Compartilhar:

Concurso Trensurb-RS: Certame é suspenso e aguarda decisão sobre privatização!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 31 out 2019

O concurso Trensurb-RS (Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre) foi temporariamente suspenso, enquanto aguarda decisão do governo sobre privatização.

⇒ Confira todas as informações na página do concurso!

Suspensão temporária do concurso Trensurb-RS

O concurso Trensurb-RS está temporariamente suspenso, a decisão foi tomada pela Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre no dia 25 de outubro. O certame já tinha a banca organizadora definida, sendo a Objetiva Concursos, mas não será retomado antes da decisão do governo de privatizar ou não a estatal.

A decisão foi tomada após a análise dos efeitos do anúncio realizado no dia 21 de agosto. Na época, o governo do presidente Jair Bolsonaro divulgou uma lista com 17 estatais que serão privatizadas, entre elas está a Trensurb-RS. O projeto será avaliado pelo Congresso Nacional e deverá passar pelas votações na Casa.

De acordo com informações do setor de Comunicação da Trensurb-RS, o concurso está suspenso e o edital só será divulgado caso o governo opte pela não privatização da estatal.

Nova-Trensurb

Comissão defende suspensão de privatização

No dia 24 de outubro, o plenarinho da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul realizou uma audiência pública sobre o processo de privatização da Trensurb-RS, que opera desde o ano de 1985 a linha de trens que passa pelas cidades de Porto Alegre, Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo e Novo Hamburgo.

O debate promovido pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados em parceria com a Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia, foi coordenado pelo deputado federal Elvino Bohn Gass (PT) ao lado das deputadas federal Fernanda Melchionna (PSOL) e estadual Sofia Cavedon (PT).

“Precisamos reagir às medidas que Bolsonaro está adotando em todas as áreas. O transporte ferroviário é indispensável para a mobilidade”, relatou o deputado federal Gass. Para ele, a venda da companhia irá resultar no aumento da passagem para os usuários.

O secretário de Comunicação da Central Única de Trabalhadores do Rio Grande do Sul (CUT-RS), Ademir Wiederkehr, salientou que a luta contra as privatizações deve ser travada não de forma isolada, mas conjunta.

“É uma luta de todos e as estatais estão sendo ameaçadas, não somente por causa do governo entreguista de Bolsonaro, mas também pelos governos Eduardo Leite e Marchezan”, informou o secretário.

Saiba mais sobre o Concurso Trensurb-RS: Vagas serão para níveis médio, técnico e superior!

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais