Concurso MPU: Órgão tem carência de 1.831 cargos!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 18 jun 2020

Esperando a realização do novo concurso MPU (Ministério Público da União), vacância nos ramos do órgão chega a mais de 1,8 mil cargos.

BAIXE GRÁTIS: Raciocínio Lógico para Concursos!

Questões comentadas por professores especialistas e com ampla experiência em concursos públicos, APROVEITE!

Déficit de servidores no MPU

A realização do concurso MPU é um dos propósitos da atual gestão do Ministério Público da União. Em decorrência da Covid-19, a divulgação do edital foi postergada devido aos esforços momentâneos para o combate à pandemia. Apesar disso, o órgão ainda realiza o estudo de cargos vagos para a próxima seleção.

Segundo o levantamento feito no mês de junho, o déficit é de 1.831 servidores. Esse número leva em consideração o déficit funcional nos quatro ramos que compõem o MPU.

São eles, Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público Militar (MPM) e Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

A maior vacância é no Ministério Público Federal. Faltam 1.756 servidores, entre Técnicos e Analistas, cargos de níveis médio e superior, respectivamente.

O MPF é o ramo que atua na Justiça Federal, na investigação de crimes federais, tendo representações em todos os estados com as Procuradorias Regionais da República (PRR). Por apresentar a maior carência, é a unidade que proporciona o maior número de contratações no concurso MPU.

De acordo com os números coletados com base nas publicações mais recentes (entre 2019 e 2020), os ramos apresentam os seguintes déficits:

  • MPF: 1.756 cargos vagos;
  • MPM: 24 cargos vagos;
  • MPDFT: 51 cargos vagos;
  • MPT: sem cargos vagos.

Edital do concurso MPU

De acordo com a previsão passada pelo diretor do Sindicato Nacional dos Servidores do órgão (SindMPU), Adriel Gael, o Ministério Público da União pode realizar o novo concurso MPU no primeiro semestre de 2021.

Em reunião com o representante do sindicato, o secretário-geral adjunto do MPU, Eitel Santiago, confirmou interesse em realizar o novo certame. Entretanto, com o avanço da Covid-19 no país, o órgão não teria tempo hábil para preparar a seleção em 2020.

“Existia sim a vontade da Administração de realizar o concurso este ano, mas com esse cenário da pandemia, a previsão é que o concurso ocorra no primeiro semestre de 2021”, informou Gael após reunião com Eitel Santiago.

Outros órgãos federais postergaram a abertura de seleções em decorrência da Covid-19 para garantir a segurança dos candidatos. Como por exemplo, o Senado Federal. A aplicação do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), também foi adiada.

Dessa maneira, não haveria cenário favorável ou propício para realizar o concurso MPU. O diretor do Sindicato do órgão, também teria conseguido uma informação de bastidor que reforçaria o adiamento do certame.

De acordo com o diretor, o Cebraspe estava cotado como banca organizadora. Porém, não teria mais data para aplicação de provas no segundo semestre. O que também inviabilizaria que as avaliações para ingresso no MPU fossem ainda em 2020.

Segundo Adriel Gael, a boa notícia é que a seleção deve acontecer no próximo ano. Uma vez que será o último de Augusto Aras à frente da Procuradoria Geral da República (PGR). “Ele não vai passar pela gestão sem realizar concurso do Ministério Público da União”, salientou o diretor do SindMPU.

Saiba mais sobre o Concurso MPU: Edital para a área de Apoio está em análise!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais