Compartilhar:

Concurso TRE PA: Projeto básico informa estrutura das provas do certame!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 10 out 2019

O Projeto Básico do concurso TRE PA (Tribunal Regional Eleitoral do Pará) traz estrutura das provas do certame.

Provas do concurso TRE PA

Mediante a conclusão da contratação da banca organizadora do concurso TRE PA, o edital não deve demorar para ser publicado. Porém, antes disso os candidatos interessados já podem conferir a estrutura das provas do certame para Técnicos e Analistas.

As informações constam no projeto básico do concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Pará. De acordo com o documento, os candidatos serão submetidos a uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório.

A prova objetiva será composta por 80 questões, sendo 40 questões de Conhecimentos Gerais e 40 questões de Conhecimentos Específicos.

Na parte que engloba os Conhecimentos Gerais, haverá itens de Gramática e Interpretação de Texto da Língua Portuguesa, Noções de Informática, Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais e Regimento Interno do Tribunal.

Já os itens que compõem os Conhecimentos Específicos, irão variar de acordo com o cargo pleiteado. Confira:

Técnico Judiciário/Área Administrativa

  • Noções de Direito Administrativo;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Eleitoral;
  • Noções de Administração Pública;
  • Noções de Administração Financeira e Orçamentária.

Técnico Judiciário/Operação de Computadores

  • Fundamentos da Computação;
  • Sistemas Operacionais;
  • Aplicativos;
  • Noções de Redes de Computadores;
  • Inglês Técnico.

Analista Judiciário/Sem Especialidade

  • Direito Constitucional;
  • Direito Eleitoral;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Civil;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Noções de Administração Pública.

Analista Judiciário/Área Administrativa

  • Direito Constitucional;
  • Direito Eleitoral;
  • Direito Administrativo;
  • Administração Pública;
  • Administração Financeira e Orçamentária;
  • Noções de Direito Civil;
  • Noções de Direito Processual Civil;
  • Noções de Direito Penal;
  • Noções de Direito Processual Penal.

Analista Judiciário/Psiquiatria

  • Ética médica e Bioética;
  • Conhecimentos Clínicos e Conduta Médico-Pericial;
  • Perícia Psiquiátrica;
  • Psiquiatria Geral;
  • Psicoterapias;
  • Emergências Psiquiátricas;
  • Intervenção Hospitalar;
  • Trabalho com Equipes Multidisciplinares;
  • Diagnóstico Diferencial em Psiquiatria;
  • Psiquiatria Forense.

Analista Judiciário/Análise de Sistemas

  • Infraestrutura e Conectividade;
  • Desenvolvimento de Sistemas;
  • Banco de Dados;
  • Segurança de Informação;
  • Gestão e Governança de TIC;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Noções de Administração Pública;
  • Inglês Técnico.

As provas do concurso TRE PA serão aplicadas em dois turnos, com duração de 4 (quatro) horas. Para os cargos de Analista, as avaliações serão realizadas no turno da manhã. Já para os cargos de Técnico, as provas serão aplicadas no turno da tarde.

As questões de Conhecimentos Gerais, terão peso 1 e as de Conhecimentos Específicos peso 3. Será considerado aprovado, os candidatos que acertarem no mínimo 60% das questões de cada uma das disciplinas.

Para o cargo de Analista, em todas as especialidades, será aplicada também uma prova de Redação. O exame será realizado no mesmo dia e turno da prova objetiva, com base nos conteúdos de Conhecimentos Específicos listados no edital. Neste caso a avaliação terá peso 2.

Cadastro de reserva contará com pelo menos 500 aprovados

O projeto básico do concurso TRE PA, aponta uma informação interessante. É previsto aprovados no cadastro de reserva. De acordo com informações do documento, pelo menos 500 aprovados constarão na lista que será utilizada pelo tribunal para suprir o déficit.

Confira o número por cargo:

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa/Sem Especialidade: 200 aprovados;
  • Demais cargos de Técnico Judiciário: 50 aprovados;
  • Analista Judiciário – Área Judiciária/Sem Especialidade: 200 aprovados;
  • Demais Cargos de Analista Judiciário: 50 aprovados.

O quantitativo de aprovados no cadastro de reserva pode ser ainda maior, já que os candidatos empatados na última posição especificadas serão incluídos na lista. Esse cadastro será utilizado pelo tribunal durante o prazo de validade do concurso, que será de 02 (dois) anos, podendo ser prorrogado por igual período.

As chamadas acontecem assim que servidores saem do tribunal, seja por aposentadoria, exoneração ou falecimento. Como 2020 é ano eleitoral, há expectativa que um bom número de candidatos aprovados seja aproveitado já no ano que vem.

O presidente da comissão do concurso TRE PA, Rodrigo Augusto, lembrou que em 2013, apesar da oferta de poucas vagas, o aproveitamento do cadastro de reservas foi positivo.

“São poucas vagas no início, mas é importante destacar que a rotatividade desses cargos costuma ser grande, tanto que no último concurso oferecemos poucas vagas, mas no decorrer no período de validade dele chegamos a chamar em torno de 40 candidatos do cargo de analista e quase 80 candidatos do cargo de técnico judiciário”, relembrou Rodrigo Augusto.

Também foi afirmado pelo presidente, que o objetivo é concluir a realização do concurso até as próximas eleições municipais. Sendo assim, os novos servidores poderão reforçar o quadro de pessoal do TRE PA nas próximas eleições.

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais