vagas totais. Ademais, visto que em 2020 o número era de 298, tem-se um aumento de 128 oportunidades.

Além disso, o total de vagas fixado contempla servidores efetivos que ingressaram por concurso público, comissionados, profissionais cedidos ou disponibilizados para outros órgãos ou entidades, temporários e outros.

Ademais, a portaria que designa o novo limite ainda informa que responsabilidade de gerenciar o quadro de pessoal passa a ser da própria empresa, de forma que compete à EPE os atos de desligamento e contratação de servidores, de forma a sempre observar as questões orçamentárias.

Vagas, cargos e remunerações

Em suma, o atual concurso da Empresa de Pesquisa Energética oferta 136 oportunidades para cargos de Analista, que exige do concurseiro o nível superior de escolaridade.

Além disso, 17 das oportunidades são imediatas, sendo uma para Analista de Gestão Corporativa, enquanto as demais 16 são para Analista de Pesquisa Energética, nas seguintes especialidades:

  • Economia de Energia (2 vagas + 14 CR);
  • Recursos Energéticos (3 vagas + 21 CR);
  • Transmissão de Energia (4 vagas + 28 CR);
  • Planejamento da Geração de Energia (3 vagas + 21 CR); e
  • Petróleo – no abastecimento, na exploração e produção ou no gás e bioenergia (4 vagas + 28 CR).

Nesse sentido, a seleção conta ainda com oportunidades para a formação de um cadastro reserva que poderá ser convocado durante todo o período de validade do concurso.

Ademais, vale recordar que o concurso público ocorre sob a organização da FGV (Fundação Getúlio Vargas), e que as remunerações iniciais dos aprovados e contratados é de R$ 11.505,45, além dos seguintes benefícios:

  • Assistência Médica e Odontológica de R$ 557,02;
  • Auxílio-transporte (atualmente não há concessão do benefício, pois devido a pandemia os funcionários atuam em regime de Home Office);
  • Auxílio-creche de R$ 1.136,70 (integral) ou R$ 640,96 (parcial);
  • Previdência Privada Complementar;
  • Vale-cultura de R$50.

Como foram as provas do concurso EPE?

Por fim, também é imprescindível lembrar que as provas do concurso EPE foram aplicadas no dia 03 de abril, quando os candidatos realizaram uma prova objetiva e uma prova discursiva.

Ademais, para a prova discursiva foram respondidas 70 questões de múltipla escolha acerca das disciplinas abaixo:

  • Língua Portuguesa – 14;
  • Língua Inglesa – 08;
  • Noções da Administração Pública – 08;
  • Conhecimentos Específicos – 40.

Por outro lado, para a prova discursiva os inscritos na seleção responderam a 03 questões, sendo uma questão comum a todas as áreas de atuação de cada cargo e outras duas questões sobre o conhecimento específico de cada cargo/área de atuação.

assinatura completa
Saiba mais sobre o Concurso EPE: Edital publicado com 119 vagas!
Acompanhe nossas

redes sociais