Concurso PC RJ: Corporação tem carência de 15 mil policiais!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 19 Maio 2020

À espera de um novo concurso PC RJ (Polícia Civil do Rio de Janeiro), corporação tem vacância de 15 mil agentes e 25% dos policiais ativos já podem se aposentar.

BAIXE GRÁTIS: Raio-X PC-RJ 2020!

Etapas do Concurso, Estatísticas por Disciplina e Como montar seu Cronograma de Estudos!

Déficit de servidores na PC RJ

Foi registrado pela Secretaria de Polícia do Rio de Janeiro, um déficit de 15.000 servidores. E o efetivo na corporação pode se tonar ainda menor, pois 25% dos agentes em atividades já podem se aposentar.

Até o mês de fevereiro de 2020, a corporação registrava 8.792 policiais civis na ativa. Desse total, 2.186 já apresentam condições para aposentadoria, sendo 2.066 agentes e 120 delegados.

De acordo com a lei estadual, o ideal é que a corporação tenha cerca de 24.000 agentes. Os números foram obtidos via Lei de Acesso à Informação.

Somente nos meses de janeiro e fevereiro deste ano, o Departamento de Gestão de Pessoas da Polícia Civil do Rio de Janeiro registou 57 pedidos de aposentadorias.

Nos últimos cinco anos, 2.336 servidores pediram baixa na polícia judiciária. O que representa uma redução média de 467 por ano. Confira o número de aposentadorias na PC RJ nos últimos 05 (cinco) anos:

  • Ano 2015: 438 aposentadorias;
  • Ano 2016: 573 aposentadorias;
  • Ano 2017: 481 aposentadorias;
  • Ano 2018: 397 aposentadorias;
  • Ano 2019: 447 aposentadorias.
Nova-PCRJ

A cada ano que passa, mais policiais entram para inatividade. O que abre uma vacância que não é preenchida por novos concursos. Além disso, há outro agravante do cenário, o envelhecimento da corporação. Em média, o efetivo da Polícia Civil tem 10, 20 e até 30 anos de serviço.

E acaba que os concursos públicos não acompanharam essa demanda, o governador Wilson Witzel já autorizou um novo certame com 864 vagas em todos os níveis.

Avaliações do concurso PC RJ será em dias distintos

Foi confirmado pela Secretaria de Polícia Civil, que o concurso terá um intervalo de 30 dias entre os editais e as provas objetivas. Para cada cargo, será marcado um dia de aplicação. Sendo assim, pessoas com diferentes níveis de escolaridades poderão se candidatar a mais de uma carreira.

O certame com o total de 864 vagas também já conta com a definição das bancas organizadoras. No mês de fevereiro, o Instituto Acesso foi definido, como a banca para Delegado.

Já o Instituto AOCP, será a banca organizadora responsável por receber as inscrições e aplicar as etapas para os demais 06 (seis) cargos autorizados. A estrutura de provas da seleção está definida.

O termo de referência das seleções, que funciona como um espelho para o edital, indica que os candidatos inscritos a Delegado serão submetidos as seguintes avaliações: prova objetiva, prova discursiva, prova oral, prova de capacidade física, exame psicotécnico e exame médico.

Já os concorrentes aos demais cargos serão avaliados da seguinte maneira: prova objetiva, prova de capacidade física, exame psicotécnico e exame médico. Os habilitados ainda irão passar por cursos de formação e prova de investigação social, na Acadepol.

Saiba mais sobre o Concurso Polícia Civil RJ: Mais de 800 vagas em 2020!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais