Concurso Sefaz SC: Quanto ganha um Analista? | Nova Concursos

Concurso Sefaz SC: O que faz e quanto ganha um Analista?

icone calendario 07 out 2021

As inscrições para o concurso Sefaz SC se iniciarão muito em breve! Portanto, é importante que os candidatos conheçam o que faz um Analista, e quanto realmente ganha essa carreira.

O novo concurso da Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina contará com inscrições abertas no próximo dia 8. São oferecidas vagas para o cargo de Analista da Receita Estadual, que possui ganhos maiores do que aqueles que constam no edital. Confira!

Concurso Sefaz SC: inscrições

Para se inscrever no concurso Sefaz SC, os interessados devem acessar o site da banca organizadora do certame, a FCC (Fundação Carlos Chagas) entre os dias 8 de outubro e 10 de novembro.

Além disso, é necessário que o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$150 seja efetuado até o último dia de inscrições. Aqueles que desejam solicitar a isenção de taxa poderão acessar a página entre os dias 8 e 12 de outubro.

Vale destacar que serão atendidos os pedidos de isenção daqueles que possuam os seguintes requisitos:

  • doadores de sangue ou medula óssea;
  • pessoas com deficiência com renda mensal que não ultrapasse dois salários mínimos;
  • voluntariados da Justiça Eleitoral; e
  • voluntários que exercem serviço assistencial na Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina.

Vagas, cargos e salários

O concurso da Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina possui a oferta de 58 vagas de nível superior para a carreira de Analista da Receita Estadual, sendo 55 imediatas e 3 para cadastro reserva.

Ademais, o requisito de escolaridade para o cargo é apenas de nível superior, podendo a formação ser em qualquer área.

De acordo com o edital, o salário inicial de um Analista possui o valor de R$5.499,97, formados por R$1.296 de vencimento inicial, R$2.175,24 de gratificação por produtividade e R$2.028,73 de gratificação de Controle Interno.

Entretanto, conforme o próprio edital , existem outras gratificações previstas em lei. Alguns desses valores são:

  • Auxílio Alimentação: R$ 264
  • Retribuição Esforço: R$ 8.816,55

Com isso, nota-se que a remuneração inicial de um Analista passa a ser de R$14.508,52, o que se aproxima mais dos vencimentos atuais dos servidores desse cargo na Sefaz SC, visto que de acordo com a folha de pagamento, os salários iniciais chegam a R$20 mil.

Quais são as atribuições para Analista?

Além disso, é importante que os candidatos interessados no concurso da Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina conheçam quais são as funções desempenhadas pelo servidor da carreira. Confira:

  • Pesquisar dados e proceder a estudos comparados, visando às projeções do serviço, bem como manter banco de dados específicos, relativos ao setor de trabalho;
  • Analisar atos e fatos técnicos e administrativos apresentando soluções e alternativas técnicas inerentes a sua área de atuação;
  • Analisar, diagnosticar e avaliar programas, projetos e ações inerentes a sua área de atuação;
  • Propor a edição de normas e atos de natureza técnica ou administrativa pertinente a sua formação, compatíveis com sua área de atuação;
  • Manter atualizado material informativo de natureza técnica e administrativa, diretamente relacionado com as atividades desenvolvidas pelo setor onde desempenha suas funções;
  • Executar trabalho de natureza técnica e administrativa pertinente a sua formação, compatível com sua área de atuação;
  • Acompanhar e avaliar o desempenho e a execução das políticas e diretrizes de seu setor;
  • Uniformizar o fluxo de trabalho e examinar e adotar soluções de racionalização e controle dos serviços;
  • Prestar assessoria e/ou consultoria relativas a assuntos de sua área de atuação;
  • Realizar estudos para elaboração de normas destinadas a padronização, simplificação, especificação, compra, recebimento, guarda, estocagem, suprimento, alienação e inventários de material de consumo ou permanente;
  • Estudar e acompanhar o orçamento e sua execução físico-financeira;
  • Acompanhar o desenvolvimento da técnica de planejamento administrativo e financeiro a fim de promover o seu aperfeiçoamento;
  • Estudar e acompanhar o exame crítico da conjuntura econômico-financeira a fim de adequar a ela a produtividade das fontes de receita;
  • Elaborar normas e manuais visando à uniformização das atividades administrativas;
  • Desenvolver projetos objetivando racionalizar e informatizar as rotinas e os procedimentos;
  • Desenvolver estudos visando à implantação e/ou ao aprimoramento dos sistemas administrativos;
  • Elaborar fluxogramas, organogramas e demais esquemas ou gráficos das informações do sistema;
  • Elaborar diretrizes para a organização e modernização das estruturas e dos procedimentos administrativos, objetivando aperfeiçoar a execução dos programas governamentais;
  • Estudar e analisar os programas e projetos, em harmonia com as diretrizes e políticas estabelecidas;
  • Fornecer subsídios técnicos para elaboração de anteprojetos de leis e decretos relacionados a assuntos de sua área de competência;
  • Fornecer dados estatísticos e apresentar relatórios de suas atividades;
  • Emitir laudos e pareceres sobre assuntos de sua área de competência;
  • Planejar e executar projetos arquitetônicos do órgão, atendendo a suas necessidades permanentes;
  • Executar leiaute de distribuição espacial do mobiliário adequado à execução das atividades de cada setor;
  • Projetar e executar programações visuais das instalações, visando oferecer um bom ambiente, influenciando na humanização e produtividade;
  • Realizar exame técnico de processos relativos à execução de obras, compreendendo a verificação de projetos e das especificações quanto às normas e padronizações;
  • Preparar previsões detalhadas das necessidades da construção, determinando e calculando materiais, mão-de-obra e seus respectivos custos, tempo de duração e outros elementos necessários;
  • Participar da elaboração e execução de contratos e convênios que incluam projetos de construção, ampliação ou remoção de obras e instalações;
  • Fazer avaliações e arbitramentos relativos à especialidade, quando solicitado;
  • Planejar, coordenar, orientar, supervisionar, executar e avaliar programas e projetos na área de Serviço Social, aplicados a indivíduos, grupos e comunidades;
  • Prestar assessoria e consultoria técnica em assunto de natureza social;
  • Elaborar estudos e pareceres técnicos para orientar a tomada de decisão em processos de planejamento ou organização;
  • Participar, dentro de sua especialidade, de equipes multiprofissionais na elaboração, análise e implantação de programas e projetos;
  • Administrar, organizar e dirigir bibliotecas e centros de documentação ou de informação;
  • Planejar e executar a política de seleção e de aquisição de material bibliográfico e não bibliográfico;
  • Orientar, coordenar, supervisionar e executar os serviços de catalogação e classificação de documentos;
  • Planejar e executar serviços de referência bibliográfica;
  • Organizar e revisar fichários, catálogos e índices, por meio de processos manuais ou automatizados, possibilitando o armazenamento, a busca e a recuperação da informação;
  • Compilar bibliografias gerais ou específicas utilizando processos manuais ou mecanizados;
  • Executar serviços de disseminação de informações, conforme o perfil de interesse do usuário, elaborando publicações correntes ou promovendo sua distribuição e circulação;
  • Manter intercâmbio com as demais bibliotecas e/ou centros de documentação ou de informação;
  • Participar do processo de editoração de publicações oficiais, organizando e/ou normatizando-o;
  • Elaborar planos de contas e preparar normas de trabalho de contabilidade, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Elaborar os balancetes mensais, orçamentários, financeiro e patrimonial com os respectivos demonstrativos, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Elaborar balanços gerais com os respectivos demonstrativos, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Elaborar registros de operações contábeis, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Elaborar certificados de exatidão de balancetes ou balanços e de outras peças contábeis, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Controlar empenhos e anulação de empenhos, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Orientar a organização do processo de tomada ou de prestação de contas, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Fazer registros sistemáticos da legislação pertinente às atividades de administração orçamentária, financeira, contábil e de auditoria, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Opinar a respeito de consultas formuladas sobre matéria de natureza técnica, jurídico-contábil, financeira e orçamentária, propondo, se for o caso, as soluções cabíveis em tese, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Realizar trabalhos de análise contábil interna, inspecionando regularmente a escrituração dos livros fiscais, verificando se os registros efetuados correspondem aos documentos que lhes deram origem, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Supervisionar os cálculos de reavaliação do ativo e de depreciação de veículos, máquinas, móveis, utensílios e instalações, ou participar desses trabalhos, adotando os índices indicados para cada exercício financeiro, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Emitir pareceres, laudos e informações sobre assuntos contábeis, financeiros e orçamentários, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Realizar estudos com base em diagnósticos de problemas econômicos visando à dinamização dos planos governamentais, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Realizar análises e verificações da situação econômica, financeira e administrativa do órgão, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Auxiliar no controle dos pagamentos de notificações fiscais, bem como na inscrição em dívida ativa dos débitos vencidos e não pagos, com registro no respectivo órgão de fiscalização profissional;
  • Executar outras atribuições compatíveis com o cargo e com sua habilitação legal e profissional;
  • Emitir informações sobre assuntos relacionados a processos de isenção, imunidade e restituição de Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos (ITCMD);
  • Emitir informações sobre assuntos relacionados a processos de isenção, imunidade, redução de alíquota e restituição do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA);
  • Emitir informações em processos relacionados à correção de documentos de arrecadação;
  • Emitir informações acerca do crédito tributário inscrito em dívida ativa;
  • Emitir informações sobre assuntos relacionados a processos de cadastro de contribuintes do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), nos casos de alteração, inscrição, baixa, suspensão, cancelamento e reativação;
  • Realizar pesquisas mercadológica, mobiliária e imobiliária como subsídio da formação de valores venais para compor a tabela para fins de cálculo da cobrança do ITCMD;
  • Executar outras atividades correlatas e inerentes às atribuições regimentais da SEF; e
  • Auxiliar nas atividades dos postos fiscais e nos serviços fiscais volantes.

Concurso Sefaz SC: provas

Por fim, durante a seleção do concurso Sefaz SC, os inscritos deverão passar apenas pela etapa avaliativa de provas objetivas, já marcadas para o dia 19 de dezembro.

Sendo assim, nesse dia 100 questões deverão ser respondidas sobre os seguintes conteúdos:

Conhecimentos Gerais

  • Língua Portuguesa (dez);
  • Raciocínio Crítico e Lógico (oito);
  • Direito Constitucional e Administrativo (oito);
  • Direito Civil e Empresarial (oito); e
  • Contabilidade Geral (seis).

Conhecimentos Específicos

  • Direito Financeiro e Tributário (dez);
  • Direito Processual Tributário (15); e
  • Legislação Tributária (35).
Saiba mais sobre o Concurso Sefaz SC: Edital publicado com 58 vagas para nível superior!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais