Concurso IBAMA: Contratações são pauta na Casa Civil e Ministério do Meio Ambiente!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 05 ago 2020

Ainda sem previsão determinada, o concurso IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais) está em pauta nos órgãos competentes.

Edital do concurso IBAMA é pauta na Casa Civil e Ministério do Meio Ambiente

A realização do novo concurso IBAMA, que antes parecia distante, tem aumentando as expectativas após as declarações favoráveis do vice-presidente da República, Hamilton Mourão. E a pauta das contratações para o instituto está em movimento.

De acordo com informações da Assessoria Técnica da Vice-Presidência da República, o assunto está em estudo e discussão no Ministério do Meio Ambiente e na Casa Civil.

Quer Receber Todas as Novidades do IBAMA?

Receba em seu e-mail todas as movimentações do Concurso do IBAMA

Além do edital para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais, também há expectativa para a realização dos concursos ICMBio , INCRA e FUNAI .

Até o presente momento, não existe uma previsão de quando esses certames serão abertos. O que se sabe é que dentre elas, duas confirmaram pedidos de concurso ao Ministério da Economia. A espera pelos novos editais começou após Hamilton Mourão declarar que não há outra saída para esses órgãos, a não ser realizar novas seleções.

O Ministério do Meio Ambiente, a quem são vinculados o IBAMA e o ICMBio, é o responsável por realizar um estudo para a abertura desses concursos . Esse estudo deve apontar caminhos para tornar viáveis as contratações, tendo em vista que elas estão restritas. O mesmo vale para o Ministério da Agricultura, a quem é vinculado o INCRA, e para o Ministério da Justiça, a quem é vinculada a FUNAI.

Esses certames entraram no radar após pressão de investidores nacionais e internacionais, que cobraram do Governo Federal uma posição a respeito de políticas de preservação ambiental. Aspecto que é afetado pela falta de servidores para realizar a fiscalização.

Nova-ibama

Após a realização dos estudos nos ministérios responsáveis, o próximo passo para os certames será obter uma autorização do Ministério da Economia, que é o responsável por avaliar e conceder o aval para todos os concursos federais.

Vale lembrar, que o IBAMA solicitou ao Ministério da Economia um novo concurso com 2.311 vagas. Desse total, 1.005 vagas são para o cargo de Técnico Administrativo, 970 vagas para a carreira de Analista Ambiental e 336 vagas para a função de Analista Administrativo, nos níveis médio e superior, respectivamente.

Hamilton Mourão reconhece déficit de servidores nos órgãos ambientais

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, já reconheceu o déficit de servidores nos órgãos ambientais. Segundo ele, o IBAMA junto com o ICMBio, operam com menos da metade do efetivo.

Os últimos concursos públicos para essas instituições foram realizados no ano de 2014, ambos com validade já encerrada. Para Mourão, não há como atuar sem os militares até que o reforço no quadro seja realizado.

Ainda conforme Mourão, dos servidores que estão no quadro efetivo desses órgãos atualmente, apenas uma fração pequena deles atuam diretamente em campo, o que dificulta uma ação mais abrangente.

“Temos menos de 50% do efetivo, sendo que dos 50% existentes, você pode botar que dois terços estão no escritório e um terço que está na rua, e esse um terço que está na rua não está só na Amazônia”.

Atualmente, o IBAMA possui 2.821 cargos vagos. Tendo o déficit de 336 cargos no cargo de Analista Administrativo, 971 cargos para Analista Ambiental, 1.005 cargos para Técnico Administrativo e 509 cargos para Técnico Ambiental.

Saiba mais sobre o Concurso IBAMA: Órgão solicita 2.311 vagas ao Ministério da Economia!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais