Concurso Juiz de Fora MG: Preparativos são retomados | Nova Concursos

Concurso Juiz de Fora MG: Preparativos são retomados!

icone calendario 22 mar 2021

Atenção, concurseiros! Os preparativos para o concurso da Prefeitura Municipal de Juiz de Fora MG foram retomados. São mais de 600 vagas para ingresso na Secretaria de Educação na cidade da Zona da Mata Mineira.

Concurso Juiz de Fora MG: mudanças e retomada

O novo certame é um dos compromissos de governo da prefeita Margarida Salomão. Serão ofertadas vagas para Professores Regentes A e B (PR-A e PR-B), Coordenador Pedagógico e Secretário Escolar, que exigem níveis médio e superior em áreas específicas.

A escolha da banca estava marcada para o dia 26 de janeiro, entretanto, a licitação foi adiada. isso porque era precisa uma revisão no processo básico do certame, que foi realizada em aspectos pedagógicos, identificados pela Administração, e a inclusão de vagas.

“O edital passou por uma revisão técnica e busca suprir as vagas existentes que foram abertas por aposentadoria ou morte. Todo o processo está sendo realizado visando à melhoria da qualidade no ensino público municipal”, afirmou a prefeita da cidade.

Houve aumento no número de vagas para Professor regente na classe de PR-B, além da inclusão de chances para as modalidades de licenciatura em Teatro, Música e Dança, Música, além de Letras Libras e Artes Visuais.

Agora, um novo projeto básico foi publicado, já com as alterações. O documento funciona como um espelho para o edital e apresenta todos os dados, além de servir de referência para que as bancas possam compor suas propostas para organização do concurso. 

A licitação para escolha da banca organizadora, portanto, foi remarcada para o dia 4 de maio e deve acontecer às 9h30, realizado na modalidade de concorrência.

“Os ajustes também tornam o concurso mais objetivo, além de otimizar os recursos a serem aportados. O nosso compromisso é o de realizar o concurso da forma mais célere possível”, disse o secretário de recursos Humanos, Rogério Freitas.

Concurso Juiz de Fora MG: vagas e salários

Com a maior parte de vagas voltada para Professor Regente A, o concurso ainda oferecerá oportunidades para para Professor Regente B, nas disciplinas de Artes, Ciências, Educação Física, Geografia , História, Inglês, Matemática, Língua Portuguesa, Teatro, Música e Dança, Música, Letras Libras e Artes Visuais.

O cargo de Professor Regente A exige ensino médio completo e o candidato deverá ter formação em Magistério. Os salários iniciais são de R$ 1.443,12 para a carreira.

Já para Professor Regente B, será necessário ter nível superior com Licenciatura na área escolhida e as remunerações chegam a R$ 1.628,82.

Além das vagas descritas acima, o certame ainda oferecerá oportunidades para Coordenador Pedagógico e Secretário Escolar I, também a nível superior. Os salários são de R$ 1.795,76 e R$ 1.866,06, respectivamente.

“Por meio do concurso o profissional pode ter estabilidade, o que garante mais qualidade e cria nas escolas o espírito de equipe, com um trabalho mais consolidado. O concurso valoriza o profissional através de uma carreira focada na capacitação”, destacou a secretária de Educação de Juiz de Fora, Nádia Ribas.

Outro concurso em Juiz de Fora MG

A Prefeitura Municipal de Juiz de Fora, na zona da mata de Minas Gerais , ainda está com um edital previsto para ingresso no Departamento de Limpeza Urbana (DEMLURB). Serão 455 vagas ofertadas para carreiras do nível fundamental, com salários podendo chegar a R$ 1,6 mil.

A banca escolhida para organizar o processo seletivo foi a BRB Assessoria e Concursos Ltda, que será responsável por receber as inscrições e aplicar as etapas, como provas objetivas.

Concurso Juiz de Fora MG: estrutura das provas

O projeto básico do novo certame da Prefeitura de Juiz de Fora confirmou que os candidatos serão avaliados por meio de até quatro etapas, sendo elas:

  • Prova objetiva;
  • Prova discursiva (redação);
  • Prova prática;
  • Prova de títulos.

Para Professor Regente A e B e Coordenador Pedagógico, as provas objetivas serão aplicadas com 40 questões, sendo 15 de Conhecimentos Gerais em Educação e 25 de Conhecimentos Específicos.

Já para Secretário Escolar, o exame será composto por 40 questões de múltipla escolha, com a distribuição: 10 de Língua Portuguesa, 10 de Matemática, 10 de Conhecimentos Gerais em Educação e 10 de Conhecimentos Específicos.

Os candidatos que se classificarem pela objetiva, realizarão prova de redação (texto dissertativo/argumentativo), com exceção para Secretário Escolar, que deverão elaborar um texto no estilo ‘redação oficial’.

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais