Compartilhar:

ENCCEJA 2018: Como será a redação?

icone calendario 10 abr 2018

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA) visa avaliar as pessoas que não puderam concluir os estudos na idade apropriada.

O exame é voluntário, gratuito e destinado a certificação do ensino fundamental e médio.

Se você deseja concluir seus estudos em 2018, conheça todos os detalhes do ENCCEJA 2017 e ainda confira como será a redação da edição de 2018!

» Prepare-se com a Apostila ENCCEJA + Curso Redação (GRÁTIS)! «

ENCCEJA 2017

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) foi o responsável pela elaboração das provas e pela gestão (aplicação e correção).

Em 2017, a principal mudança foi o fato da certificação do ensino médio deixar de ser realizada pelo Enem e, como ocorria em 2009, retorna para o ENCCEJA. Além disso, o ENCCEJA voltou a ser aplicado também para a certificação do ensino fundamental.

O exame também passou a contar com maior envolvimento da Secretarias de Educação, que firmaram termo de adesão para uma participação mais significativa.

Inscrições e requisitos

Podem participar pessoas com no mínimo 15 anos completos na data da realização das provas, para a certificação do Ensino Fundamental.

Já para requerer certificação do Ensino Médio, a exigência é ter no mínimo 18 anos completos na data da realização das provas.

A inscrição é totalmente gratuita e pode ser feita através do site do INEP, depois disso, basta ficar atento para não perder a data e o local da prova.

Como foi a Prova?

A prova do ENCCEJA 2017 foi composta por diferentes áreas e cada área do conhecimento tem uma matriz de referência que especifica as competências e as habilidades a serem avaliadas.

Cada matriz foi composta por 30 habilidades, que orientam a elaboração dos itens das provas.

A matriz de referência de 2017 é o documento que subsidia a elaboração da prova, disponível aqui!

Cada prova é composta por 30 itens do tipo múltipla escolha com quatro alternativas de resposta, além de uma redação.

Conheça as matérias cobradas na prova e os horários de aplicação:

Ensino Fundamental

– Período da manhã – Ciências, história e geografia;

– Período da tarde – Língua portuguesa, inglês, artes, educação física, redação e matemática.

Ensino Médio

– Período da manhã – Ciências da natureza (física, química e biologia), ciências humanas (história, geografia, sociologia e filosofia);

– Período da tarde – Língua portuguesa, inglês ou espanhol, artes, educação física, redação e matemática.

As provas foram aplicadas em 564 municípios em todo o país.

Critérios de avaliação

A recomendação do INEP, no que se refere a pontuação mínima para as instituições certificadoras, são:

Provas Objetivas

– Nota mínima: 100 pontos em cada prova;

– Escala varia de 0 a 200 pontos.

Prova de Redação

– Nota mínima: 5 pontos;

– Escala que varia de 0 a 10 pontos.

No caso de língua portuguesa, inglês ou espanhol, artes e educação física, o participante deverá obter a nota mínima tanto na prova objetiva quanto na prova de redação.

Para ser aprovado, o candidato deve atingir 50% de acertos em cada área/disciplina, incluindo a redação.

Número de inscritos no ENCCEJA 2017

O período de inscrições da edição 2017 do ENCCEJA foi encerrado no dia 18 de agosto.

Segundo o INEP o número total de inscritos foi de 1.573.862.

– Ensino Fundamental – 301.583;

– Ensino médio – 1.272.279.

Como será a redação do ENCCEJA 2018?

É verdade que nem todo mundo tem habilidades para fazer redação e isso faz com que ter que escrever na prova torna-se um pesadelo!

Mas a Nova Concursos vai te ajudar com dicas importantes que poderão garantir a conclusão de seus estudos, confira!

O ENCCEJA cobra redação dissertativa- argumentativa, geralmente com pelo menos 25 linhas e no máximo 30 linhas.

Sem dúvidas a maior dificuldade das pessoas é sobre o tema da redação ENCCEJA. Portanto a primeira dica para ir bem na redação do ENCCEJA é estar bem informado!

Possíveis temas da redação

Os temas de redações para o ENCCEJA, geralmente tratam de assuntos polêmicos e que estão em evidência. Por exemplo, o sistema político brasileiro, a atuação do presidente dos Estados Unidos, questões que afetem a população mundial, como água, energia, poluição, sustentabilidade, gênero, dentre outras.

Sendo assim procure se informar sobre temas como: meio ambiente; crescimento populacional; tecnologia; questões religiosas e de intolerância; extremismos; democracia; oriente médio; preconceitos; redes sociais; violência urbana; corpo e estética; saúde; dengue; liberdade de expressão e de pensamento; bullying; recursos naturais; família; questão da menoridade penal; crianças; desigualdades em todas as suas vertentes; feminismo; tipos de geração de energia sustentável, diferenças culturais e muito mais podem ser cobrados na redação ENCCEJA.

Estrutura da redação

A principal dica aqui é criar uma boa estrutura de texto. Organize os parágrafos em introdução, desenvolvimento e conclusão. Jamais ultrapasse o número de linhas, pois você perderá nota.

Use o português culto. Fique atento às novas regras de ortografia vigentes do País. Nunca use gírias. Se usar, seja comedido e as coloque entre aspas. Um texto limpo e claro é muito melhor do que um texto todo estranho.

Desse modo, se tiver dificuldade, opte pelo simples. Nunca coloque informações das quais você não tem certeza. Isso vai tirar muitos pontos.

Rascunho (Rabisque suas ideias)

Antes de começar a escrever, faça um rascunho com as principais ideias sobre o tema.

Entenda se o seu texto será uma dissertação (explicação ou exposição de ideias de acordo com seu ponto de vista) ou argumentação (defesa de argumento, que pretende convencer o leitor sobre o seu ponto de vista); Quando você for capaz de imaginar o texto, é hora de começar a escrever.

Estilo (evite a primeira pessoa)

No ENCCEJA as redações devem ser impessoais, isto é, redigidas em terceira pessoa do plural. Evite utilizar chavões “em minha opinião”, “eu acho que”, “eu considero”, afinal, textos em primeira pessoa são zerados. Por outro lado deve-se evitar a voz passiva. Use a ativa, desta forma o texto torna-se mais conciso e de fácil compreensão. A passiva deixa sem graça, cansativo.

Conclusão (fechamento)

O final do texto é tão importante quanto a introdução, de nada adianta causar uma boa impressão no início e desenvolvimento e decepcionar no desfecho. É o momento que você deve apresentar os resultados de seus argumentos. É importante propor soluções para as dúvidas e problemas que você levantou no decorrer do texto, tendo o seu ponto de vista com maior destaque.

Dica Bônus

Ninguém escreve bem da noite pro dia! Leia muito e escreva muito, só assim você será capaz de produzir um texto satisfatório no ENCCEJA 2018.

Nova Concursos tem ajudado há mais de 8 anos quem quer vencer a batalha do concurso público. Se você quer aumentar suas chances de passar, conheça nossos materiais acessando nosso site!

»Prepare-se para o ENCCEJA 2018 e parcele seu pagamento SEM JUROS!«

Saiba mais sobre o ENCCEJA 2019 - Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais