Concurso Ministério da Economia: Comissão organizadora está formada!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 15 ago 2020

Está formada a comissão organizadora do próximo concurso Ministério da Economia, que irá contar com até 350 vagas temporárias de nível superior.

Quer Receber Todas Oportunidades para o Estado do Distrito Federal?

Receba em seu e-mail todas oportunidades de Concursos para o Estado do Distrito Federal

Comissão organizadora do concurso Ministério da Economia

De acordo com a portaria divulgada no Diário Oficial da União, foi formada a comissão organizadora do próximo concurso Ministério da Economia. Inicialmente, a equipe terá 90 dias para concluir os trâmites do certame , que contará com até 350 vagas temporárias.

Será de responsabilidade da comissão organizadora, a elaboração do projeto básico do edital e os trâmites da contratação da banca organizadora, que ficará responsável pelo certame . Segundo a portaria, os trabalhos devem ser concluídos em até 90 dias (mês de outubro), sendo possível a prorrogação por mais 90 dias (janeiro de 2021).

Entretanto, os trâmites devem ser concluídos ainda em 2020, com o anúncio da banca organizadora. Isso porque, de acordo com a portaria autorizativa desta seleção , o edital deve ser divulgado até o dia 08 de janeiro de 2021.

Vagas que serão ofertadas no concurso Ministério da Economia

No dia 10 de julho de 2020, a portaria autorizativa foi retificada, informando os cargos e a distribuídas das vagas.

Segundo informações do documento, todas as oportunidades serão para atividades técnicas de complexidade gerencial. Dessa maneira, as 350 vagas serão distribuídas pelos seguintes cargos:

  • Especialista em Gestão de Projetos: 50 vagas;
  • Especialista em Infraestrutura de Tecnologia da Informação-TI: 50 vagas;
  • Especialista em Ciência de Dados: 50 vagas;
  • Especialista em Segurança da Informação e Proteção de Dados: 50 vagas;
  • Especialista em Análise de Processos de Negócios: 50 vagas;
  • Especialista em Experiência do Usuário: 50 vagas;
  • Especialista em Desenvolvimento de Software: 50 vagas.

Na portaria, não são informados os requisitos necessários. Entretanto, de acordo com a lei que regulamenta este processo seletivo , as carreiras de atividades técnicas de complexidade gerencial são destinadas a candidatos que possuem o nível superior.

Sendo assim, além da graduação, os participantes devem ter experiência profissional superior a cinco anos e possuir título de mestre ou doutor. Conforme a última atualização da Lei, o salário para a carreira é no valor de R$ 8.300,00.

Entretanto, segundo a portaria, caberá ao Ministério da Economia definir a remuneração dos servidores a serem contratados.

Além disso, é possível que o número de vagas seja alterado conforme o orçamento.

“Os perfis profissionais levarão em conta necessidades específicas para acelerar o processo de transformação digital em curso no Governo Federal. Para isso, foi autorizada a contratação de, no máximo, 350 profissionais, a ser formalizada mediante disponibilidade de dotações orçamentárias específicas”, disse a pasta.

Os candidatos aprovados no concurso Ministério da Economia, irão atuar em projetos de Transformação Digital de Serviços Públicos.

Saiba mais sobre o Concurso Ministério da Economia: EDITAL PUBLICADO com 350 vagas; salário de R$ 8,3 mil!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais