Concurso IBGE: Sindicato alerta para “pior crise da história” do órgão!

icone calendario 28 dez 2018

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) deverá encaminhar uma nova solicitação nas próximas semanas para salientar a necessidade da seleção em 2019.

O novo concurso público do IBGE, um dos mais aguardados pelos concurseiros, teve seu pedido arquivado e encaminhou um ofício mostrando os motivos para a negativa da autorização pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG).

A situação gerou uma nota de repúdio por parte da Assibge (Sindicato Nacional dos Trabalhadores do IBGE), que alerta para os riscos da falta de servidores. Confira:

“Diante desta notícia, nós, da ASSIBGE-SN, elevamos o alerta para o risco real de enfrentamento de uma das piores crises institucionais da história do IBGE, em virtude do esvaziamento em seu quadro efetivo. A perspectiva de aposentadoria de quase 1/3 desta já enxuta parcela de trabalhadores, em um horizonte próximo, aliada à resposta negativa apresentada pelo Ministério do Planejamento, virá a acentuar sobremaneira a fragilidade das estruturas organizacionais, ameaçando a manutenção das atividades nas áreas fim e meio da instituição”.

Urgência do concurso IBGE

O novo certame é considerado urgente não só pela Assibge, mas também pelo próprio presidente do órgão, Roberto Olinto.

A categoria divulgou ainda o seguinte comunicado:

“Como órgão fundamental para o fortalecimento da democracia, o IBGE pode ser um dos órgãos mais atacados por governos autoritários. A ASSIBGE-SN conclama a todos os ibgeanos e a toda a sociedade brasileira a estar atenta a isso e a defender a autonomia técnica, a independência política, concursos públicos e orçamento adequado, para que o órgão não encerre suas atividades ou tenha um fim melancólico, como disse Roberto Olinto”.

A mensagem faz referência a um comunicado feito pelo presidente do IBGE durante o ano de 2018:

“Sem concurso e sem plano de carreira a história do IBGE pode se encerrar ou pode se tornar um pouco melancólica em função da nossa impossibilidade de realizar determinadas pesquisas”, afirmou Olinto.

Vagas e salários

Foram solicitadas ao todo 1.800 vagas, sendo 1.200 para Técnico e 600 para Analista, com requisito de ensino médio e superior , respectivamente.

A remuneração para o cargo de Técnico do IBGE será no valor de R$ 3.890,87.

Já para o cargo de Analista do IBGE, a remuneração será de R$ 8.213,07.

Os aprovados são contratados sob regime estatutário, o que garante a estabilidade empregatícia.

Os aprovados terão direito ainda ao Auxílio-Alimentação, no valor de R$ 458,00, além de benefícios a título de Assistência à Saúde (Médica e Odontológica), opcional, ao servidor e aos seus dependentes, com valores que variam entre R$ 82,83 e R$ 167,70 por pessoa, conforme a remuneração e a idade do servidor, de acordo com a Portaria MP nº 625, de 21 de dezembro de 2012.

Último concurso

O último certame aconteceu em 2015 e contou com oferta de 600 vagas, sendo 460 são de Técnico, de nível médio, 90 de Analista e 50 de Tecnologista.

A avaliação foi por meio de provas objetivas e provas discursiva  (para Análise de Sistemas) e prática (tecnologista de Programação Visual).

Os candidatos de nível médio realizaram provas de Português (20), Geografia (15), Raciocínio Lógico (15), Conhecimentos Gerais (dez) e Conhecimentos Específicos (10).

Já os inscritos em funções de nível superior, foram avaliados por matérias de Português, Inglês, Raciocínio Lógico e Conhecimentos Específicos.

Nova Concursos  tem ajudado há mais de 10 anos quem quer vencer a batalha do concurso público. Se você quer aumentar as suas chances de passar, conheça os nossos materiais, acessando o nosso site!

» Estude com a Apostila IBGE + Curso Português (GRÁTIS) «

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais