Fundação Palmares aguarda autorização para seu novo concurso. 117 vagas!

Iago Almeida

icone calendario 14 set 2023

A Fundação Palmares enviou ao Governo Federal, um pedido para autorização de novo concurso público com 117 vagas efetivas. São oportunidades para diversos cargos!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos. Clique aqui  e saiba mais!

Quando sai o edital do concurso da Fundação Palmares?

Ainda não há data, pois a autorização ainda não saiu! Mas, a Fundação Cultural Palmares enviou ao Governo Federal pedido de novo concurso .

Assim, a solicitação é para preenchimento de 117 vagas efetivas, segundo informou a própria fundação, por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI).

São oportunidades para diversos cargos, como Administração e Planejamento, Comunicação e Divulgação Cultural, Pesquisador, Documentação e Agente Administrativo.

Lembrando que os pedidos para concursos são analisados e autorizados pelo Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI). 

A fundação não estava incluída na primeira e segunda levas de concursos federais autorizados. Mas, a expectativa é que apareça na terceira leva.

“A ministra da Gestão Esther Dweck já declarou publicamente que novos concursos vão ser avaliados durante os próximos anos, levando em conta a dotação orçamentária a ser aprovada pelo Congresso Nacional”, disse o MGI, recentemente.

A boa notícia é que a ministra Esther Dweck já deixou claro que quer autorizar novas vagas ainda em 2023, entre 8 e 10 mil oportunidades.

O que estudar no concurso Fundação Palmares?

Se você se interessou por alguma das vagas que serão ofertadas no próximo concurso da Fundação Cultural Palmares, leia até o fim!

Ainda não há informações de como serão as provas, mas quem quiser começar a estudar, pode usar o último edital como base.

O último concurso aconteceu em 2013, com 11 vagas para os cargos de Operacional Administrativo; Administração e Planejamento; Comunicação e Divulgação Cultural; Documentação; e Técnico I.

O cargo de Operacional Administrativo exigiu o nível médio e o restante o nível superior. Os salários ficaram ente R$ 2.570,02 e R$ 3.980,62, com jornada de trabalho de 40 horas semanais. 

Na época, os candidatos foram avaliados por provas objetivas e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório. A primeira teve 60 questões, sendo:

  • Nível médio
    • Língua Portuguesa;
    • Raciocínio Lógico;
    • Noções de Informática; e
    • Conhecimentos Gerais.
  • Nível superior
    • Língua Portuguesa;
    • Noções de Administração;
    • Pública, políticas culturais e legislação; e
    • Conhecimentos Específicos.

Lembrando que a aplicação ocorreu somente em Brasília, mesmo lugar onde aconteceu a lotação dos aprovados. Por fim, a prova objetiva foi uma redação sobre a Cultura Negra brasileira.

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais