Concurso INSS 2018: Aposentadorias em 2019 reforçam necessidade de certame!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 13 nov 2018

Atenção concurseiros! O novo concurso INSS 2018 pode estar mais próximo!

O presidente do órgão, Edison Garcia, ressaltou que um novo certame é necessário devido as aposentadorias que irão ocorrer em janeiro de 2019. Ele completa “o INSS vem fazendo grande esforço de gestão, de mudança de procedimento e buscando eficiência, eles [o Planejamento] são muito animados com este trabalho e acham que é uma condição importante para um concurso em 2019”.

» Prepare-se com a Apostila INSS + Curso Online de Português (GRÁTIS) «

Em outubro, a Fenasps (Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) recorreu ao TCU (Tribunal de Contas da União) para cobrar avanços no certame previsto.

No dia 7 de agosto, a solicitação recebeu novas movimentações, chegando à Coordenação Geral de Concursos. Antes disso, passou pelos setores de Legislação e Provimento de Pessoas, Divisão de Concursos Públicos, Coordenação Geral de Concursos e Provimento de Pessoal e gabinete do secretário de Gestão de Pessoas.

O órgão, que sofre com um déficit de 16 mil servidores, sem contar as 11.556 aposentadorias previstas para os próximos anos, praticamente suplica por novos servidores. E o governo, diante de tal situação, não pode adiar por muito tempo um novo concurso.

Demonstrando isso, no dia 3 de agosto, o pedido do novo concurso passou por sete movimentações, encontrando-se agora na Secretaria Executiva. As movimentações devem ocorrer de forma mais energética agora, mantendo o novo concurso previsto para ainda este ano de 2018.

O último certame do órgão, que foi finalizado no dia 5 de agosto de 2018, não teve candidatos excedentes chamados. Na pasta divulgada, não houve maiores explicações porém, o Instituto Nacional do Serviço Social disse, em situações anteriores, que isso se devia à falta de recursos.

Enquanto isso, a Fenaps (Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) pediu em ofício, enviado ao governo, novas contratações de servidores.

Para reforçar ainda mais a expectativa sobre o novo concurso, o presidente do Instituto Nacional do Serviço Social, Edison Aguiar, disse que aguarda que as 10.468 vagas solicitadas sejam preenchidas por novos servidores.

Segundo ele, “não há previsão de a autarquia requerer servidores de outros órgãos para trabalhar no Serviço Social”, ressaltando que não acredita que essa seja uma solução válida para o problema do déficit de mais de 16 mil servidores.

Os cargos com vagas solicitadas para o novo concurso INSS 2018 são de Técnico do Seguro Social (6.034 vagas), Analista do Seguro Social (2.222) e Perito Médico Previdenciário (2.212).

Déficit de servidores

No dia 9 de julho, foi publicado o edital de remoção interna para servidores efetivos ocupantes de cargos de nível intermediário e de Analista da Previdência Social. A medida, geralmente, antecipa a publicação de edital do concurso.

São esperados mais de 7,5 mil novos servidores para preencher o déficit atual do Instituto Nacional do Serviço Social. As oportunidades seriam para os cargos de Técnico do Seguro Social, de nível médio, e Analista do Seguro Social e Perito Médico Previdenciário, ambos de nível superior. O número pedido pelo órgão é de 10.468 novos servidores.

Os cargos de Técnico do Seguro Social, Analista do Seguro Social e de Perito Médico Previdenciário têm os vencimentos de R$ 5.344,87, R$ 7.954,09 e R$ 10.616,14, respectivamente. Todos os cargos contam com auxílio-alimentação.

O número de déficit é alarmante, perto dos 20 mil servidores, tanto que a Fenasps (Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) organiza protestos onde reivindica tanto a realização de um novo certame quanto a efetivação dos aprovados no último concurso.

Em 2016, o órgão havia solicitado ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) o número de 16.548 novas vagas, ressaltando que no concurso de 2015, o último realizado, as vagas ofertadas não contemplaram a necessidade efetiva.

Concurso INSS 2015

As vagas ofertadas no último concurso foram de Analista do Seguro Social, com ganhos de R$ 7.496,09, em uma jornada de 40 horas semanais e exigência de nível superior.

Para o nível médio, o cargo era de Técnico do Seguro Social, com ganhos de R$ 4.886,87 em uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Os candidatos fizeram a inscrição pelo site da organizadora, o Cebraspe , e pagaram os valores de R$ 65,00 (nível médio) ou R$ 80,00 (nível superior).

Os candidatos foram avaliados em uma prova objetiva que continha 120 questões, divididas em 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos.

Os conhecimentos específicos variavam conforme o cargo desejado.

Para a vaga de Analista do Seguro Social, eram cobradas as matérias de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Legislação Previdenciária, Legislação da Assistência Social (Saúde do Trabalhador e da Pessoa com Deficiência).

Já para o cargo de Técnico do Seguro Social, eram cobrados Ética no Serviço Público, Regime Jurídico Único, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Noções de Informática.

» Prepare-se com a Apostila INSS + Curso Online de Português (GRÁTIS) «

Nova Concursos  tem ajudado há mais de 10 anos quem quer vencer a batalha do concurso público. Se você quer aumentar as suas chances de passar, conheça os nossos materiais, acessando o nosso site!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais