Concurso MPI: Autorizado! Edital com 30 vagas para Analista!

icone calendario 29 set 2023

Atenção, concurseiros! O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos autorizou a realização do primeiro concurso MPI (Ministério dos Povos Indígenas) com 30 vagas.

A confirmação foi publicada em Decreto, nesta quinta-feira, 28 de setembro de 2023.

As oportunidades são para o cargo de Analista-Técnico Administrativo e exigem nível superior de formação para ingresso.

A responsável pela autorização de concursos, é a ministra Esther Dweck. Desde que tomou posse, ela vem autorizando uma série de concursos federais. Já são mais de 16 mil vagas autorizadas em 44 instituições.

Inclusive, essa autorização faz parte de um pacote com 520 vagas para concursos federais de diversos órgãos do Poder Executivo.

O prazo para abertura do edital é de seis meses, ou seja, no máximo até o dia 27 de março de 2024.

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos. Clique aqui  e saiba mais!

Quanto ganha um Analista-Técnico Administrativo do MPI?

Conforme consta na tabela de remunerações do Governo Federal, os salários iniciais para o cargo de Analista-Técnico Administrativo são de R$ 6.255,90, podendo chegar no valor de R$ 9.728,38 no final da carreira.

Esse valor é composto pelo vencimento básico e pela Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (GDPGPE).

O que faz o Ministério dos Povos Indígenas?

O Ministério dos Povos Indígenas foi criado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com o intuito de atuar na implementação da política indígena e indigenista no país. 

Portanto, esse será o primeiro concurso do órgão. A presidente do MPI é ativista Sônia Guajajar e as principais atribuições da autarquia, são:

  • Garantir aos indígenas acesso à educação e a saúde;
  • Demarcar terras indígenas;
  • Combater o genocídio deste povo.

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais